quarta-feira, 17 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Senadores do Amazonas gastam 36% a mais com o Cotão em fevereiro

O valor utilizado no mês seria suficiente para comprar 212 cestas básicas, considerando o último levantamento feito pelo curso de Economia da Universidade do Estado (UEA).
COMPARTILHE
voto

Os senadores pelo Amazonas registraram aumento de 36,1% nos gastos com a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), correios e consumo de materiais para os gabinetes, em fevereiro de 2023, no comparativo com o mês anterior, passando de R$ 94.200 para R$128.243.

Os cálculos consideram dados do portal da Transparência do Senado Federal.

Além do balanço de despesas dos senadores, o RealTime1 levantou os gastos dos deputados estaduais do Amazonas e dos vereadores de Manaus, no mesmo período.

Com os deputados federais, foi realizado um balanço sobre as ações em 30 dias de atividades. As informações sobre as despesas dos deputados federais não estão disponíveis.

Leia também:

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Gastos equivalentes a 212 cestas básicas

O valor utilizado pelos senadores no mês de fevereiro seria suficiente para comprar 212 cestas básicas, considerando o último levantamento feito pelo curso de Economia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que apontou que o kit custava cerca de R$ 300, em Manaus, em novembro passado.

No primeiro biênio deste ano, Eduardo Braga (MDB), Omar Aziz (PSD) e Plínio Valério (PSDB) acumularam R$ 222.443 em gastos com o ‘Cotão’ e gastos extras. O valor é cerca de 2% maior que o registrado no mesmo período de 2022, que somou R$218.448.

Conforme dados do biênio, o campeão de gastos continuou sendo Omar Aziz, que utilizou R$ 95.193 das verbas, seguido de Braga, com R$ 69.467 e Valério, com R$ 57.783.

Detalhamento de gastos

Os maiores gastos foram voltados à contratação de serviços de apoio ao parlamentar, que incluem, em sua maioria, a impressão de informativos, desenvolvimento de conteúdo multimídia, gerenciamento de mídias digitais, monitoramento de redes sociais, assessoria e consultoria, pesquisas e afins.

Braga utilizou a partir da categoria, R$ 50 mil nos primeiros dois meses do ano, Omar R$ 60 mil e Plínio Valério R$ 40 mil.

A Ceap foi instituída pelo Ato da Comissão Diretora nº 3/2003 e regulamentada pelo Ato do primeiro-secretário nº5/2014 , como verba pública destinada a ressarcir valores aplicados em despesas relacionadas à atividade parlamentar, como diárias, passagens, publicidade, etc.

O valor da cota varia de estado para estado por causa das diferentes distâncias de Brasília para cada estado do Brasil.

Ana Carolina Barbosa, da Amazônia Plural

Leia Mais:

COMPARTILHE