fbpx

quinta, 07 de julho de 2022

Zé Ricardo: ‘mesmo sem WhatsApp, bolsonaristas adoram espalhar fake news’

Bolsonaristas usam exemplos de ataques às redes sociais como ameaças às urnas eletrônicas. TSE reforça que voto eletrônico no Brasil não tem conexão com a internet.

4 de outubro de 2021

Compartilhe

Deputado federal Zé Ricardo é filiado ao PT (Foto: Divulgação)

O deputado federal José Ricardo (PT) usou o twitter, na tarde desta segunda-feira (4), para alfinetar os bolsonaristas.

Na ocasião, o petista compartilhou um tweet de uma usuária da rede social, que comentou sobre um post de um bolsonaristas ligando à queda das redes sociais com teorias conspiratórias, inclusive citando os “iluministas”.

A usuária em questão se chama Roberta Peixoto e se apresenta nas redes sociais como jornalista e conservadora. Em questão, ela compartilhou um post de um bolsonarista, que alega que a invasão de hackers nas redes sociais justificariam possíveis ataques às urnas eletrônicas nas próximas Eleições.

Peitoxo compartilhou um tweet de um outro usuário falando que hackers haviam colocado o domínio do Facebook à venda. E que se houve invasão no Facebook, também há risco de invasão nas urnas eletrônicas.

“Confia, campista. Os iluministas garantiram que são. Ué? A palavra deles não bastas?”, disse a usuária.

O deputado Zé Ricardo não gostou nada do que leu e imediatamente publicou: “As urnas não têm conexão à internet nem rodam aplicativo de redes sociais, e muito menos precisamos do Facebook para votar. Mesmo sem WhatsApp, os bolsonaristas adoram espalhar fake news e teorias conspiratórias”, disparou o deputado petista.

confira o tweet:

Urnas são seguras, aponta TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reforçou, em agosto deste ano, em meio aos ataques de Bolsonaro contra o sistema eletrônico de voto no Brasil, que a urna eletrônica não tem nenhuma conexão com a internet, o que impede ataques sistêmicos por parte de hackers.

“Como as urnas jamais entram em rede, elas não são passíveis de acesso remoto, o que afasta qualquer tipo de interferência externa no processo de votação, apuração e totalização dos resultados de uma eleição”, destacou a Suprema Corte, por meio da campanha “Urna Eletrônica: é segura, é fácil de checar, é do Brasil”.

O que se sabe sobre a queda do WhatsApp, Facebook e Instagram?

Era por volta das 12h50 no horário de Brasília (11h50 em Manaus) quando o termo WhatsApp ficou em primeiro nos Trending Topics (assuntos mais comentados) do Twitter.

Até às 13h30, o site Downdetector registrava mais de 40 mil queixas sobre o WhatsApp.

“Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível”, disseram os perfis do Facebook e WhatsApp no Twitter.

Já no perfil do Instagram, foi publicado um post que diz: “O Instagram e amigos estão tendo um momento complicado agora e talvez você esteja com problemas para usá-los. Conte com a gente, estamos em cima disso”.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Justiça do AM suspende show de Wesley Safadão com cachê de R$ 700 mil

Show de Wesley Safadão estava marcado para acontecer em agosto, mas o MPAM entrou com ação contra a Prefeitura e provocou a decisão da Comarca de Tabatinga.

6 de julho de 2022

Parlamento europeu pode condenar ataques do presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que Dom e Bruno, assassinados em junho deste ano no Vale do Javari, no Amazonas; estavam em uma aventura não recomendável.

6 de julho de 2022

Lula tem 45% contra 31% de Bolsonaro no primeiro turno, mostra Quaest

Na pesquisa anterior da Quest, divulgada em junho, Lula tinha 46% das intenções de votos contra 30% do presidente Bolsonaro, comprovando estabilidade na disputa do eleitor.

6 de julho de 2022

Com cota feminina mantida, cresce preocupação com candidaturas laranjas

Após virar lei, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinar que a mínima de 30% de candidaturas femininas deverá ser cumprida, individualmente

6 de julho de 2022

Legítima defesa da honra em feminicídios pode ser proibida no Brasil

Comissão na Câmara Federal aprovou projeto de lei que proíbe o uso da tese da "legítima defesa da honra" como argumento para a absolvição de acusados de feminicídio.

6 de julho de 2022

Pré-candidaturas femininas são as mais competitivas no PCdoB, avalia Eron

Das nove vagas que a sigla esquerdista tem direito na federação, quatro são ocupadas por pré-candidatas. O PCdoB lançou quatro pré-candidaturas femininas.

6 de julho de 2022

PT do AM já reconhece que executiva nacional definirá apoio a Braga

Sinésio Campos afirmou que vai acolher qualquer decisão do comitê nacional da sigla e confirmou que o nome do senador Eduardo Braga não está descartado.

6 de julho de 2022

Paulo Guedes vai ter que explicar na Câmara ameaças à Zona Franca

O requerimento para a convocação de Paulo Guedes, de autoria do deputado federal Zé Ricardo (PT), foi aprovado nesta quarta-feira (6). Agora, ele será obrigado a comparecer.

6 de julho de 2022