fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

TSE adia mais uma vez julgamento do último recurso de ‘Adailzinho’

Em março deste ano, a corte regional rejeitou recurso de Adail Filho e manteve a cassação. Se o TSE recusar o recurso dele, novas eleições serão realizadas em novembro.

24 de setembro de 2021

Compartilhe

Se o TSE recusar o recurso de Pinheiro, novas eleições serão realizadas em novembro. O prazo é de 40 dias para a realização de eleições. (Foto: Divulgação)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou para a próxima quinta-feira (1) um recurso da defesa do prefeito afastado de Coari, Adail Filho (Progressistas), contra a decisão da Corte que confirmou a cassação da chapa de Adail decidida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

Em março deste ano, a corte regional rejeitou recurso de Adail e manteve a cassação. Se o TSE recusar o recurso de Pinheiro, novas eleições serão realizadas em novembro. O prazo é de 40 dias para a realização de eleições.

A inclusão da análise do recurso foi incluída nesta quinta-feira (23) na pauta do 1°de outubro do Tribunal Pleno do TSE, conforme o diário oficial da Corte Eleitoral.

O agravo regimental pedido pela defesa pretende derrubar uma decisão monocrática do relator do caso no TSE, que confirmou o entendimento do TRE pela cassação do registro de “Adailzinho”. O relator da matéria no TSE é o ministro Carlos Horbach, que substituiu o relator anterior que deu a primeira decisão, mas cujo mandato terminou em maio.

A presidente da Câmara Municipal de Coari, Jeany Pinheiro (PP), assumiu interinamente a chefia da Prefeitura Municipal de Coari desde o início de janeiro.

Em dezembro do ano passado, os sete desembargadores que compõem o pleno do TRE decidiram invalidar o registro de campanha. O julgamento chegou a ser adiado por três vezes por causa de pedidos de vistas do desembargador substituto Elci Simões e do então vice-presidente do tribunal, desembargador Jorge Lins, por motivo de “foro intimo”.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Moraes destaca união da Justiça Eleitoral a presidentes dos TREs

O presidente do TSE destacou que é importante que a Justiça Eleitoral tome algumas medidas preventivas em conjunto, e de forma padronizada, antes e no dia da Eleição.

17 de agosto de 2022

Tebet diz que aplausos a Moraes no TSE foram o maior recado a Bolsonaro

Simone Tebet ainda falou que a posse no TSE na noite anterior foi um momento histórico por reunir tantas personalidades do mundo político, em particular os ex-presidentes.

17 de agosto de 2022

De empresários a misses e policiais: 424 nomes disputam vaga na Aleam

Dos 23 partidos que lançaram nomes para Aleam, 10 apostaram em chapa completa, com 25 candidatos. O número de candidaturas deste pleito reduziu em relação às eleições 2018.

17 de agosto de 2022

Wilson faz corpo a corpo com os eleitores na zona Leste de Manaus

O candidato à reeleição irá realizar na tarde de hoje caminhada da Avenida Itaúba encerrando com um bandeiraço na Bola do Produtor para se aproximar do eleitor da capital.

17 de agosto de 2022

Primeira doação para campanha de Eduardo Braga é de R$ 200

O candidato recebeu doação de pessoa física no valor de R$ 200. Confira as regras e os limites de doação em dinheiro ou cessão de bens por eleitor para apoiar campanha.

17 de agosto de 2022

TRE-AM aprova envio de militares para sete municípios do interior

O TRE-AM solicitou tropas federais depois que o comando-geral da Polícia Militar disse não haver contingente para atender os municípios durante a eleição.

17 de agosto de 2022

Jingles de Amazonino, Braga e Wilson apostam em ritmos populares

Jingles de três candidatos têm elementos do axé, arrocha e música de beiradão, variam no tamanho dos versos e apresentam também coreografia para as redes sociais.

17 de agosto de 2022

Nenhum candidato ao Governo registrou gastos do 1º dia de campanha

O limite de gastos no primeiro turno é de R$ 7.115.522,46. No segundo, o valor é de R$ 3.557.761,23, para cada um dos candidatos ao Governo do Amazonas.

17 de agosto de 2022