fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

‘Prejudica gestão’, diz vereador sobre pedido de prisão do prefeito

Parlamentares repercutiram o pedido de prisão preventiva do Ministério Público do Amazonas (MPAM) para o prefeito David Almeida e secretária municipal de saúde, Shádia Fraxe.

28 de janeiro de 2021

Compartilhe

Vereador Carpê e Rodrigo Guedes comentaram sobre pedido do MP (Foto: Reprodução)

Alguns parlamentares consultados pelo RealTime1 repercutiram o pedido de prisão preventiva do Ministério Público do Amazonas (MPAM) para o prefeito David Almeida e a secretária municipal de saúde, Shádia Fraxe.

Segundo o vereador Rodrigo Guedes (PSC), o pedido do MP chegou até ele através dos noticiários e ele não teve acesso ao processo, mas adiantou que, sendo justo ou não o pedido do órgão, a preservação da administração pública precisa prevalecer.

“Eu não tenho como opinar sobre o processo especificamente, que envolve o pedido do MP e as decisões judiciais. Mas sobre a situação toda, das vacinas, o prefeito David precisa preservar a administração dele. Se ele tivesse demitido os responsáveis, como eu solicitei, inclusive, tenho certeza que o pedido de prisão não teria sido feito”, declarou Rodrigo.

O parlamentar disse, ainda, que independente do pedido de prisão ser certo ou errado, só de haver essa solicitação já prejudica a imagem da administração pública, bem como a credibilidade da gestão.

Em cima do muro

Já o vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) enviou uma nota afirmando que essa função compete ao Poder Judiciário que irá analisar os autos e dentro de suas atribuições constitucionais vai decidir se é caso de prisão ou não.

“Continuarei fiscalizando e denunciarei qualquer tipo de irregularidade que chegue a meu conhecimento como tenho feito desde que assumi o mandato”, afirmou.

Filho calou, mas pai falou

A reportagem tentou obter posicionamentos de outros vereadores sobre o caso, inclusive o líder do prefeito na Câmara, Marcelo Serafim (PSB). No entanto, não obteve retorno deles.

O pai do líder do prefeito, deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), contudo, se posicionou contra o pedido de prisão preventiva do prefeito na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).

De acordo com o deputado, a prisão deve ser o último recurso utilizado. “Não se pode iniciar um inquérito com um pedido de prisão. O pedido de prisão deve ser o último recurso”, opinou Serafim.

Prefeito indignado

Após o pedido de prisão, o prefeito David Almeida emitiu nota em que afirmou estar profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária de membros do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

P.S.

Após a publicação desta matéria, a assessoria do vereador Capitão Carpê Andrade se manifestou incomodada com o intertítulo “Em cima do muro” e entrou em contato com o RealTime1 exigindo que fosse trocado.

O RealTime1 entende, entretanto, que o vereador foi instigado a opinar sobre o fato e se disse incapaz de emitir opinião por julgar que “essa função compete ao Poder Judiciário que irá analisar os autos e dentro de suas atribuições constitucionais vai decidir se é caso de prisão ou não”.

Ou seja, o Capitão se absteve de opinar, o que em linguagem popular significa ficar em cima do muro: “não tomar posição em questões importantes, normalmente para não assumir responsabilidades ou não se expor a críticas”.

Como julga que não é de sua competência opinar sobre questões judiciais, o vereador e sua assessoria deveriam saber que também não cabe a eles interferir na linha editorial de qualquer veículo, muito menos fazendo ameaças e exigências.

Confira a nota na íntegra e tire suas próprias conclusões:

“Fiquei sabendo através da imprensa local que o Ministério Público protocolou uma representação de prisão contra o prefeito de Manaus e a secretaria municipal de Saúde.

Sobre o pedido de prisão em questionamento, não cabe a mim fazer julgamentos sem ao menos analisar os autos, até pq estão em sigilo, essa função compete ao Poder Judiciário que irá analisar os autos e dentro de suas atribuições constitucionais vai decidir se é caso de prisão ou não.

Quanto aos fatos que dão origem a toda essa questão continuarei fiscalizando e denunciarei qualquer tipo de irregularidade que chegue a meu conhecimento como tenho feito desde que assumi o mandato.”

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Derrubada teto de gastos deve piorar o caos com a cheia no interior

Os municípios do interior do Amazonas se preparam para uma cheia histórica e podem ser os mais prejudicados caso haja aprovação do texto original da PEC Emergencial.

26 de fevereiro de 2021

Citando injustiça e ‘likes’, Marcelo Ramos defende PEC da Impunidade

Para Marcelo Ramos, quem é contra a PEC que limita as possibilidades de prisão de parlamentares age com 'absoluta injustiça' ao se referir ao texto como 'PEC da Impunidade'.

26 de fevereiro de 2021

Nas redes sociais, Jaiza Fraxe fala em vacina para animais domésticos

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

26 de fevereiro de 2021

Adail Filho e a longa agonia do município mais rico do interior do Amazonas

O ex-prefeito de Coari, Adail Filho e o vice Keitton Pinheiro recorrem sobre a decisão do TRE-AM que determinou a cassação da candidatura por inelegibilidade.

26 de fevereiro de 2021

Câmara Federal começa a discutir agora projeto da ‘impunidade parlamentar’

A chamada PEC da Impunidade torna mais difícil a prisão de um parlamentar flagrado cometendo crimes, como foi o caso do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), semana passada

26 de fevereiro de 2021

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021