fbpx

segunda, 29 de novembro de 2021

‘Tentar calar a imprensa é típico de fascista’, dizem membros da CPI

Os senadores destacam que o comportamento de Bolsonaro é de quem é "avesso à democracia" e garantiram mais uma vez que CPI responderá quem são culpados por mortos pela Covid.

21 de junho de 2021

Compartilhe

Além dos três, outros sete senadores assinaram a nota de repúdio (Foto: Agência Senado)

Omar Aziz (PSD), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Renan Calheiros (MDB-AL), presidente, vice e relator, respectivamente, da CPI da Covid-19 no Senado Federal e outros sete senadores emitiram uma nota de repúdio ao ataque do presidente Jair Bolsonaro á jornalista Laurene Santos, da Vanguarda TV, ocorrido na manhã desta segunda-feira (21), em Guaratinguetá (SP).

Na ocasião, o presidente mandou que a profissional calasse a boca e começou a vociferar contra emissoras de TV que, segundo ele, “destroem famílias brasileiras”. Os senadores destacaram que é uma atitude fascista tentar calar a imprensa e sugeriram ainda que tal comportamento é de quem é avesso à democracia brasileira.

Além do presidente, vice e relator, assinam a nota os senadores Tasso Jereissat (PSDB-CE), Otto Alencar (PSD-BA), Eduardo Braga (MDB), Humberto Costa (PT-PE), Alessandro Vieira (CIDADANIA-SE), Rogério Carvalho (PT-SE) e Eliziane Gama (CIDADANIA-MA).

Leia a nota na íntegra:

As Senadoras e Senadores desta Comissão manifestam solidariedade à jornalista Laurene Santos, que hoje, enquanto trabalhava, foi submetida a uma reação, no mínimo, desproporcional do presidente da República a uma pergunta legitimamente feita pela repórter. A agressão do senhor presidente da República não foi apenas à jornalista Laurene, mas a todos os brasileiros que anseiam por uma resposta à tragédia que atingiu mais de 500 mil famílias desde o início da Pandemia, no ano passado.

Tentar calar e agredir a imprensa é típico de fascistas e de pessoas avessas à democracia brasileira.

Asseguramos que os responsáveis pagarão por seus erros, omissões, desprezos e deboches. Não chegamos a esse quadro devastador, desumano, por acaso. Há culpados e eles, no que depender da CPI, serão punidos exemplarmente. Os crimes contra a humanidade, os morticínios e os genocídios não se apagam e nem prescreveram.

Da Redação

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Alcolumbre marca sabatina de André Mendonça para 1º de dezembro

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senador Davi Alcolumbre evita marcar a sabatina há ao menos quatro meses. O senador quer apontar outro nome.

29 de novembro de 2021

Vereador Rodrigo Guedes pede suspensão da festa de Réveillon, na Ponta Negra

Guedes argumenta em Ação Popular impetrada na Justiça, que a realização do Réveillon que vai contar com o show do cantor Luan Santana, vai colocar Manaus em risco sanitário.

28 de novembro de 2021

Congresso deve votar amanhã projeto para dar transparência às emendas secretas

Projeto das duas Casa do Congresso Nacional relativiza ordem da ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal para revelar os beneficiados do esquema de 2020 em frente.

28 de novembro de 2021

Filiação de Bolsonaro ao PL passa por apoio à reeleição de Arthur Lira na Câmara

O cálculo do PL é que a filiação de Bolsonaro vai garantir ao partido de Waldemar da Costa Neto a maior bancada de deputados ferais Câmara em 2022.

28 de novembro de 2021

Bolsonaro vê risco de derrota de “terrivelmente evangélico” e começa convencimento de senadores

Governistas acreditam que se o placar for favorável a Bolsonaro no CCJ, o resultado pode se repetir no Plenário do Senado, onde os indicados ao Supremo são analisados.

28 de novembro de 2021

Prévias do PSDB: Arthur consegue só 1,35% de votos e amarga a terceira posição

A disputa foi marcada por divergências. Arthur Neto, que conquistou apenas 1,35% dos votos, chegou a se alinhar a João Doria para exigir o resultado imediato das prévias.

28 de novembro de 2021

CMM corre para gastar recursos restantes do orçamento 2021

Em 2021, a CMM tem um pouco mais de R$ 164 milhões para custear as próprias despesas que vão desde pagamento com pessoal e eventuais reformas.

28 de novembro de 2021

Câmara deve votar PEC de incentivos à tecnologia na terça

A Proposta de Emenda à Constituição 10/21 mantém incentivos tributários para empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e de semicondutores.

27 de novembro de 2021