fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Saída de Carol Braz anula representatividade feminina nas eleições majoritárias

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

24 de agosto de 2020

Compartilhe

O anúncio de retirada da pré-candidatura do PSC à Prefeitura de Manaus tira da corrida eleitoral a única mulher que tinha pretensões de ser prefeita da capital amazonense: Carol Braz. Com a saída da ex-secretária de Cidadania e Justiça, portanto, Manaus perde a chance de ter sua primeira prefeita da História. Carol Braz vinha demonstrando empenho e satisfação no exercício da pré-candidatura, como se podia conferir em suas redes sociais. Muito embora a ex-pré-candidata não tenha admitido isso publicamente, a decisão do partido parece ter caído como um banho de água fria no entusiasmo que vinha demonstrando na pré-campanha.

___

COMO UMA MÃE

Oficialmente, em nota, Carol Braz disse que muitos viram nela a figura de uma mãe para cuidar de Manaus. Da mesma forma, acrescentou que não encara a decisão do partido de não ter uma candidatura majoritária como o fim de um sonho, mas como uma forma de se preparar para uma luta ainda maior.

___

REPRESENTATIVIDADE LGBTI+

Se a corrida pela prefeitura perdeu representatividade feminina, por outro lado ganhou um representante LGBTQI+. O PSOL anunciou o nome do ativista gay Paulo Trindade como o pré-candidato da sigla à Prefeitura de Manaus. O pré-candidato se apresenta como representante de uma ancestralidade indígena e negra, além de parte da comunidade LGBTQI+. Dessa forma, Trindade traz um discurso novo ao cenário eleitoral de 2020. “Chegou a oportunidade de perceber como os 200 anos de estudos de gênero podem impactar a política da vida real”, diz em texto no qual se apresenta como pré-candidato.

___

BAGUNÇANDO O CENÁRIO

Ao lançar um novo pré-candidato majoritário, após já ter anunciado aliança com o PT em torno do nome de José Ricardo, o PSOL dá uma bagunçada no cenário já conturbado da esquerda local. Oficialmente, o partido diz que continua em busca de um grande arco de alianças das esquerdas. Na prática, estaria retirando seu apoio ao PT de Zé Ricardo. Consultada se aliança estaria abalada, uma fonte da coluna no PT respondeu: “[A aliança] está encaminhada. Os descontentes no PSOL não têm força para barrar, sendo Zé Ricardo o candidato. Então, quanto menos se falar mais segura está”.

___

AMIZADE INABALADA

O voto favorável ao impedimento do governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida, não foi motivo para abalar amizade entre o deputado estadual Álvaro Campelo (PP) e o vice-governador. Fontes informaram ao RealTime1 que Carlos e Álvaro se reuniram, na última sexta-feira (21), para alinhar ações para as eleições municipais deste ano. O encontro teria ocorrido na casa do parlamentar estadual onde, supostamente, foi tratado sobre a atuação do PTB no interior do Estado. Já na manhã desta segunda-feira (24), o vice-governador anunciou sua desfiliação do partido.

___

SURPRESA?

Se o encontro entre Álvaro Campelo e Carlos Almeida foi realmente para discutir eleições no interior, tudo indica que a retirada do vice-governador da presidência estadual do PTB foi surpresa para ele. E desagradou tanto que Almeida preferiu sair do partido. Na sexta-feira (21), a assessoria do vice-governador informou que o PTB Amazonas teria uma orientação nacional sobre a participação do partido nas eleições para as prefeituras de Manaus e do interior do Estado, mas que, até então, nada havia sido definido.

___

A TROCA

Já na manhã desta segunda-feira (24) descobriu-se que a orientação nacional seria a troca de comando no PTB local. Assume Ricardo Francisco, irmão do presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson. Ricardo Francisco é secretário de Estado de Cidades e Territórios, antiga Secretaria de Política Fundiária (SPF). Desta forma, o que seria um anúncio de troca de comando, resultou no anúncio de desfiliação de Carlos Almeida, que, por enquanto, segue sem partido.

___

MAIS UMA CHANCE?

Nas redes sociais, Amazonino Mendes (Podemos) disse que fazer política não é só “buscar o poder pelo poder”, mas a oportunidade de construir uma vida melhor para todos. O ‘Negão’ já teve essa oportunidade por três vezes na Prefeitura: década de 80, de 90 e, por último, em 2009. O que ele faria de diferente desta vez que, efetivamente, transformasse a vida do cidadão manauara?

Leia mais Dia a Dia

Serviços do TJAM são transferidos para home office após tremor em prédio

Por precaução, a equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM foi acionada para avaliações pertinentes, juntamente com a Defesa Civil e o Corpo Bombeiros.

26 de maio de 2022

Amazonas confirma primeiro caso de sarampo em criança de Manacapuru

Criança de 1 ano de idade, moradora de Manacapuru – que não tem histórico de tomar a tríplice vacina – contraiu o sarampo e está sendo acompanhada pela FVS.

26 de maio de 2022

Animação reforça campanha de combate ao abuso sexual infantil virtual

A animação traz mensagens sobre o acesso precoce à tecnologia, cuidado com o compartilhamento de imagens e informações pessoais, grooming e outros.

26 de maio de 2022

Projeto para estimular estudos epidemiológicos é debatido em Manaus

Amazonas tem a maior taxa de incidência de tuberculose do país com 64,8 casos por 100 mil habitantes em 2020, segundo dados do Ministério da Saúde.

26 de maio de 2022

OAB-AM e Seap realizam audiência pública nesta quinta-feira em Manaus

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) irão tratar sobre as solicitações dos advogados criminalistas.

26 de maio de 2022

Vacinação estagnada pode resultar em uma nova ‘onda’ de Covid-19

Para o titular da Saúde do Amazonas, as pessoas estão "relaxadas". Ele pede que as pessoas fiquem em alerta e se previnam o quanto antes para evitar um novo surto da doença.

25 de maio de 2022

Norma que proibia prisão disciplinar de policiais e bombeiros é derrubada

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, disse que militares estaduais e distritais devem responder disciplinarmente a governadores e não ao Executivo Federal.

25 de maio de 2022

Prefeitura divulga lista de profissionais aprovados para Semsa

Também consta no Diário Oficial do Município a lista dos classificados para a cota de pessoa com deficiência, usando critério específicos do Edital 001/2021 da Semsa.

25 de maio de 2022