fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

Argentina decreta suspensão de voos para Brasil, Chile e México

Segundo o governo, a restrição de viagens é para evitar que as novas variantes do coronavírus se espalhem pela Argentina. Os voos do Reino Unido também estão proibidos.

26 de março de 2021

Compartilhe

Medida começa a valer a partir da meia-noite deste sábado (Foto: Folhapress)

O governo da Argentina anunciou nesta sexta-feira (26) a suspensão, por tempo indeterminado, de todos os voos que saem e que vão para o Brasil. A medida abrange também voos do Chile e do México, e começa a valer a partir de meia-noite deste sábado (27).

Segundo o governo argentino, a restrição de viagens é para evitar que as novas variantes do coronavírus se espalhem pela Argentina. Os voos do Reino Unido também estão proibidos desde 21 de dezembro de 2020.

O anúncio da proibição de voos brasileiros por tempo indeterminado ocorre no mesmo dia em que é realizada a reunião virtual que comemorou os 30 anos do Mercosul. Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Argentina, Alberto Fernández, pediram união no bloco, mas também mostraram divergências em relação ao bloco.

Além da restrição de viagens aéreas, continua mantido o fechamento das fronteiras terrestres e marítimas do país com o Brasil – medida em vigor desde 16 de março.

Os argentinos voltando de qualquer país serão obrigados a realizar teste de Covid-19 nos aeroportos e precisarão pagar por eles. Além disso, todos os viajantes serão obrigados a cumprir quarentena de 14 dias se apresentarem algum sintoma da doença. A estadia em um hotel também deverá ser paga pelo viajante.

Com informações do Poder 360

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

“Somente com o Censo 2022 nós vamos conhecer a população quilombola. O que fizemos até aqui é uma metodologia de estimação muito específica", diz pesquisadora.

15 de outubro de 2021

Futuro da energia: nuclear, eólica e solar para diversificar matriz

Atualmente, 60% da energia no país vem das hidrelétricas. O ministro de Minas e Energia acredita que, até 2030, essa dependência será reduzida para, no máximo, 49%.

14 de outubro de 2021

Futuro da energia: preservar nascentes para aumentar reservatórios

Projetos de reflorestamento em nascentes aumentam volume dos rios. Iniciativas no Rio São Francisco e na Bacia do Paraná deixam níveis de reservatórios menos críticos.

13 de outubro de 2021

Brasil registra 185 óbitos de Covid e 7.359 diagnósticos em 24 horas

Desde o início da pandemia, morreram no Brasil mais de 600 mil pessoas pela covid-19. Os números das últimas 24h seguem a tendência de queda por conta da vacinação.

12 de outubro de 2021

Medicamento da AstraZeneca reduz mortes e casos graves de Covid-19

No estudo, o medicamento reduziu o risco dos pacientes ambulatoriais desenvolverem covid-19 grave ou morrerem da doença em 50% em comparação com os que usaram placebo.

11 de outubro de 2021

Às vésperas do jogo na Arena da Amazônia, Brasil empata com Colômbia

A seleção brasileira ficou no 0 a 0, em Barranquilla, em partida que representou a 10ª apresentação do time na competição. O Brasil agora tem nove vitórias e um empate.

11 de outubro de 2021

‘Não roubarás’: pastores são investigados por desviarem dízimo da Universal

Suspeita é que grupo de pastores integre o esquema de pirâmide financeira do chamado "Faraó das Bitcoins"; dinheiro teria sido usado para compra de imóveis de luxo.

10 de outubro de 2021

Anvisa aprova ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen

O novo prazo aprovado pela agência reguladora passa de quatro meses e meio para seis meses, sob condições específicas de armazenamento, de 2°C a 8°C.

10 de outubro de 2021