fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

Precatórios: acordo preserva pagamento de profissionais da educação

Texto precisa ser votado e aprovado na Câmara para seguir para o Senado. De acordo com a proposta, o pagamento dos precatórios será feito em curto prazo.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

Servidores da educação deverão receber um abono de mais ou menos R$ 7 mil se governo pagar os precatórios do Fundef. (Foto: Reprodução)

O presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira (PP-AL), prometeu instalar ainda nesta terça-feira (20) a Comissão Especial que vai analisar a PEC dos Precatórios, que prevê o parcelamento em dez anos do pagamento de R$ 89 milhões a pessoas físicas e jurídicas que têm dívidas a receber da União. A proposta teve sua admissibilidade aprovada na semana passada.

O anúncio foi feito após reunião de Lira com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e com o ministro da Economia, Paulo Guedes. A proposta que foi discutida é que seja estabelecido um teto de R$ 40 bilhões para o pagamento dos precatórios no orçamento do ano que vem e o restante do valor possa ser objeto de negócios jurídicos como liquidação do crédito em outorgas, aquisição de ativos e negociações entre devedor (União) e credores ou ser transferidos para 2023.

Rodrigo Pacheco declarou que o pagamento dos precatórios é uma equação difícil e complexa, que lida com dois outros temas para que possa ter efetividade: o cumprimento do teto de gastos públicos e a garantia de um espaço fiscal necessário para a criação de um programa social, que na verdade é um incremento ao programa Bolsa Família.

Pacheco disse ainda que, quando o texto for encaminhado para os senadores, a tramitação será rápida. ”Se a câmara aprovar, nós nos comprometemos em dar a maior agilidade possível. Queremos evitar o acúmulo desses precatórios para o futuro”, disse Pacheco.

Ramos comemorou a proposta

O vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL), autor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos, declarou ao RealTime1 que a proposta estabelecida na reunião desta terça-feira tem o mesmo teor da PEC de sua autoria e pretende deixar os precatórios fora do Teto de Gastos.

”O que foi proposto por eles é exatamente o que está escrito na minha PEC, com uma diferença: eles não levaram em consideração que o aumento da inflação para 8,5% alarga o teto de gastos e dá um espaço de mais de R$ 24 bilhões, então ao contrário do que eles disseram, não fica de fora do teto R$ 50 bilhões, ficam de fora só R$ 26 [bilhões]. A proposta deles é exatamente a proposta contida na minha PEC que eu estou coletando assinaturas”, explicou.

O deputado postou em suas redes sociais nesta segunda-feira (20) que o mais importante é que o Governo Federal não dê calote nos credores.

Com isso, haveria espaço fiscal para o aumento do Bolsa Família e também para o pagamento dos precatórios do Fundef a que os professores da rede estadual do Amazonas teriam direito em 2022.

De acordo com a proposta anterior, enviada pelo Governo Federal, os precatórios do Fundef que seriam destinados para o pagamento de abono aos profissionais da Educação do Amazonas em 2022, teriam redução significativa, passando de mais R$ 7 mil, para cada um dos cerca de 30 mil trabalhadores do setor, para apenas R$ 1 mil.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Amazonino e Wilson convocam seguidores a mudar foto do perfil

A estratégia é uma tentativa de aproximar os eleitores, gerar identificação e demonstrar apoio à campanha. Wilson usou as cores da sua campanha e Amazonino o azul e vermelho.

17 de agosto de 2022

Candidatos registram nomes inusitados para chamar atenção do eleitor

Chico Bento, Maria Bonita, Papaleguás, Babalu, Vanessa da ZL, Velho do Rio do Lago do Ubim, Neiva do Ceú são alguns dos nomes de urna escolhidos por candidatos no Amazonas.

17 de agosto de 2022

Moraes destaca união da Justiça Eleitoral a presidentes dos TREs

O presidente do TSE destacou que é importante que a Justiça Eleitoral tome algumas medidas preventivas em conjunto, e de forma padronizada, antes e no dia da Eleição.

17 de agosto de 2022

De empresários a misses e policiais: 424 nomes disputam vaga na Aleam

Dos 23 partidos que lançaram nomes para Aleam, 10 apostaram em chapa completa, com 25 candidatos. O número de candidaturas deste pleito reduziu em relação às eleições 2018.

17 de agosto de 2022

Wilson faz corpo a corpo com os eleitores na zona Leste de Manaus

O candidato à reeleição irá realizar na tarde de hoje caminhada da Avenida Itaúba encerrando com um bandeiraço na Bola do Produtor para se aproximar do eleitor da capital.

17 de agosto de 2022

Tebet diz que aplausos a Moraes no TSE foram o maior recado a Bolsonaro

Simone Tebet ainda falou que a posse no TSE na noite anterior foi um momento histórico por reunir tantas personalidades do mundo político, em particular os ex-presidentes.

17 de agosto de 2022

Primeira doação para campanha de Eduardo Braga é de R$ 200

O candidato recebeu doação de pessoa física no valor de R$ 200. Confira as regras e os limites de doação em dinheiro ou cessão de bens por eleitor para apoiar campanha.

17 de agosto de 2022

Jingles de Amazonino, Braga e Wilson apostam em ritmos populares

Jingles de três candidatos têm elementos do axé, arrocha e música de beiradão, variam no tamanho dos versos e apresentam também coreografia para as redes sociais.

17 de agosto de 2022