quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

De 10 eleições para Senado no AM, PT participou de 7 sem levar nenhuma

Marlene Pardo foi quem mais disputou eleições ao Senado pelo PT no Amazonas. Porém, o partido só conseguiu ocupar a cadeira como suplente, por duas vezes, com João Pedro.
COMPARTILHE
João Pedro, senador, senado

Desde as eleições de 1982, já com a redemocratização, o Partido dos Trabalhadores (PT) tentou eleger sete vezes ao menos um senador pelo Amazonas. Ao longo dos anos, a sigla lançou oito candidatos à vaga, mas só conseguiu ocupar a cadeira como suplente.

A principal base da esquerda política brasileira só não apostou em candidaturas própria nas eleições de 2002, 2006 e 2018.

Marlene Ribeiro Pardo foi quem mais esteve na disputa. Ela participou por três vezes seguidas, nas eleições de 1982, 1986 e 1990.

O melhor desempenho dela foi na última disputa, quando obteve 109.367 votos, o equivalente a 19% dos votos válidos.

Na época, uma vaga estava em jogo e foi conquistada por Amazonino Mendes, com 338.631 votos (58,7%).

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Em 2022, o PT não lançou candidatura própria. Isso porque a federação partidária da qual faz parte com o PCdoB e PV apoia a candidatura de Omar Aziz (PSD) à reeleição.

Como suplente, PT ocupou por duas vezes vaga no Senado

Em abril de 2007, João Pedro assumiu o posto de senador pelo Amazonas. Suplente de Alfredo Nascimento, ele ficou no cargo até março de 2010, quando o titular retornou ao posto.

Depois, João Pedro voltou a assumir a vaga de janeiro a julho de 2011.

Agora, João Pedro novamente é suplente, mas desta vez de Omar Aziz.

Caso Omar vença a eleição e Lula também, o senador pode assumir um ministério no Governo do PT e João Pedro pode, mais uma vez, assumir como senador.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

COMPARTILHE