fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Pablo e Pauderney confirmam presença em convenção do União Brasil

Fusão entre o PSL e o DEM será oficializada com convenção do União Brasil, nesta quarta-feira (6) em Brasília. Comando do partido no AM pode ficar com Pauderney Avelino.

5 de outubro de 2021

Compartilhe

Deputado Delegado Pablo (à esquerda) e Pauderney Avelino (Fotos: Reprodução)

O deputado federal Delegado Pablo, presidente do PSL Amazonas, e o titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e presidente do DEM Amazonas, Pauderney Avelino, confirmaram ao RealTime1 que estarão em Brasília, nesta quarta (6), para participar da convenção nacional do União Brasil, que surge da fusão entre PSL e DEM.

Questionado pelo RealTime1 sobre quem comandará o novo partido no Amazonas, Pablo disse que só após a convenção nacional entre PSL e DEM é que será definido como ficará o comando do “União Brasil” no Amazonas. Pauderney Avelino, presidente do DEM Amazonas, também disse que só se pronuncia sobre o assunto após a convenção.

Pablo não se arriscou a revelar se o PSL assumirá o comando do União Brasil no Amazonas, mas deu pistas.

Segundo ele, para que seja batido o martelo com a escolha de quem comandará o União Brasil no Amazonas, primeiro é necessário saber qual dos partidos (PSL ou DEM) tem mais representatividade no maior estado da federação.

Nome será avaliado

“Em todo jornal que eu leio eu vejo falarem sobre algumas forças políticas regionais próximas ao DEM, que podem assumir o comando regional do União Brasil. Mas, essas mesmas forças políticas não são filiadas ao DEM. Quem está filiado? Eu não sei. Primeiramente é preciso saber quem está, para poder esse nome ser avaliado”, retrucou o deputado.

As forças políticas a que Pablo se refere podem ter ligação com Amazonino Mendes (sem partido), pré-candidato ao Governo do Amazonas nas Eleições de 2022. O cacique político já foi filiado ao DEM, mas atualmente está sem partido. A última sigla pela qual Amazonino disputou uma Eleição foi o Podemos, na corrida pela Prefeitura de Manaus em 2018, quando acabou derrotado no segundo turno.

Amazonino de malas prontas aguardando convenção

Nos bastidores da política amazonense comenta-se que Amazonino já está de malas prontas para se filiar ao DEM, porém, por conta da decisão de fusão com o PSL, o pré-candidato aguarda a convenção desta quarta (6), para, então, ser anunciado como o pré-candidato do União Brasil ao Governo do Amazonas em 2022.

Dois nomes são apostas do DEM para comandar o União Brasil no Amazonas. O próprio Pauderney Avelino, atual presidente do DEM, e Amazonino Mendes. Ambos têm vasta experiência política.

Comando ficará com quem tem maior representatividade

Ainda de acordo com Pablo, o comando dos dois partidos definiu, em comum acordo, que a presidência dos diretórios estaduais do União Brasil será definida pelo partido que tem mais representatividade.

“Um exemplo disso é na Bahia. Lá, há mais representantes do DEM. Então, onde há maioria dos democratas, quem vai comandar é o DEM. E esse mesmo processo de escolha ocorrerá em todos os diretórios brasileiros. Onde o PSL for maior, ele comandará o Estado”, revelou o parlamentar.

Pablo explica que, após a convenção, será dado início a um processo longo de diálogo até o fim do ano, com o encaixe de forças políticas, para melhor alinhamento dentro do partido. “É um trabalho de composição, construindo uma nova família com filhos diferentes”, avalia o deputado federal.

Lideranças do AM participam de convenção em Brasília

Segundo Pablo, além dele, todos os deputados federais eleitos pelo PSL foram convocados para o evento. Pauderney Avelino também confirmou presença na convenção. Porém, não deu mais detalhes se viajaria acompanhado de outro político do Amazonas ao evento.

Procurada pelo RealTime1, a assessoria de Amazonino não confirmou a ida dele a Brasília para participar da convenção.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Após manobra para Auxílio de R$ 400, secretários de Guedes pedem demissão

A decisão ocorre no mesmo dia em que o governo definiu um acordo para rever a regra do teto de gastos em busca de garantir o Auxílio Brasil de R$ 400.

21 de outubro de 2021

Presidente do Senado quer mediar reunião entre estados e Petrobras

Os governadores reclamam que a matéria, que agora precisa passar pela análise do Senado, implica na perda de R$ 24,1 bilhões em arrecadação apenas para os estados.

21 de outubro de 2021

Militares perdem ação no TJAM e vão ter de pagar mais pela previdência

ADIN apresentada pela Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros questionava lei que estabelece novas alíquotas de contribuição deles para a previdência.

21 de outubro de 2021

Confira: relatório da CPI não ficou só nas sugestões de indiciamentos

Além do indiciamento de 66 pessoas e duas empresas, relatório de Renan Calheiros propõe 15 projetos de lei, um projeto de lei complementar e uma PEC.

21 de outubro de 2021

Senado avalia projeto que destina 10% das vagas no Sine às mulheres violentadas

Pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que, em 2020, uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

21 de outubro de 2021

Semmas seguirá com baixo orçamento pelos próximos quatro anos

Plano Plurianual em análise na Câmara prevê que pasta do Meio Ambiente receberá em média, de 2022 a 2025, somente R$ 17,1 milhões, o menor orçamento dentre as secretárias.

21 de outubro de 2021

Último lugar em transparência do MPC, Aleam quer ‘ensinar’ Câmaras

Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai promover Fórum Estadual das Casas Legislativas do interior mesmo estando em último lugar em ranking de transparência do MPC.

21 de outubro de 2021

5 de dezembro: coarienses definirão quem vai controlar 2º maior orçamento do AM

Eleição suplementar em Coari vai escolher quem comandará o segundo maior orçamento do estado. Adail Filho aposta no nome do primo para sua sucessão.

21 de outubro de 2021