quarta-feira, 17 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Centro de Controle Operacional é reestruturado pela Cigás

Centro de Controle Operacional integra o sistema de segurança da infraestrutura de gasodutos construída pela Companhia que funciona de maneira ininterrupta 24 horas por dia.
COMPARTILHE
Cigás

A Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) reestruturou o seu Centro de Controle Operacional (CCO). Coordenado pela Gerência de Operações da Cigás, o CCO é responsável pelo monitoramento da rede de distribuição de gás natural (RDGN), que viabiliza a movimentação do combustível por dutos para abastecimento das unidades consumidoras (UC´s).

Inaugurado em 2011, o Centro de Controle Operacional integra o sistema de segurança da infraestrutura de gasodutos construída pela Companhia. Funciona de maneira ininterrupta, 24 horas por dia, todos os dias da semana, e conta com canal gratuito para contato direto com a população por meio do número telefônico 117.

O investimento da Cigás na modernização do Centro de Controle Operacional foi de cerca de R$ 580 mil. A estrutura física do local passou por adequações. O CCO conta agora com conjunto de monitores ainda mais avançados, funcionando com a tecnologia videowall, que permite a conexão de imagens entre as diferentes telas, para acompanhamento da RDGN via sistema de circuito fechado de TV (CFTV).

Houve ainda a substituição do software de monitoramento operacional, sistema responsável por receber, em tempo real, os dados das variáveis referentes ao processo de distribuição do combustível. Além disso, o Centro de Controle passou a dispor de nova tecnologia de armazenamento de dados, por meio da qual é possível realizar pesquisas e receber os resultados com precisão, em questão de segundos; além de um software de emissão de relatórios de dados operacionais para auxiliar nas análises das variáveis envolvidas no processo.

O diretor técnico-comercial da Cigás, Clovis Correia Junior, disse que a modernização do Centro de Controle Operacional da Cigás representa um marco em termos de inovação tecnológica na história da Companhia, que está com 12 anos de operação comercial. Ele afirma, adicionalmente, que a Cigás vem, ao longo dos anos, adotando processos inovadores visando alcançar níveis ainda mais elevados de excelência do serviço de distribuição e comercialização de gás natural, que presta à população amazonense.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Trabalho integrado e investimentos

Os especialistas que compõem o quadro de profissionais do CCO, passaram por criterioso treinamento a fim de tornarem-se aptos a atuar com os novos softwares. O empenho e dedicação dos envolvidos no projeto do novo CCO foi destacado pelo diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, ocasião em que ressaltou importantes avanços da Companhia em outras áreas, especialmente nos últimos dois anos.

Ele também comentou sobre os resultados positivos alcançados pela Cigás, como sendo fruto dos investimentos e da integração de esforços dos colaboradores de todas as áreas da Companhia. Desde o início de sua operação comercial (em dezembro de 2010) até dezembro do ano passado, a concessionária totaliza R$ 768 milhões de investimentos, em valores corrigidos pela taxa Selic, no mercado de gás natural do Amazonas.

E seguindo as premissas estabelecidas no Plano de Diretrizes e Estratégias para o Desenvolvimento Econômico Sustentável do Amazonas, do Executivo estadual, a Cigás investirá, em 2023, R$ 45,1 milhões na expansão do sistema de distribuição de gás natural. Com a aplicação do recurso, a Companhia pretende até dezembro de 2023 alcançar a marca de 270 quilômetros de sua rede de distribuição na cidade de Manaus. A Cigás já conta com mais de 13 mil unidades consumidoras dos segmentos termelétrico, industrial, veicular, comercial, residencial e autogeração/liquefação.

Leia Mais:

COMPARTILHE