fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

PT e Novo veiculam propaganda partidária a partir desta semana

Inserções do Novo começaram ontem (8), já as do PT começam na quinta-feira (12). O Novo deve mostrar o presidente do comitê no Amazonas e os candidatos a deputado federal.

9 de maio de 2022

Compartilhe

O Novo teve as primeiras inserções veiculadas no domingo (8). O partido aparecerá no próximo domingo (15). Já o PT vai veicular inserções na quinta-feira (12), sábado (14) e na próxima terça-feira (17). (Foto: Divulgação)

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o Novo passam a figurar na propaganda partidária para as eleições, nesta semana. As inserções do Novo começaram ontem (8), já as do PT começam na próxima quinta-feira (12).

Além das duas legendas, outros partidos que já estrearam nas inserções continuam veiculando propaganda nesta semana. São eles: PSDB, PP e União Brasil.

No geral, as inserções têm duração de 30 segundos, e são veiculadas em canais de Rádio e TV sempre às terças, quintas e sábados no horário das 19h30 às 22h30. Neste semana, o domingo foi inserido na veiculação.

Novo

Conforme o calendário da propaganda partidária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Novo teve as primeiras inserções veiculadas nesse domingo (8). O partido aparecerá no próximo domingo (15).

O presidente do comitê regional do Novo no Amazonas, Iyad Hajoj, informou ao RealTime1 que a tendência é que ele apareça nas inserções que vão de 30 a 60 segundos e, após acertos com a executiva nacional, o objetivo é mostrar os pré-candidatos do partido a deputado federal pelo Amazonas.

“No momento, vamos utilizar a figura do pré-candidato à Presidência (Luiz Felipe d’Avila) e assim que a gente tiver tudo consolidado, os nossos pré-candidatos a deputado federal irão aparecer e provavelmente eu estarei com eles”, declarou Iyad.

PT

No caso do PT, as inserções serão veiculadas na quinta-feira (12), sábado (14) e na terça-feira da próxima semana (17). O presidente do comitê estadual do partido, deputado estadual Sinésio Campos, não retornou o contato da reportagem.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Edson Fachin diz que acatar resultado da eleições é inegociável

Em várias ocasiões, o presidente Jair Bolsonaro deu a entender que não aceitará outro resultado que não seja a sua vitória em outubro deste ano.

27 de maio de 2022

Terra Yanomami demarcada há 30 anos vê crescimento de garimpo

Bolsonaro é um defensor da mineração em terras indígenas, apesar da visível destruição e dos problemas que o garimpo ilegal leva para essas áreas socioambientais protegidas.

27 de maio de 2022

Radicalização explica revés de Bolsonaro no Datafolha, diz Lira

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quinta-feira (26) mostra que Lula lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% de Bolsonaro.

27 de maio de 2022

Ex-militante defende que esquerda deve apostar na rebeldia de jovens

O advogado George Tasso avalia que hoje "falta formação política nas bases da educação e do trabalho para a esquerda avançar pelas ruas de Manaus e reconquistar espaço".

27 de maio de 2022

Como em 2018, vereadores querem fazer CMM de trampolim este ano

Nas eleições de 2018, oito vereadores da legislatura 2016-2020 foram eleitos deputados estaduais e um para o Senado. Políticos aproveitam a visibilidade do cargo.

27 de maio de 2022

Livre de acusação por crise de oxigênio, Pazuello visita obras em Manaus

Na manhã desta sexta-feira (27), Pazuello acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) e o governador Wilson Lima (UB) que visitaram obras de asfaltamento.

27 de maio de 2022

Projeto que limita ICMS deve ter tramitação lenta, avaliam senadores

Senadores avaliam que a proposta que fixa o ICMS de combustívveis e energia em 17%, aprovada pela Câmara dos Deputados, deverá deixar um grande rombo nos cofres regionais.

27 de maio de 2022

Petrobras e Minas e Energia devem explicar alta dos combustíveis na Câmara

Sidney Leite propôs audiência para discutir as constantes subidas nos preços dos combustíveis e a inflação com o presidente da Petrobras e o ministro de Minas e Energia.

27 de maio de 2022