fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Senadores desistem de ouvir Marcelo Queiroga pela terceira vez

Integrantes do grupo majoritário de senadores da CPI optaram por ouvir o médico Carlos Carvalho, que substituirá o ministro Marcelo Queiroga no próximo dia 18.

13 de outubro de 2021

Compartilhe

Senadores consideram que Marcelo Queiroga se converteu ao 'bolsonarismo' ao criticar uso obrigatório de máscaras (Foto: Reprodução)

Os senadores do grupo majoritário da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 desistiram de ouvir, pela terceira vez, o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na próxima segunda-feira (18). A decisão foi anunciada, no fim da noite desta terça-feira (12) após uma reunião virtual comandada pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD).

No lugar de Queiroga, a CPI vai tomar o depoimento do médico Carlos Carvalho, pesquisador da Universidade de São Paulo, que coordenou o estudo encomendado pela Comissão Nacional de Incorporação de novas Tecnologias ao Sistema Único de Saúde (Conitec/SUS) que concluiu pela ineficácia dos medicamentos do kit covid, formado por cloroquina, hidroxicloroquina , ivermectina e azitromicina. O resultado deste estudo seria votado na última terça-feira (5), mas a reunião da Conitec foi cancelada por ordem de Marcelo Queiroga.

Os senadores do grupo majoritário, formado por Omar, o vice Randolfe Rodrigues (Rede/AP), o relator Renan Calheiros (MDB/AL), Otto Alencar (PSD/BA), Eduardo Braga (MDB), Tasso Jereissatti (PSDB/CE) e Humberto Costa (PT/PE), consideraram que “dariam um palco” para o neo-negacionista Queiroga espalhar a desinformação em um novo depoimento.

“O Marcelo Queiroga que viria na próxima segunda-feira não é o mesmo Queiroga que esteve aqui em maio. Em maio ele disse aqui que o uso de máscaras em certas circunstância era até melhor que a vacinação, mas na semana passada defendeu que o uso deste equipamento não fosse obrigatório. Enfim, ele se converteu ao Bolsonarismo”, resumiu Randolfe Rodrigues.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022