fbpx

domingo, 01 de agosto de 2021

Uruguai preocupa países do Mercosul ao anunciar negociações fora do bloco

Ontem (7), o governo uruguaio anunciou a decisão de começar negociações isoladas de acordos comerciais com países de fora do bloco econômico, deixando o clima tenso.

8 de julho de 2021

Compartilhe

Entidade pede mais diálogo entre membros do bloco econômico (Foto: Palácio do Planalto)

O anúncio de que o Uruguai pretende negociar acordos comerciais fora do Mercosul cria tensões e não ajuda no avanço do bloco, avalia a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em nota, a entidade pediu mais diálogo entre os membros do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) e citou a necessidade de aprofundamento da integração entre os países do grupo.

“A integração no Mercosul precisa de ajustes e aperfeiçoamentos, mas continua sendo a que mais proporciona resultados econômicos e sociais para o Brasil. Apesar do aperfeiçoamento necessário, o bloco registrou resultados expressivos nos últimos anos”, destacou a entidade em comunicado.

Entre os avanços recentes citados pela CNI, estão o acordo com a União Europeia e a celebração de acordos internos entre os países do bloco, como o de facilitação de comércio e de compras governamentais. A confederação informou enxergar com preocupação as tensões entre os países do Mercosul no momento em que o bloco acaba de completar 30 anos.

Para a CNI, a estabilidade econômica do Mercosul é essencial para que os benefícios econômicos na região voltarem a ser sentidos. A entidade defende a efetivação do livre comércio entre os países do bloco, tanto em bens quanto em serviços e compras públicas.

A confederação também pede a intensificação das negociações de acordos que permitam ampliar o acesso a outros mercados, como Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, México, América Central e com a Associação Europeia de Comércio Livre (composta por Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein).

Em relação às negociações sobre a tarifa externa comum (TEC) do Mercosul, a CNI avalia que qualquer alteração deve ser precedida de avaliação de impacto e com consulta aos setores privados dos quatro países do bloco. Paralelamente, a entidade pede uma agenda de redução de custos no comércio exterior e na produção em geral.

Nos últimos meses, o governo brasileiro tem pressionado a redução da TEC em 20%, alegando que reformas recentes, como a da Previdência e a trabalhista, diminuíram os custos para os empresários brasileiros. A Argentina resiste à proposta.

Decisão

Ontem (7), na véspera da cúpula de presidentes do Mercosul, o governo do Uruguai anunciou a decisão de começar negociações isoladas de acordos comerciais com países de fora do bloco. A decisão foi comunicada em reunião de ministros das Relações Exteriores dos quatro países do bloco.

Atualmente, cada membro do Mercosul tem autonomia para negociar acordos comerciais bilaterais, desde que não envolvam redução da TEC. As negociações, no entanto, precisam ter o consenso dos países do bloco. “Ao mesmo tempo que reivindicou sua presença no Mercosul, o Uruguai comunicou que começará a conversar com terceiros para negociar acordos extra-zona [fora do Mercosul]”, informou o governo uruguaio em nota.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Energia mais cara: Aneel mantém bandeira tarifária vermelha em agosto

Segundo a agência, não houve mudança nos cenários hidrológicos do país. Com isso, o custo de cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumido continua sendo de R$9,492.

31 de julho de 2021

Lojas do Centro afetadas pela cheia reabrirão na segunda-feira

Normalização das atividades demandará contratação inicial de 250 pessoas, uma parcela de pelo menos 1,5 mil postos que deverão ser gerados até o final do ano.

31 de julho de 2021

Dia dos Pais injetará R$ 6,03 bilhões na economia, estima CNC

Previsão da Confederação Nacional do Comércio é que o setor tenha o maior faturamento no Dia dos Pais desde 2018. Data teve, no ano passado, o pior resultado em 13 anos.

31 de julho de 2021

Urbano Norte: app de mobilidade cadastra motoristas em Parintins

A plataforma de mobilidade urbana, que já oferece serviços em Manaus e Itacoatiara está em fase de cadastramento de motoristas da ilha.

30 de julho de 2021

Guedes diz que orçamento pode acomodar aumento do Bolsa Família

Segundo Paulo Guedes, até o momento, o programa está perfeitamente enquadrado dentro dos planos do ministério, da Lei de Responsabilidade Fiscal e do limite do teto.

30 de julho de 2021

ANP inclui 377 blocos exploratórios na Oferta Permanente

Blocos da Oferta Permanente são os que estão à disposição do mercado para estudos de forma contínua, sem a limitação de tempo imposta pelas rodadas de licitação.

30 de julho de 2021

Ibre/FGV: Incerteza da economia recua 3,0 pontos em julho

Com isso o índice continua em um patamar elevado em comparação com a média histórica, após picos nunca atingidos nos meses de abril e maio de 2020, início da pandemia.

30 de julho de 2021

Azul inaugura voos para Parintins e São Gabriel da Cachoeira

A partir da próxima segunda-feira, a companhia passa a operar voos entre Manaus e Parintins. Na terça-feira, iniciam as operações com destino a São Gabriel da Cachoeira.

30 de julho de 2021