fbpx

sexta, 24 de setembro de 2021

Vereador sugere que R$ 40 milhões de obra na CMM vire auxílio emergencial

O anúncio da construção de mais um anexo na Câmara Municipal de Manaus foi divulgado no dia 31 de agosto e assinado pelo presidente da Casa, vereador David Reis.

3 de setembro de 2021

Compartilhe

O presidente da CMM, David Reis (à esquerda) e o vereador Rodrigo Guedes (à direita) (Fotos: Divulgação e Michell Mello)

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante), foi desafiado, nesta sexta-feira (3), pelo vereador Rodrigo Guedes (PSC), a transformar em auxílio emergencial os R$ 40 milhões previstos para serem gastos na construção de um anexo na CMM. O anúncio da obra foi divulgado no dia 31 de agosto deste ano, no Diário Oficial da Câmara Municipal.

“Eu desafio o presidente [da Câmara, David Reis] a enviar esse dinheiro para a Prefeitura de Manaus e combinar, acertar com o prefeito [David Almeida/Avante], que se distribua para população em formato de auxílio emergencial”, atiçou Rodrigo Guedes.

Para Rodrigo, em meio à crise econômica o dinheiro seria bem melhor utilizado se fosse destinado a pessoas carentes.

“Muito melhor R$ 40 milhões no bolso do povo do que para construir prédio para o legislativo, principalmente nesse momento da pandemia. Espero que revejam isso e que a sociedade se manifeste em contrário. Tenho certeza que não é o que esperam que seja feito com o dinheiro público”, opinou o parlamentar.

Esta semana, o vereador já havia se manifestado contra o anúncio da obra de construção de um novo anexo na CMM. “Isso [a obra] não pode acontecer, é totalmente descabido”, reclamou o vereador.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Guarda Municipal terá granadas e aspersores de gás de pimenta

Casa Militar autorizou a compra, sem licitação, de um lote de granadas de gás lacrimogêneo e aspersores de gás de pimenta para equipar a Guarda Municipal de Manaus.

24 de setembro de 2021

Aleam faz caridade com parte do salário dos servidores

Servidores que aderirem ao Programa Assembleia Participativa terão que contribuir com pelo menos 1% do salário mínimo. Aleam informa que todos podem cancelar a adesão.

24 de setembro de 2021

TSE adia mais uma vez julgamento do último recurso de ‘Adailzinho’

Em março deste ano, a corte regional rejeitou recurso de Adail Filho e manteve a cassação. Se o TSE recusar o recurso dele, novas eleições serão realizadas em novembro.

24 de setembro de 2021

Wilson lança plano que amplia oferta de consultas e exames na rede estadual

Ampliação inicia pelo Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, com oferta de quase 98,5 mil exames e consultas por mês, nos projetos Consulta+ e Examina+, anunciados hoje.

24 de setembro de 2021

Omar revela intenção de encerrar trabalhos da CPI na próxima semana

Os trabalhos da CPI da Covid foram prorrogados até novembro, mas cúpula dirigente quer encerrar a investigação, no máximo, na primeira semana de outubro.

24 de setembro de 2021

Entrega de kit humanitário em Manacapuru gera conflito entre prefeito e MP

A promotora de Justiça de Manacapuru Tânia Maria Azevedo Feitosa abriu o procedimento porque entendeu que R$ 7 milhões é um valor "muito alto" para uma licitação de 12 meses.

24 de setembro de 2021

Vereador quer banheiro e fraldário em drogarias e sindicato repudia proposta

Pelo PL, o estabelecimento que não disponibilizar banheiro e fraldário poderá ser multado em até R$ 2.865,25. Para o sindicato, proposta não merece prosperar.

24 de setembro de 2021

Reforma administrativa: veja o que muda para novos servidores

A Comissão Especial concluiu a votação da reforma administrativa na madrugada desta sexta (24). Mudanças valem para novos servidores, mas nenhuma delas afeta o Judiciário.

24 de setembro de 2021