fbpx

domingo, 01 de agosto de 2021

Consumo de Tucumã é suspenso em Manacapuru após morte de criança

Além da morte da criança, outras 29 pessoas - que teriam consumido Tucumã em Manacapuru - apresentaram sintomas de infecção alimentar.

14 de julho de 2021

Compartilhe

(Foto: Divulgação)

Pacientes com sintomas de diarreia, náuseas, vômito, dores na barriga e febre estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde de Manacapuru (Semsa) após terem contato com Tucumã – um fruto de palmeira encontrado na Amazônia. O alerta, em especial, é para toda a população de Manacapuru e foi divulgado nesta quarta-feira (14), após a morte de um menino, de oito anos, por suspeita da infecção alimentar após a ingestão do fruto. Ele havia sido internado em um hospital da cidade na segunda-feira (12).

Ainda conforme a Semsa, os pacientes que apresentaram sintomas são moradores da localidade do Irapajé, situada no rio Manacapuru. O alerta é para que “não comprem e nem façam consumo do fruto nesse momento”.

O primeiro registro de infecção por suspeita de consumo do fruto ocorreu no último domingo (11) e, desde então, conforme a Sema, são inúmeros os casos de pessoas da comunidade Irapajé que apresentam os sintomas de infecção alimentar.

A Semsa destacou, ainda, que todas as amostras do fruto consumido já foram encaminhadas para o laboratório da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), em Manaus, para que possam ser analisadas.

Por fim, a Secretaria reforça que a população de Manacapuru não consuma o tucumã, especialmente oriundos das comunidades do rio Manacapuru, até que haja os resultados das amostras enviadas a Manaus.

Investigação

A notificação do surto, enviado pela Vigilância em Saúde do município, envolve 30 casos suspeitos da doença, sendo um óbito de um menino de 8 anos. Outras duas pessoas estão internadas sob a mesma suspeita também no município, conforme informou a FVS-RCP na tarde desta quarta (14).

A investigação oportuna do surto notificado permite a identificação e eliminação das fontes de contaminação e controlar os casos confirmados da doença, conforme destacou a FVS-RCP.

Nesta quarta, a equipe das vigilâncias Epidemiológica e Sanitária da FVS-RCP partiu para a sede de Manacapuru, de onde seguirá para a comunidade de Irapajé. Na região, será será realizada a investigação no local e a coleta de amostras de materiais no Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen/FVS-RCP), para que haja a confirmação do surto de DTA associado à ingestão de tucumã a partir da análise sobre composição, deterioração, processamento, conservação e qualidade do alimento.

Consumo de Tucumã em Manaus

O Realtime1 conversou com Muni Lourenço, presidente da Federação de Agricultura do Estado do Amazonas, para saber se há um levantamento que aponte uma quantidade aproximada de importação do fruto de outros municípios para Manaus, para saber se há grandes possibilidades de parte desses carregamentos serem oriundos de Manacapuru.

Por telefone, Lourenço informou que Itacoatiara exporta boa quantidade do fruto para Manaus. Já Manacapuru, conforme ele, não há tanto destaque como município que abastece Manaus com quantidade grande ou razoável do fruto.

Amadurecimento com carbureto

Essa não é a primeira vez que a Vigilância em Saúde investiga casos de infecção alimentar e morte após consumo de tucumã no Amazonas. Em 2013, uma jovem de 17 anos, na época, teve a morte associada após uma infecção alimentar por ter consumido o fruto.

À época, uma investigação foi instalada pela Vigilância em Saúde para apurar a intoxicação de pessoas que consumiram o fruto amadurecido com carbureto, composto químico utilizado em produtos de limpeza.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

DPE-AM leva atendimento jurídico gratuito a Rio Preto da Eva

Atendimento jurídico gratuito da Defensoria Pública do Amazonas ocorreu durante três dias e alcançou 505 pessoas com atendimento nas áreas de Família e Registros Públicos.

31 de julho de 2021

Campanha Nota Premiada realiza mais um sorteio nesta segunda-feira

Para esta edição do sorteio foram gerados mais de 430 mil bilhetes de aproximadamente 11,6 mil contribuintes que solicitaram seus CPFs nas suas Notas Fiscais de Serviços.

31 de julho de 2021

BR-174 vai ganhar balança de fiscalização no quilômetro 8

Em 2021, a Sefaz-AM reativou o posto fiscal da BR-174 e o posto fiscal de Humaitá para evitar a evasão de divisas.

30 de julho de 2021

Faar visita sete municípios do AM para impulsionamento do esporte

Além de projetar novas estratégias, a Fundação Amazonas de Alto Rendimento anunciou um investimento de R$50 mil destinado a sete municípios do Amazonas.

30 de julho de 2021

Produtores serão beneficiados com pavimentação do ramal do Porto do Açaí em Guajará

O município de Guajará está situado na calha do Juruá, na região sudoeste do Amazonas, na fronteira com o Estado do Acre. Sua população, segundo dados do IBGE.

30 de julho de 2021

Profissionais do setor cultural têm até amanhã para solicitar auxílio

O benefício, assim como o prazo de solicitação, também se estende aos trabalhadores do Turismo e Esporte. Cada profissional receberá três parcelas de R$ 200.

30 de julho de 2021

Pescadores de Autazes recebem mais de 1,7 mil cestas básicas

Cada cesta contém 10 quilos de arroz, 4 quilos de feijão, 2 quilos de farinha de mandioca; 2 quilos de açúcar; e um quilo de flocos de milho, macarrão e leite em pó.

30 de julho de 2021

Pacientes com sequelas da hanseníase ganham sapatos adaptados no AM

A Fundação Alfredo da Matta vai iniciar a entrega dos calçados adaptados e personalizados na próxima semana; ação vai alcançar 300 pessoas.

29 de julho de 2021