fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Presidente manda repórter calar a boca e é taxado de ‘surtado’ na internet

Bolsonaro se irritou quando a jornalista evidenciou que ele chegou ao local da agenda sem usar as máscaras. O presidente, de forma ríspida, disse que ele chega "como quiser".

21 de junho de 2021

Compartilhe

Ataque do presidente à jornalista foi na cidade de Guaratinguetá (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro voltou a protagonizar um novo ataque à profissionais de imprensa. Durante agenda, nesta segunda (21) em Guaratinguetá, no estado de São Paulo, Bolsonaro gritou com a repórter da Vanguarda TV, Laurene Santos, mandando que ela calasse a boca enquanto a jornalista tentava fazer uma pergunta.

“Cala a boca. Vocês são uns canalhas. Vocês fazem um jornalismo canalha que não ajuda em nada. Vocês destroem a família brasileira, destroem a religião brasileira. Vocês não prestam”, vociferou o presidente.

A repórter ainda questionou o presidente por ele ter chegado ao evento do dia sem usar as máscaras, no que ele respondeu que chega “onde quiser e como quiser”.

Os ataques de Bolsonaro à jornalista esteve entre os assuntos mais comentados do dia na rede social Twitter. Hastags como “covardia”, “descontrole”, “desequilibrado”, “surto” e “surtado”  foram usadas por diversos políticos, populares e personalidades para se referir ao fato.

Alguns políticos se manifestaram publicamente, como o governador de São Paulo e adversário político do presidente, João Dória (PSDB).

O ex-presidente da Câmara dos Deputado Rodrigo Maia também se manifestou.

Bolsonaro foi à cidade para acompanhar a cerimônia de formatura da Escola de Especialsitas da Aeronáutica. A chegar na Aeronáutica, em Guaratinguetá, ele desembarcou do carro oficial sem máscara e cumprimentou e abraçou apoiadores. O fato foi motivo de quetionamento pela repórter verbalmente agredida.

Bolsonaro também emitiu ataques diretos à Rede Globo, que no último final de semana veiculou um editorial no qual destacava a marca de 500 mil mortos pela Covid-19 registrada pelo Brasil. O editorial foi lido no Jornal Nacional. O âncora, William Bonner, afirmou na ocasião que “foram muitos e muito graves os erros” cometidos pelo governo Jair Bolsonaro durante a pandemia.

Gritos de “Fora Bolsonaro”

A visita do presidente à Guaratinguetá também foi marcada por protestos. Ao chegar na Aeronáutica, onde ocorreria a agenda, o presidente foi recebido com gritos de “fora Bolsonaro” e “genocida”.

Com informações do Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima entrega itens para agricultores e promete novo terminal pesqueiro

O governador entregou mais de 16 mil sementes, kits para seringueiros e serrarias portáteis. Durante a entrega Wilson Lima prometeu construir o novo terminal pesqueiro.

25 de janeiro de 2022

Amazonino Mendes anuncia que testou positivo para o novo coronavírus

Ex-govenador e pré-candidato nas eleições deste ano, Amazonino Mendes informou que está com Covid-19 e já iniciou o período de isolamento social sob orientação médica.

25 de janeiro de 2022

Guru do governo Bolsonaro, Olavo de Carvalho morre nos Estados Unidos

Escritor e ex-astrólogo, Olavo de Carvalho foi classificado pelo presidente Jair Bolsonaro como "farol para milhões de brasileiros". A morte foi anunciada pela família.

25 de janeiro de 2022

Ciro Gomes volta a acenar a Marina Silva para vice-presidência

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro voltou a dizer que gostaria de Marina Silva (Rede) com ele em uma chapa, ao mesmo tempo em que atacou Lula e Bolsonaro.

25 de janeiro de 2022

‘Muito acima do necessário’, diz Zé Ricardo sobre Fundão de R$ 4,9 bi

Zé Ricardo disse que é a favor do financiamento público de campanha, mas defendeu que a quantia fosse calculada com base na eleição anterior, resultando em um valor menor.

25 de janeiro de 2022

Governo do AM vai lançar pacote de R$ 1,5 bilhão em investimentos

O governador Wilson Lima anunciou que 87% das promessas de campanha já foram cumpridas e a meta é que até dezembro deste ano 100% das promessas sejam cumpridas.

25 de janeiro de 2022

Governo investe R$ 3,8 milhões para levar água potável à população de Maraã

No município, a água é captada por meio de 17 poços submersos, sendo que 13 estão ativos e quatro inativos. O investimento de R$ 3,8 milhões será usado para tratar os poços.

25 de janeiro de 2022

Wilson entrega incentivo para agricultura familiar e produção, no Amazonas

O Governo do Amazonas vai repassar 16.411 sementes e mudas para agricultores familiares, resultado de investimento de R$ 5.377.000,00 para o setor primário do Estado.

24 de janeiro de 2022