fbpx

sábado, 25 de setembro de 2021

Abertura de empresas no AM tem 2º melhor resultado do ano em julho

No mês passado foram 745 novos Cadastros Nacionais de Pessoas Jurídicas (CNPJs), sendo 401 novas empresas no segmento de serviços, 308 em comércio, e 29 em indústria.

6 de agosto de 2021

Compartilhe

Dados são da Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) (Foto: Reprodução)

A Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) registrou, em julho deste ano, o segundo melhor mês em constituições de empresas no estado, com a criação de 745 novos Cadastros Nacionais de Pessoas Jurídicas (CNPJs). Nos dados consolidados pela segmentação de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), a modalidade de serviços obteve o maior número de novos empreendimentos.

Ainda conforme o relatório do Sistema Mercantil de Registro (SRM), vinculado ao Ministério da Economia, os números de julho deste ano também são melhores em comparação com os do mesmo período do ano passado, que obteve 701 novos empreendimentos. O mesmo vale para o número de extinção de empresas, que apresentou 374 baixas em julho de 2020, contra 303 em julho deste ano.

A presidente da autarquia, Maria de Jesus Lins, atribui este crescimento às ações que vêm sendo desenvolvidas pela autarquia em parceria com governo do Estado, com o objetivo de incentivar os empreendedores no Amazonas.

“Temos trabalhado para manter aquecido o ambiente de negócios do nosso estado. Por isso, estamos sempre buscando novas tecnologias que simplifiquem e desburocratizem os serviços oferecidos pelo Governo do Estado, por meio da Junta Comercial. Além de qualificarmos a nossa mão de obra, uma prova desse resultado foi a redução em mais de cinco horas do tempo médio para registro de uma empresa”, destacou.

Segmentação

Conforme os dados consolidados pela segmentação de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), no mês de julho, no Amazonas foram 401 novas empresas no segmento de serviços, 308 em comércio, e 29 em indústria.

Tipo de empresas

Entre os tipos empresariais mais registrados no estado, no mês de julho de 2021, em primeiro lugar ficou a natureza jurídica de Empresário Individual, com 337 empreendimentos; em segundo lugar, a Sociedade Empresarial Limitada com 235, e em terceiro lugar a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), com 168 novos negócios.

Municípios

A capital amazonense segue líder entre as cidades do estado com o maior número de constituições, totalizando neste semestre 568 registros de novas empresas. Ela vem seguida dos municípios de Manacapuru, com 17; Iranduba e Itacoatiara, com 13 cada; e Tefé, com 12 novos empreendimentos.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Municípios receberão R$ 423 mil como auxílio por desastres naturais

São Sebastião do Uatumã terá R$ 333,7 mil para a compra de alimentos e de kit de limpeza. Já Careiro da Várzea terá R$ 89,4 mil para serviços de limpeza em áreas urbana.

25 de setembro de 2021

Entenda o que vai mudar com a chegada da tecnologia 5G ao Brasil

Veículos autônomos, sensores de saúde, estações meteorológicas, fábricas remotas, cirurgias remotas, registros de água, luz, telefone serão realidade com a 5G.

25 de setembro de 2021

Concurso público para Caixa encerra as inscrições nessa segunda-feira

Caixa oferecerá 28 vagas para aprovados trabalharem em agências do Amazonas. Inscrições podem ser feitas no site da Fundação Cesgranrio na internet.

25 de setembro de 2021

‘Teto’ do Casa Verde e Amarela sobe 10% e dá ‘fôlego’ às construtoras

Segundo o Sinduscon, o reajuste destinado ao Amazonas não acompanha os custos das despesas na totalidade, mas minimiza uma distorção decorrente da alta dos preços.

25 de setembro de 2021

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Índice de Preços ao Consumidor tem variação de 1,14% em setembro

Com isso, o IPCA-15 apresenta a maior variação mensal desde fevereiro de 2016, quando encerrou em 1,42%. Variação mensal deste mês foi a maior para setembro desde 1994.

24 de setembro de 2021

Preços de mercadorias e combustíveis pressionam os pequenos negócios

De acordo com a 12ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, esses são os principais gastos das empresas.

24 de setembro de 2021

Mentoria ‘Gestão 4.0 Amazônia’ foca em empresários e executivos

Evento, que acontece nos dias 1° e 2 de outubro em Manaus, tem como objetivo elevar a capacidade técnica e as habilidades de empresários e altos executivos da cidade.

24 de setembro de 2021