fbpx

quarta, 16 de junho de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Compartilhe

Ivo Neto gastou R$ 19.800 e apresentou somente dois Projetos de Leis (Foto: Divulgação)

No mês de março, os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) utilizaram R$ 272.618,09 em divulgação de atividade parlamentar e contratação de assessorias técnicas/jurídicas. O vereador que mais usou verbas da Cota para o Exercício de Atividade Parlamentar (Ceap), o “Cotão”, com esse tipo de gasto foi Ivo Neto (Patriota), que usou R$ 19.800 nessas atividades.

Ivo Neto gastou R$ 9 mil com assessoria técnica, além de R$ 10.800 com divulgação de atividade parlamentar.

Até a manhã desta sexta-feira (7), no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) da Câmara constavam apenas dois projetos de Leis apresentados pelo parlamentar, desde o início do seu mandato, em fevereiro. Além de mais um, sobre educação domiciliar, que ele pediu coautoria.

O primeiro PL é sobre a divulgação da lista de espera para vagas em creches municipais e o segundo sobre importunação sexual no transporte coletivo. Este último ainda não foi deliberado em plenário.

No entanto, já foi sancionado um PL semelhante a este último citado, em 2020, pelo então vereador Gedeão Amorim (MDB), que dispõe sobre campanha de combate ao assédio sexual de mulheres no transporte público.

Com o valor pago em assessoria jurídica, a equipe do parlamentar não atentou sobre a existência de um PL do mesmo teor.

Além desses dois projetos, Neto apresentou quatro indicações à Prefeitura de Manaus. Ou seja, foram seis matérias desde fevereiro.

Outros vereadores que mais gastaram

O segundo parlamentar que mais gastou nessa categoria foi João Carlos (Republicanos), R$ 15.999,00, e o vereador William Alemão (Cidadania), R$ 15 mil.

O republicano apresentou cinco Projetos de Leis, três indicações e 238 requerimentos, desde fevereiro deste ano.

Já Alemão, seis PLs, um Projeto de Resolução, 17 indicações e 253 requerimentos, além de ter ficado famoso no mês por ter divulgado um vídeo dançando uma música brega com a equipe do gabinete e expelindo gases. Posteriormente, Alemão pediu desculpas pela brincadeira.

Não utilizou

Mais uma vez, o único vereador que não utilizou a Cota para Exercício de Atividade Parlamentar (Ceap) foi Amom Mandel (Podemos). Seus gastos com combustível, divulgação de atividade, e aluguel de carros são bancados com recursos próprios.

Da Redação

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Recebimento da denúncia do MPF contra Wilson será julgado dia 30 pelo STJ

No dia em que a análise do caso estava prevista para acontecer, foi deflagrada a quarta fase da Operação Sangria em Manaus.

15 de junho de 2021

Witzel garante que vai à CPI nesta quarta e responderá a tudo

Segundo o Witzel, o pedido ao STF de não ir á CPI foi feito pelos seus advogados e que, amanhã, dará detalhes sobre a situação. Ele responde a quatro processos no MPF.

15 de junho de 2021

Omar diz que ainda aguarda definição do STF sobre ida de governadores à CPI

O presidente da CPI, Omar Aziz, destacou que a comissão já enviou os documentos solicitados pela ministra Rosa Weber, do STF, explicando o porquê de convocar governadores.

15 de junho de 2021

Privatização da Eletrobrás em debate no Senado já tem voto contra do AM

Os senadores amazonenses Omar Aziz (PSD) e Plínio Valério (PSDB) anunciaram seus votos contrários ao texto aprovado na Câmara dos Deputados.

15 de junho de 2021

Braga ‘esquece’ que defendeu abertura do comércio em dezembro

Crítico da gestão de Wilson Lima (PSC) e em busca da cadeira de governo do Estado, o senador Eduardo Braga (MDB) chegou a afirmar que não era "hora de fechar o comércio".

15 de junho de 2021

Para comprometer Wilson, Braga flerta com governistas na CPI da Covid

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

15 de junho de 2021

Governo Federal não atendeu as demandas do Amazonas, diz ex-secretário

Em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito, ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo considerou que socorro a Manaus não foi o adequado e nem o esperado.

15 de junho de 2021

Marcelo Serafim pede que FVS-AM inclua grupo de 12 a 17 anos na vacinação

Órgão de vigilância em saúde explicou que é responsável pela distribuição das vacinas contra Covid no Estado e que é o Ministério da Saúde quem define os grupos prioritários.

15 de junho de 2021