fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Saiba quanto ganham os desembargadores e juízes do Amazonas

Confira qual a média de salário líquido dos desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça do Amazonas; levantamento foi feito a partir dos dados do Portal da Transparência.

30 de março de 2021

Compartilhe

O TJAM é considerado como um dos órgãos públicos estaduais com índice elevado de transparência (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) é considerado um dos órgãos públicos estaduais com índice elevado (86.46%) de transparência de acordo com o “Ranking da Transparência dos Poderes Estaduais”, realizado pelo Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC) e vem cumprindo o que diz a Resolução 215/2015 – do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que dispõe sobre o acesso a informações no âmbito do Poder Judiciário.

O ranking do MPC avalia uma série critérios e atribui percentuais que indicam níveis de transparência – que vão de inexistente, crítico, deficiente, mediano e elevado – dos poderes estaduais como o Ministério Público do Amazonas (MPAM), Governo, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Assembleia Legislativa (Aleam).

São avaliados itens como gastos com recursos humanos, pagamento de diárias, licitações, contratos e serviços presencial de informação ao cidadão.

Na última avaliação do MPC, disponibilizada em novembro do ano passado, o órgão considerado mais transparente é o Ministério Público Estadual (92,95%) e o mais deficiente, a Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), com 46,01%, que aparece em último lugar.

Transparência

Com o objetivo de dar ainda maior visibilidade a essas informações – que são públicas e podem ser acessadas por qualquer cidadão na internet – a equipe do RealTime1 iniciou um levantamento de dados a partir do Portal da Transparência de cada um dos poderes estaduais.

Remuneração de desembargadores e juízes

Nos últimos 12 meses, de março de 2020 a fevereiro de 2021, o Tribunal de Justiça do Amazonas desembolsou R$ 96,2 milhões para o pagamento de remuneração líquida para os 215 desembargadores e juízes. Uma média de R$ 8 milhões/mês.

A maior média mensal líquida foi recebida por um dos desembargadores (R$ 55,9 mil) e por um juiz de direito de entrância final (R$ 55,2 mil).

A menor média mensal nos últimos 12 meses foi paga para uma juíza substituta, no valor líquido de R$ 13,3 mil.

Confira o levantamento feito pelo RealTime1:

Média de salários líquidos dos desembargadores e juízes do Amazonas

Salários de ministros do STF

Para efeito de comparação, o salário de um ministro do STF em agosto do ano passado era de R$ 39,2 mil, valor que também é usado como teto dos vencimentos dos servidores públicos.

O salário deles serve de base de cálculo para a remuneração dos demais magistrados (juízes e desembargadores).

Os salários do STF também representam o chamado “teto constitucional”: nenhum servidor público pode ganhar mais que os ministros. Quando o salário deles sobe, os salários podem ser aumentados também nos demais poderes – Executivo e Legislativo. Neste caso, porém, os aumentos não são automáticos.

Da Redação

Leia Mais:


Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021