fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Agenda de Bolsonaro em Manaus é confirmada com ‘motociata’ e inauguração

A confirmação da visita presidencial foi indicada na manhã desta terça-feira (29) pelo prefeito David Almeida, ao lado do seu concorrente nas Eleições 2020, Coronel Menezes.

29 de junho de 2021

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro deve realizar a entrega de habitações do conjunto Manauara 2 (Foto: Ruan Souza / Semcom)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve cumprir agenda de eventos em Manaus no próximo dia 16 de julho. Na programação duas pautas já estão confirmadas: uma “motociata” com apoiadores de seu governo e a inauguração do conjunto habitacional Manauara 2, localizado no bairro Santa Etelvina, zona Norte da capital amazonense.

A data da visita presidencial foi confirmada na manhã desta terça-feira (29) pelo prefeito David Almeida (Avante) durante uma vistoria à obra finalizada. Bolsonaro deve entregar 500 apartamentos do residencial que foram inicialmente construídos na gestão de Arthur Virgílio Neto (PSDB), com financiamento do Governo Federal, via Caixa Econômica.

“Temos a grata satisfação de, no próximo mês, termos a presença do presidente da República aqui na cidade de Manaus”, anunciou Almeida ao lado de seu concorrente na corrida pela Prefeitura em 2020, o coronel Alfredo Menezes, ao qual ele se dirigiu como “representante do presidente”.

Na data da visita, além da entrega das habitações, Bolsonaro deve ainda anunciar recursos para a construção de “obras estruturantes” por meio do programa municipal Mais Manaus, um pacote de ações que deve ser o trunfo dos primeiros 24 meses de gestão de David Almeida, que a cada dia aparece mais alinhado ao presidente de República.

Programação tem passeio de moto

Ontem (28), Bolsonaro confirmou ainda que durante a passagem pela capital amazonense deverá participar da motociata promovida por seus apoiadores.

“Eu vou dar um passeio de moto em Manaus e, eu acho, que Porto Alegre”, disse o presidente a seus apoiadores.

A informação já tinha sido repassada por Menezes, na semana passada, durante divulgação dos atos bolsonarista promovidos no último sábado (26), em favor do voto impresso, o afilhado de casamento do presidente anunciou que a mobilização seria “uma aquecimento” para a vinda do chefe do Executivo Federal.

Atualmente, Menezes não ocupa cargo público nem na Prefeitura, nem na União, mas tem intermediado conversas entre David e Bolsonaro. Ele é cotado entre os apoiadores do presidente para concorrer ao Senado em 2022.

Texto: Giovanna Marinho

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

PEC do Voto Impresso pode ser votada por Comissão na próxima quinta

Para garantir o sigilo do voto, será proibido o uso de qualquer elemento de identificação do eleitor na cédula impressa.

30 de julho de 2021

Garantido no Senado até 2026, Plínio não quer se aventurar a vice em 2022

Senador acredita ser uma boa opção para uma terceira via na disputa pelo Governo do Amazonas, mas descarta formar chapa com o tucano Arthur Neto na Eleição majoritária.

30 de julho de 2021

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021