fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Nasce o ‘União Brasil’: DEM e PSL aprovam a fusão dos partidos

Filiados do Democratas e do Partido Social Liberal se reuniram separadamente em convenções para deliberar sobre a fusão que deu origem ao União Brasil.

6 de outubro de 2021

Compartilhe

União Brasil terá o maior fundo partidário em 2022 (Foto: Reprodução)

Aquele que será o maior partido político do país, o União Brasil, está a um passo de se formar, pois agora só precisa da aprovação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na manhã desta quarta-feira (6) dirigentes do DEM e do PSL realizaram, separadamente, convenções para validar a fusão, aprovar os programas em comum e decidir quem vai compor a comissão executiva nacional que vai constituir o novo partido.

O presidente do PSL, Luciano Bivar, falou em uma união de inteligências e elogiou a fusão.

”O PSL entendeu que essa fusão poderia harmonizar pensamentos e ideias para que a gente pudesse trazer para a sociedade brasileira um sentimento de união e moral. É uma soma de inteligências. Não adianta você ter partidos isolados, com sentimentos muito mesquinhos”, afirmou Bivar.

Antônio Magalhães Neto, o ACM Neto, presidente do Democratas, comemorou a fusão e frisou que a partir de agora o entendimento deve ser de forma conjunta. O dirigente nacional da sigla pediu para que os filiados tenham paciência quanto ao processo que leva algum tempo até ser concluído.

”O TSE deve levar de dois a três meses e meio para apreciar esse tema. É improvável que o novo partido já esteja constituído legalmente antes do ano que vem (…) a gente estima que no comecinho de 2022. Eu quero trazer uma palavra de tranquilidade a todos aqueles que estiverem envolvidos até aqui (…) que continuem envolvidos em buscar as soluções que sejam boas e positivas para cada estado do nosso país”, disse ACM Neto, destacando que, a partir de agora, o desejo é de que todos pensem e ajam já como União Brasil.

Maior bancada na Câmara

Atualmente o Democratas conta com 28 deputados e seis senadores (incluindo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco/DEM-MG). Já o PSL conta com 54 deputados e uma senadora, Soraya Thronikle (MS). Se considerados os números atuais dos dois partidos, a fusão deixaria o União Brasil com um total de 82 deputados e sete senadores.

Após as convenções separadas, os dois partidos realizam ainda nesta quarta-feira (6) uma convenção conjunta.

No Amazonas

O presidente estadual do PSL no Amazonas, deputado Delegado Pablo, informou ao RealTime1 que a Convenção Provisória Nacional foi montada, tendo como presidente o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE) e como secretário-geral o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM-BA).

Pablo disse ainda que o mais importante é que o partido tenha como lema principal a defesa do país.

”É importante que seja organizado um partido em prol do nosso país. Com a união das diferenças é que faremos um Brasil único e forte. Do Amazonas ao Rio Grande do Sul, a união do povo brasileiro será a pauta que vai definir nosso futuro”, concluiu o parlamentar amazonense.

O presidente regional do DEM, Pauderney Avelino, compõe a mesa da convenção, mas ainda não comentou o assunto com o RealTime1.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021

Ex-ministro Esteves Colnago assumirá Secretaria de Tesouro e Orçamento

A nomeação foi confirmada há pouco pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em declaração conjunta ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

22 de outubro de 2021

Presidência ou Senado? Sérgio Moro confirma filiação ao Podemos

O ex-juiz deve decidir se concorrerá à Presidência ou ao Senado em breve. A expectativa dentro do partido é que Moro concorra ao Palácio do Planalto.

22 de outubro de 2021

Precatórios: mudanças no teto de gastos, vacinas e Auxílio Brasil

O relator, deputado Hugo Motta, destacou que a aprovação é importante para garantir o Auxílio Brasil, com a previsão de R$ 400 para atender 17 milhões de famílias em 2022.

22 de outubro de 2021

Magistrados do TJAM custaram quase 50 mil em 2020, diz CNJ

Relatório Justiça em Números, produzido pelo Conselho Nacional de Justiça, apresenta números detalhados da atividade dos tribunais brasileiros em 2020.

22 de outubro de 2021

Grupo Samel se posiciona sobre estudo com a proxalutamida

Diretoria do grupo Samel explicou, em direito de resposta obtido na Justiça contra o jornal O Globo, qual papel da empresa na pesquisa com medicamento proxalutamida.

22 de outubro de 2021

Senado aprova PL que prevê repasse de R$ 2 bilhões para Santas Casas

As entidades a serem beneficiadas são aquelas que complementam as operações do SUS, recebendo demandas do sistema público. O texto ainda precisa ser votado na Câmara.

22 de outubro de 2021

Governo pede correção na autorização de empréstimo de R$ 452 milhões

Governo alegou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) solicitou garantias mais sólidas para a celebração do contrato entre as partes.

22 de outubro de 2021