fbpx

quarta, 10 de agosto de 2022

PDT flerta com Carol Braz de olho no Governo do Amazonas em 2022

Carol Braz confirmou ao RealTime1 que terá reunião nesta quinta-feira (2) com o presidente do PDT Nacional, Carlos Luppi, sobre o convite para se filiar ao partido.

1 de dezembro de 2021

Compartilhe

Na carreira pública, Carol Braz atuou como titular da Sejusc (Foto: Reprodução/Redes Sociais/Carol Braz)

A defensora pública Carol Braz (PSC) pode estar de malas prontas para o PDT. A decisão pode ser confirmada amanhã (2), quando ela já tem um encontro marcado com o presidente nacional da sigla pedetista, Carlos Luppi, que chega a Manaus na noite de hoje (1º/12).

O encontro entre a defensora e o presidente nacional do PDT vem sendo articulado por meio do diretório estadual, que, conforme revelou Carol ao RealTime1, vem sondando seu nome para o ingresso no partido.

Questionada sobre uma possível mudança de partido para concorrer ao Governo do Amazonas, ela disse que está “conversando” sobre.

“Estou concluindo alguns projetos na Defensoria Pública. Fui procurada por alguns partidos, inclusive pelo PDT. Por enquanto, estou conversando. Terei um encontro com o Carlos Luppi aqui em Manaus e vou saber quais são as propostas”, disse a defensora.

Carol Braz disse ainda que as definições sobre horário e local do encontro com Luppi estão sendo articuladas pelo diretório estadual do PDT. Ela não soube precisar se outras lideranças políticas participarão da reunião.

Carol Braz foi a primeira mulher a comandar o PSC em Manaus

Carol Braz foi a primeira mulher a assumir a presidência municipal do PSC em Manaus. A escolha foi anunciada em junho de 2020. No último pleito, criou-se uma expectativa de que ela disputasse a Prefeitura de Manaus pelo partido, porém a sigla abortou a ideia.

A decisão do partido anulou a representatividade feminina na última eleição majoritária e ainda colocou um fim na expectativa em torno de Carol Braz se tornar a primeira mulher a ser eleita prefeita de Manaus.

O PSC é o partido do governador Wilson Lima, que naturalmente é candidato à reeleição no pleito de 2022, o que pode ser mais um motivo para a defensora deixar a sigla e migrar para outra com reais chances de participar da disputa.

Em quatro décadas apenas duas mulheres concorreram ao Governo do Amazonas

No histórico das Eleições marjoritárias no Amazonas, desde o ano de 1982, apenas duas mulheres concorreram como candidatas ao Governo do Estado: Rebecca Garcia, na eleição suplementar de 2017, terminando na terceira posição com 18,1% dos votos; e Lucia Antony, na eleição de 2018, terminando em quinto lugar com 1,5% dos votos válidos.

Caso o nome de Carol Braz seja confirmado na disputa do ano que vem pelo Governo, ela será a terceira mulher a disputar a chefia do Executivo em um histórico de quatro décadas.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Michelle Bolsonaro ataca Lula e associa religiões africanas a ‘trevas’

Em vídeo divulgado por Michelle, Lula se encontra com representantes de religiões de matriz africana. Para ela, o ato corresponde a "principados e potestades das trevas".

9 de agosto de 2022

DC refaz contas para garantir mínimo da cota feminina nas Eleições do AM

Antes, o partido não havia apresentado o mínimo de candidaturas femininas para a disputa na Câmara Federal. Agora, a sigla conta com duas mulheres e quatro homens.

9 de agosto de 2022

Após definir palanque com Braga e Omar, Lula vem ao AM em setembro

Viagem está marcada para o início do mês de setembro, conforme informou ao RealTime1 o presidente estadual do PCdoB, Eron Bezerra.

9 de agosto de 2022

TRE-AM realiza curso para Prestação de Contas das Eleições 2022

O treinamento visa a correta prestação de contas, desde a utilização do sistema da Justiça Eleitoral até o lançamento das receitas e despesas. Inscrições encerram dia 12.

9 de agosto de 2022

Chico diz que tentará Senado de forma avulsa, mas pode ser impugnado

O alerta é do advogado Augusto Sampaio que aponta que Chico Preto não pode ser beneficiado pela decisão do TSE porque o Avante apoia coligação que já tem senador.

9 de agosto de 2022

Silas Câmara declara patrimônio de R$ 3,5 milhões à Justiça Eleitoral

O patrimônio do deputado federal evoluiu de R$ 2,1 milhões para R$ 3,5 milhões. Em 2006, quando ele foi eleito pela 3º vez para Câmara, os bens declarados somavam R$ 574 mil.

9 de agosto de 2022

Patrimônio dos irmãos Pinheiro evolui de R$ 557 mil para R$ 3 milhões

Candidata à reeleição, Mayara Pinheiro declarou possuir o patrimônio de R$ 1,9 milhão. A soma é R$ 864,6 mil a mais que os bens declarados pelo irmão, Adail Filho.

9 de agosto de 2022

O que faz um suplente de senador? O AM já definiu estes nomes; confira

Candidatos a suplentes nas chapas majoritárias são empresários, ex-dirigente de partido, professores e membros da comunidade indígena.

9 de agosto de 2022