fbpx

segunda, 25 de outubro de 2021

Argentina vai permitir a entrada de brasileiros vacinados

Para ingressar no país será necessário comprovar o esquema de vacinação contra Covid-19 completo há ao menos 14 dias, e ter testado negativo para a doença antes do ingresso.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

A medida entrará em vigor no dia 1º de outrubro (Foto: Reprodução)

O governo argentino anunciou nesta terça-feira (21) que abrirá as fronteiras para viajantes de países vizinhos, incluindo o Brasil, a partir de 1º de outubro. O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Carla Vizotti, que justificou a flexibilização diante do avanço da vacinação na Argentina e da queda na média de contágios diários. “Temos 16 semanas consecutivas de queda nos casos”, disse ela. “Do ponto de vista sanitário estamos num momento realmente muito positivo”, acrescentou em seguida.

Pelo anúncio oficial, a partir de 24 de setembro os argentinos, residentes e estrangeiros com autorização de trabalho poderão entrar na Argentina sem a necessidade de fazer isolamento.

No caso dos países vizinhos, corredores sanitários devem ser abertos nas fronteiras a partir de 1º de outubro para a entrada de estrangeiros, incluindo brasileiros. A abertura de tais corredores sanitários dependerão, contudo, da regulamentação pelas autoridades sanitárias locais, que devem estabelecer cotas, ainda não divulgadas, para a entrada de pessoas, informou a ministra.

Entre os dias 1º de outubro e 1º de novembro, tais cotas devem ser ampliadas progressivamente, segundo o Ministério da Saúde argentino. A partir de 1º de novembro, os aeroportos e portos devem ser abertos para os demais estrangeiros.

Em todos os casos, para ingressar na Argentina será necessário comprovar o esquema de vacinação contra Covid-19 completo há ao menos 14 dias, e ter testado negativo para a doença antes do ingresso. Um novo teste do tipo PCR deverá ser realizado pelo visitante entre o quinto e sétimo dias de estadia, se for o caso.

Para quem não tiver o esquema vacinal completo, incluindo menores de idade, o ingresso também será permitido, porém será exigida a realização de quarentena nesses casos, bem como de teste antígenos ao ingressar no país e de teste PCR ao sétimo dia de estadia.

Outros anúncios incluem a permissão para reuniões sociais e realização de eventos para mais de mil pessoas, embora com 50% da capacidade do local onde serão realizados. Também foi anunciada a retomada das atividades comerciais, industriais e de serviços com 100% da capacidade.

Segundo Carla Vizotti, a intenção é que haja uma abertura ainda maior logo que a Argentina chegue a 50% da população completamente vacinada. Segundo o Ministério da Saúde, o país vacinou até o momento 20.276.732 pessoas com o esquema completo.

Também em 1º de outubro, o país deixará de exigir o uso de máscaras em espaços abertos sem aglomeração de pessoas, entre outras medidas de flexibilização de regras sanitárias. Desde o início da pandemia, a Argentina registra 5.241.394 casos confirmados de covid-19, com 114.518 mortes, segundo dados divulgados ontem (20) pela pasta da Saúde.

Na úlima segunda-feira (20), os Estados Unidos também anunciaram que vão permitir a entrada de brasileiros completamente imunizados a partir de novembro.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Vendedor, analista, motorista e outros; confira as vagas de emprego em Manaus

Mora em Manaus e está à procura de emprego? O Sine Manaus oferta 126 vagas nesta segunda-feira (25). Fique atento aos critérios para cada vaga e o procedimento de seleção.

24 de outubro de 2021

Suframa prevê investimentos de R$ 7,9 bilhões e 1,4 mil novos empregos

A diversificação da produção de motocicletas elétricas, que deve gerar 218 novos postos de trabalho e investimentos de R$ 54 milhões, foi apresentada na reunião.

24 de outubro de 2021

Selos Brasileiros são criados para identidade única das Indicações Geográficas

Criação dos Selos é uma iniciativa liderada pelo Ministério da Economia/INPI, em parceria com o Sebrae e o Ministério da Agricultura, que irá agregar valor aos produtos.

23 de outubro de 2021

AM é líder em investimento em recursos humanos altamente qualificados

Com recursos de mais R$ 100 milhões, Programa de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu, da Fapeam, investe na formação de recursos humanos altamente qualificados no estado.

23 de outubro de 2021

Amazonas teve a pior taxa de sobrevivência de empresas do país em 2019

Em 2019, só 16,3% das unidades locais de empresas do Amazonas seguiam ativas após dez anos de existência. Na Região Norte, a taxa de sobrevivência das unidades era de 19,0%.

23 de outubro de 2021

Supermercados cresceram 25% com retomada de projetos em 2021

Levantamento da Geofusion aponta para uma possível recuperação no ritmo de expansão dos supermercados. Projetos interrompidos por conta da pandemia foram retomados.

23 de outubro de 2021

Guedes minimiza exoneração de secretários e diz que saída é ‘natural’

Saída de quatro secretários da pasta aconteceu após manobra do governo federal para furar o teto de gastos e garantir o benefício de R$ 400 para o Auxílio Brasil.

22 de outubro de 2021

Contas externas têm déficit de US$ 1,7 bilhão em setembro, diz Banco Central

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 20,702 bilhões, 1,3% do Produto Interno Bruto, ante o saldo negativo de US$ 19,349 bilhões em setembro de 2021.

22 de outubro de 2021