fbpx

terça, 26 de outubro de 2021

Águas de Manaus é multada em R$ 2 mi, mas consegue se livrar de processos

Concessionária obteve quatro decisões favoráveis contra as sanções aplicadas pela Ageman que impedem o Poder Executivo municipal de executar as multas.

15 de junho de 2021

Compartilhe

Empresa sofreu multas por falta de fornecimento no bairro Gilberto Mestrinho e outras quebras no contrato (Foto: Divulgação)

Após ser multada em aproximadamente R$ 2 milhões pelo descumprimento do contrato de concessão firmado com a Prefeitura de Manaus, a empresa Águas de Manaus, responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da capital, conseguiu na Justiça se livrar das sanções aplicadas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman).

O Conselho Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (CMR) julgou e validou as sanções aplicadas pela Ageman. Mas a concessionária permaneceu discordando das penalidades sofridas e após recorrer à Justiça obteve quatro decisões que impedem a execução das multas pela Prefeitura.

As multas são resultantes de quatro processos instaurados pela agência de regulação referentes à não renovação das apólices dos seguros e garantias dos bens da concessionária no prazo contratualmente estabelecido; o descumprimento dos Planos de Exploração dos Serviços e o de Melhorias do saneamento, ambos referentes a 2018; e pelas irregularidades constatadas no fornecimento de água aos moradores da comunidade Grande Vitória, no bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste. 

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, esclarece que, em todos os quatro processos, foi assegurado o amplo direito à defesa e o contraditório para a empresa. Segundo ele, foi concedida a dilatação de prazo a pedido da concessionária, houve o recebimento e análise dos recursos administrativos interpostos pela empresa e o julgamento dos referidos recursos pelo CMR.

Posicionamento

Em nota enviada ao portal RealTime1, a concessionária Águas de Manaus esclareceu que em relação aos quatro processos instaurados pela Ageman, a “maior parte dos processos são relativos a fatos ocorridos antes de a empresa assumir a concessão dos serviços de água e esgoto na capital”.

Os trabalhos da empresa iniciaram em Manaus em junho de 2018. Ainda conforme a Águas de Manaus, as metas estabelecidas no contrato de concessão com a Prefeitura de Manaus estão sendo todas cumpridas e que “investiu mais de R$ 384 milhões na melhoria dos serviços de saneamento.”

A concessionária também afirmou que “mantém diálogo constante com a Agência Reguladora de Serviços Públicos de Manaus e atendendo as solicitações da autarquia.”

Leia na íntegra a nota da concessionária Águas de Manaus:

A Águas de Manaus informa que apresentou defesa e prestou esclarecimentos nos quatro processos administrativos. A maior parte dos processos são relativos a fatos ocorridos antes de a empresa assumir a concessão dos serviços de água e esgoto na capital. Inclusive, todas as multas foram anuladas judicialmente pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), que acatou os argumentos da concessionária. Os trâmites processuais seguem.

Desde que começou a atuar em Manaus, em junho de 2018, a Águas de Manaus tem cumprido as metas estabelecidas no contrato de concessão e investiu mais de R$ 384 milhões na melhoria dos serviços de saneamento.

Entre as entregas, destacam-se novas estações de tratamento de esgoto, implantação de mais de 80 quilômetros de redes de água em áreas de vulnerabilidade (palafitas, rip-rap, becos) e aumento superior a 220% de beneficiários da Tarifa Social. Até o fim do contrato, o volume de investimento será superior a R$ 3 bilhões.

A empresa mantém diálogo constante com a Agência Reguladora de Serviços Públicos de Manaus e atendendo as solicitações da autarquia. Além disso, todos indicadores da Águas de Manaus também são auditados por órgãos independentes, o que confirma a boa prestação dos serviços da empresa na cidade.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Jogo entre Manaus e Tombense poderá ter 50% de público na Arena da Amazônia

Entre as obrigações para o jogo do Gavião do Norte está a aquisição do ingresso e acesso ao jogo somente aos que tenham completado o esquema vacinal contra a Covid-19.

25 de outubro de 2021

Segurança no interior do Amazonas vai ganhar reforço de 404 policiais

Os novos policiais foram aprovados no concurso de 2011 e convocados pelo governador Wilson Lima em 2020. Eles participaram da formatura nesta segunda-feira (25).

25 de outubro de 2021

Lourenço Braga é ampliada para reorganização do trânsito na Manaus Moderna

Os comerciantes irregulares que ficavam no entorno das feiras e do mercado municipal, retirados no primeiro dia da operação, estão recebendo atenção especial da prefeitura.

25 de outubro de 2021

Galeria Espírito Santo recebe famílias para atualizar cadastro habitacional

Atendimento é exclusivo para as pessoas que já têm cadastro habitacional. Quem não tem, deve esperar uma nova fase, que ainda será anunciada.

25 de outubro de 2021

Você sabia que a Bemol Farma realiza exames clínicos? Confira os preços

A Bemol Farma, além do teste para detecção da Covid-19, realiza outros exames laboratoriais que custam entre R$ 29,99 e R$ 99.

25 de outubro de 2021

‘Ballet das Águas’ marca início das festividades natalinas em Manaus

Além do chafariz, está previsto para a orla da Ponta Negra a instalação do maior presépio em movimento do Brasil, além da já tradicional árvore de Natal.

25 de outubro de 2021

Covid-19: Semsa dispõe de 39 pontos de vacinação até sexta-feira

Podem receber a 1ª dose pessoas da população a partir de 12 anos. A 2ª dose está disponível para todas as pessoas que estejam nos intervalos indicados pelas farmacêuticas.

25 de outubro de 2021

Edifício solar e centro de mídias será inaugurado hoje no Amazonas

Além do Edifício Solar, serão entregues 7 estações solarimétricas em Manaus, Benjamim Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins.

25 de outubro de 2021