quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Tribunal de Contas sedia evento sobre prevenção a desastres naturais

Marcada para o dia 28 de abril, a mesa redonda ‘Crise Climática e Prevenção de Desastres no Amazonas’ terá sete palestrantes do meio ambiente e defesa civil.
COMPARTILHE
TCU

Marcada para o dia 28 de abril, a mesa redonda ‘Crise Climática e Prevenção de Desastres no Amazonas’ terá sete palestrantes, entre eles secretários de pastas como o meio ambiente e da defesa civil, além de um representante da Seinfra Urbana do Tribunal de Contas da União (TCU).

Realizado pelo Ministério Público de Contas (MPC) com apoio do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), o evento será realizado de forma presencial no auditório do TCE-AM e já está com inscrições abertas no link: https://tceam.moodle360.com.br/ead/enrol/index.php?id=783.

O objetivo do evento é gerar um debate sobre formas de prevenção a desastres naturais como as recentes tragédias ocasionadas por deslizamentos de terras em Manaus após fortes chuvas do inverno amazônico.

Podem participar líderes comunitários, estudantes, servidores públicos, entre outros.

Entre os palestrantes confirmados no evento está o Secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema), Eduardo Taveira; o Secretário Executivo de Ações da Defesa Civil, Francisco Ferreira Máximo Filho e o diretor da Seinfra Urbana do TCU, José Reinaldo Gusmão.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Também estão confirmadas palestras do procurador de contas Ruy Marcelo, idealizador do evento; do prefeito-presidente da Associação dos Municípios do Amazonas, Anderson Souza; do secretário de segurança pública e defesa social, Sérgio Fontes, além do defensor público do Amazonas, Rodolfo Pinheiro Bernardo Lobo.

Conforme o procurador de contas Ruy Marcelo, a idealização do evento surgiu em meio aos recentes casos de alagamentos e desbarrancamentos que tiraram vidas e deixaram famílias desabrigadas em Manaus devido às fortes chuvas que atingem a região durante o chamado ‘inverno amazônico’.

“Nós, enquanto representantes do poder público, precisamos dar respostas aos cidadãos sobre os perigos que correm e sobre a melhor forma para que esses tipos de tragédias deixem de ocorrer, portanto a roda de conversa servirá justamente para que a sociedade possa ouvir diretamente de seus representantes quais medidas estão sendo tomadas visando a prevenção a desastres e quais melhores métodos de ação durante um evento trágico”, destacou o procurador.

Apesar de ser realizado presencialmente, no auditório da Corte de Contas amazonense, o evento terá transmissão ao vivo por meio das redes sociais do TCE-AM, entre elas YouTube, Facebook e Instagram.

Pensando na inclusão social, a transmissão também contará com a participação de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Leia mais:

COMPARTILHE