fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Apagões de internet causam prejuízos e comércio cobra providências

Fecomércio afirma que protocolizará manifesto na Anatel na quarta-feira (16) solicitando esclarecimentos e providências quanto às oscilações constantes na rede de internet.

15 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Sem internet, setores econômicos reivindicam prestação do serviço (Foto: Reprodução)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), protocolizará documento na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) solicitando esclarecimentos e providências quanto às oscilações constantes na rede de internet da capital. Em pouco mais de 48 horas, Manaus registrou duas ocorrências de instabilidade no fornecimento do sinal, afetando os diversos segmentos econômicos.

O presidente da Fecomércio-AM, Aderson Frota, afirmou que o manifesto será protocolizado na Anatel na quarta-feira (16). O empresário afirma que no sábado (12) e nesta terça-feira (15) estabelecimentos comerciais foram prejudicados pela falta do sistema, ocasionando perdas nas vendas.

“É absurdo. A pessoa paga por determinada capacidade de internet, mas o que a empresa fornece ou entrega é apenas um terço do contratado. A falta da internet tem prejudicado empresas. É uma falta de responsabilidade com o consumidor”, reivindicou.

Motoristas por aplicativo perderam faturamento

De acordo com o presidente da Associação de Motoristas por Aplicativo de Manaus (Ameap), Alexandre Matias, as instabilidades no fornecimento de internet ocasionaram perdas entre 30% e 40% ao setor. Com o sinal instável, as chamadas efetuadas pelo aplicativo solicitando viagens acabam sendo registradas em duplicidade e dois veículos se deslocam para a mesma chamada. Outro problema enfrentado é a perda do trajeto.

“De domingo até esta terça-feira muitos motoristas optaram por não trabalhar porque o sinal de internet não contribui e o motorista fica gastando gasolina sem conseguir faturar. Hoje conversamos com o deputado Dermilson Chagas e pedimos que ele sugira aos demais deputados a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as empresas de internet”.

Procon notifica Claro/Net

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) notificou a empresa Claro/NET por conta dos apagões de internet ocorridos em Manaus.

No documento, o Procon-AM pede que a empresa responda o número de consumidores afetados pela falta de internet e como será feito o abatimento ao fim do mês do valor correspondente ao período em que o serviço foi interrompido.

A Claro/NET tem, no máximo, dez dias corridos para apresentar resposta. Caso não haja retorno ou se ele for considerado insatisfatório, a empresa poderá ser multada.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Wilson Lima anuncia investimentos de quase R$ 25 milhões para CT&I

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam), os recursos serão aplicados em sete editais, sendo seis inéditos, de programas de apoio a pesquisas científicas.

26 de maio de 2022

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

Lei classifica os setores de combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicação e transportes como essenciais e indispensáveis, limitando a alíquota ao máximo de 17%.

26 de maio de 2022

Amazonas precisa qualificar 114 mil trabalhadores da indústria até 2025

A Fieam levantou a demanda de profissionais da indústria a serem qualificados até 2025 no Amazonas para atender às novas demandas do setor na Zona Franca de Manaus.

26 de maio de 2022

‘Nosso Centro’ quer expandir empreendimentos na região central de Manaus

Programa da Prefeitura prevê a revitalização do centro histórico com a implantação dos projetos 'Mais Negócios', 'Mais Vida' e 'Mais História', ao longo dos próximos 3 anos.

25 de maio de 2022