fbpx

segunda, 15 de agosto de 2022

Wagner Rosário se torna investigado após criar confusão na CPI

Controlador-Geral da União prestou depoimento, nesta terça-feira, sobre a atuação do órgão de controle, mas perdeu a compostura ao ofender a senadora Simone Tebet.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

Wagner Rosário deixou a condição de testemunha para a de investigado e possivelmente será denunciado pelo crime de prevaricação. (Foto: Reprodução)

O depoimento do Controlador Geral da União, Wagner Rosário, terminou com uma grande confusão, troca de ofensas entre ele, a equipe de advogados e os senadores. Para completar, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD), solicitou que o relator incluísse Rosário no rol dos investigados e denunciados por prevaricação, quando o funcionário público tem conhecimento da ocorrência de um crime, mas não faz nada para contê-lo.

Renan concordou com a sugestão de Omar Aziz e lembrou que em diversos momentos Wagner Rosário tentou constranger senadores e adotou um ar petulante. “Comunico que por orientação do nosso presidente estou elevando o status de testemunha para investigado do senhor Wagner Rosário”, afirmou Renan, que ao longo da inquirição apresentou vários pontos em que o ministro entrou em contradições, como quando reconheceu que havia cinco procedimentos contra o ex-diretor de Logística do ministério, Roberto Ferreira Dias, mas não solicitou que ele fosse afastado do cargo.

No momento mais tenso e que culminou com o fim do depoimento, a senadora Simone Tebet (MDB/MS) mostrou como o ministro usou documentos falsos para defender a posição do governo no caso da Covaxin, vacina que seria vendida ao ministério pela empresa Precisa Medicamentos por R$ 1,6 bilhão. “Essa é uma casa que não aceita petulância, mentiras. Ele insistiu no erro, mas como sou da paz, sou advogada, eu disse para ele serenar, ele fez um pedido que deveria ser publico”, revelou Simone.

Ao responder a Simone, Wagner Rosário mandou que ela relesse o processo da Covaxin, o que gerou toda a confusão. A senador Leila Barros (Podemos/DF) trocou palavras duras com o governista Marcos Rogério (DEM/RO); Otto Alencar (PSD/BA) chegou a chamar Wagner Rosário de “moleque” por tratar Simone daquela maneira.

Rosário disse que só não respondia mais fortemente a Otto em respeito a idade dele, o que fez com que o senador baiano se levantasse e fosse até a mesa em que ele depunha.

Randolfe Rodrigues classificou de machista a fala de Wagner Rosário para Simone Tebet. Omar Aziz interrompeu por dez minutos a reunião e no retorno dos trabalhos encerrou a sessão.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Deputados estaduais que disputam reeleição declaram R$ 24,1 milhões em bens

Adjuto Afonso e Therezinha Ruiz são os mais ricos da Assembleia Legislativa, com R$ 7,1 milhões e R$ 3,4 milhões, respectivamente. Dos 24 deputados, apenas 5 não disputam.

14 de agosto de 2022

Patrimônio de Arthur Neto cresceu 1450% entre 2016 e 2022

Arthur Neto pediu o registro de candidatura ao Senado na sexta-feira e declarou possuir R$ 2,5 milhões em bens. Nas eleições de 2016, o tucano declarou R$160,7 mil.

14 de agosto de 2022

Moraes assume TSE após carreira centralizadora e ligada à política

Moraes é personagem central no noticiário nacional dos últimos anos devido aos inquéritos sob sua responsabilidade que investigam o presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

14 de agosto de 2022

Bolsonaro e Lula travam disputa sobre valor do Auxílio Brasil

Após acusação do petista de que o auxílio tem duração até o fim do ano e de que pretende, se eleito, mantê-lo em 2023, Bolsonaro disse que o benefício será mantido em 2023.

14 de agosto de 2022

Presidenciáveis dão largada na campanha com foco no Sudeste

Região Sudeste concentra 42,6% dos eleitores do país. A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita, Lula se mantém na dianteira, enquanto Bolsonaro cresce.

14 de agosto de 2022

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022