fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Samela e Greta advertem para o papel do governo nas mudanças climáticas

Samela Sateré-Mawé e Greta Thunberg falaram na sessão temática do Senado Federal que discutiu os números do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas.

10 de setembro de 2021

Compartilhe

Samela e Greta avaliaram que o Governo do presidente Jair Bolsonaro favoreceu a ocorrência de queimadas na Amazônia e, com isso, acelerou as mudanças climáticas. (Foto: Reprodução)

O Senado debateu em sessão temática, nesta sexta-feira (10), os resultados do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU. Os dados, segundo os debatedores, são preocupantes e apontam que o planeta deve aquecer pelo meio 1,5º C nas próximas duas décadas. O senador Jaques Wagner (PT-BA) afirmou que essa é uma discussão urgente acima de premissas ideológicas.

Uma das debatedoras do dia, a líder indígena amazonense Samela Sateré-Mawé falou sobre mudanças climáticas e disse que é impossível pensar a Amazônia sem levar em consideração os povos tradicionais da floresta.

“Somos os principais defensores da natureza. Não dá para pensar numa Amazônia viva, em pé e sustentável sem levar em conta os povos indígenas”, afirmou direto do acampamento das mulheres que participam da Marcha das Mulheres Indígenas, Mulheres Originárias pelo Reflorestamento de Mentes.

A marcha tem o objetivo de denunciar as mais de seis mil agressões físicas e mentais sofridas por mulheres indígenas de diversas etnias em todo o Brasil.

Em outro ponto da intervenção dela, Samela disse que é preciso proteger os jovens indígenas, que são o grupamento mais atuante na luta pela preservação e, portanto, soldados contra as mudanças climáticas.

Antes da líder amazonse, falou direto de Oslo a ativista Greta Thunberg, que atribuiu ao governo brasileiro a responsabilidade pela proliferação de queimadas na Amazônia, que agravam as mudanças climáticas, e a morte dos povos indígenas.

“Não estou em posição de dizer o que devemos fazer, pois sou de uma região que tem responsabilidade enorme por essa crise das mudanças climáticas”, afirmou Greta preliminarmente, antes de dizer que o país dela, a Suécia, adotou uma escola moderna de defesa do meio ambiente e de apoio aos povos indígenas. “O Brasíl, de fato, não começou essa crise, mas acrescentou gasolina a esse incêndio e aí chegamos no limite da capacidade do planeta”, completou.

Para a ativista, o governo brasileiro cumpre um papel vergonhoso ao favorecer as queimadas na Amazônia, quando deveria estar liderando o mundo na luta para retomarmos as metas do Acordo de Paris. “O Brasil, por conta das queimadas na Amazônia, está emitindo mais carbono do que consome. Isso é grave”, disse.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Reviravoltas e confirmações fortalecem chapa do Avante para Câmara

Partido do prefeito David Almeida, Avante tem praticamente fechada a lista dos candidatos que disputarão uma vaga na Câmara Federal na acirrada eleição de outubro deste ano.

25 de janeiro de 2022

Wilson Lima entrega itens para agricultores e promete novo terminal pesqueiro

O governador entregou mais de 16 mil sementes, kits para seringueiros e serrarias portáteis. Durante a entrega Wilson Lima prometeu construir o novo terminal pesqueiro.

25 de janeiro de 2022

Amazonino Mendes anuncia que testou positivo para o novo coronavírus

Ex-govenador e pré-candidato nas eleições deste ano, Amazonino Mendes informou que está com Covid-19 e já iniciou o período de isolamento social sob orientação médica.

25 de janeiro de 2022

Guru do governo Bolsonaro, Olavo de Carvalho morre nos Estados Unidos

Escritor e ex-astrólogo, Olavo de Carvalho foi classificado pelo presidente Jair Bolsonaro como "farol para milhões de brasileiros". A morte foi anunciada pela família.

25 de janeiro de 2022

Ciro Gomes volta a acenar a Marina Silva para vice-presidência

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro voltou a dizer que gostaria de Marina Silva (Rede) com ele em uma chapa, ao mesmo tempo em que atacou Lula e Bolsonaro.

25 de janeiro de 2022

‘Muito acima do necessário’, diz Zé Ricardo sobre Fundão de R$ 4,9 bi

Zé Ricardo disse que é a favor do financiamento público de campanha, mas defendeu que a quantia fosse calculada com base na eleição anterior, resultando em um valor menor.

25 de janeiro de 2022

Governo do AM vai lançar pacote de R$ 1,5 bilhão em investimentos

O governador Wilson Lima anunciou que 87% das promessas de campanha já foram cumpridas e a meta é que até dezembro deste ano 100% das promessas sejam cumpridas.

25 de janeiro de 2022

Governo investe R$ 3,8 milhões para levar água potável à população de Maraã

No município, a água é captada por meio de 17 poços submersos, sendo que 13 estão ativos e quatro inativos. O investimento de R$ 3,8 milhões será usado para tratar os poços.

25 de janeiro de 2022