fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

Wilson lança ‘Faça a conta. Use GNV!’ com benefício de R$ 4 mil a motoristas

O valor será concedido aos taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas que estejam em plena atividade para a conversão ao uso do gás natural veicular.

16 de setembro de 2021

Compartilhe

Em março, governador Wilson Lima sancionou o novo marco regulatório do gás natural no estado (Foto: Divulgação)

O governador Wilson Lima lançou, nesta quinta-feira (16), a campanha “Faça a conta. Use GNV!”, para incentivar que 250 motoristas convertam seus veículos para o uso do gás natural veicular. O lançamento da ação aconteceu durante sua participação em um encontro entre representantes de empresas que atuam no mercado do gás natural, realizado na sede da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam), no Centro de Manaus.

Para que façam a conversão, o Governo, por meio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), irá conceder um benefício no valor de R$ 4 mil para taxistas, motoristas de aplicativo e frotistas que estejam em plena atividade. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o Amazonas possui atualmente 2,3 mil veículos com sistema de abastecimento a gás natural veicular.

Para participar, os interessados terão que converter o veículo com kit de 5ª geração ou superior a partir desta quinta-feira (16), em oficina credenciada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), e regularizar a documentação do veículo junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Após isso, o participante deve acessar ESTE LINK para submeter os documentos a análise da Cigás. Se atender aos critérios, o motorista terá acesso a um cheque nominal no valor de R$ 4 mil. O regulamento completo da campanha está disponível no site aqui.

A vigência da campanha é de 16 de setembro de 2021 a 16 de setembro de 2022, ou até se esgotarem os incentivos.

O gás natural veicular possui como diferencial a economicidade, comprovada por meio de estudo da Cigás feito a partir de dados recentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), envolvendo análise de preço e a variável autonomia. O resultado indica economia de até 37% do GNV em relação à gasolina, e de 45% em comparação com o etanol.

No encontro, também foram debatidos os avanços alcançados após o governador sancionar o novo marco regulatório do gás natural, por meio da Lei nº 5.420, de 17 de março deste ano.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Luta antiga e futuro incerto: corte no orçamento afeta diretamente a Amazônia

Pesquisadores acreditam que o corte de verbas para C&T acabará sendo direcionado para o agronegócio, que, segundo eles, vem sendo a causa do desmatamento na Amazônia.

15 de outubro de 2021

Jornalistas Alexandre Garcia e Rodrigo Constantino serão citados na CPI

Os dois produziam discurso antivacina em veículos de comunicação e defenderam as teses negacionistas de Jair Bolsonaro durante a crise sanitária.

15 de outubro de 2021

Dia dos Professores: deputados pouco ajudaram educação do Amazonas

Em pleno Dia dos Professores, categoria questiona a falta de diálogo com o poder público e falta de auxílio da Comissão de Educação da Aleam nas demandas dos educadores.

15 de outubro de 2021

Governo destaca ações de 2021 pela valorização dos servidores da Educação

Entre as medidas está o envio de um projeto de lei que visa pagar 14º e 15º salários aos servidores da área. A pauta ainda não tem data para ser votada na Aleam.

15 de outubro de 2021

CPI da Covid: senadores ouvem último depoente na segunda-feira

A CPI ouviria um número maior de convocados, mas nem todos seriam necessariamente ouvidos já que o presidente da CPI, Omar Aziz, decidiu realizar apenas mais uma oitiva.

15 de outubro de 2021

ICMS sobre combustíveis: Rodrigo Pacheco quer ouvir governadores

A Câmara já aprovou o projeto de lei que torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível. O projeto ainda precisa ser votado pelos senadores.

15 de outubro de 2021

Ministério Público pede anulação de licença do ‘Linhão de Tucuruí’

Ministério Público viu irregularidades no processo de licenciamento ambiental para liberação da obra do 'Linhão' por falta de consulta prévia ao povo Waimiri Atroari.

15 de outubro de 2021

Pesquisadores veem retrocesso de 20 anos após corte de R$ 600 milhões

O RealTime1 ouviu pesquisadores que, ao longo dos anos de carreira dedicados à ciência e tecnologia, estão empenhados em projetos realizados no Amazonas.

15 de outubro de 2021