fbpx

domingo, 19 de setembro de 2021

Movimento organiza ato contra Bolsonaro e ganha adesões de última hora

Setores de esquerda se negam a participar porque o ato é organizado pelos mesmos que ajudaram a eleger Bolsonaro e sempre se posicionam contra os movimentos sociais.

10 de setembro de 2021

Compartilhe

Movimento Livre organiza manifestação contra Bolsonaro em Manaus (Foto: Divulgação)

O movimento Livres, que se autodefine como suprapartidário, está organizando um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro, marcado para domingo (12), a partir das 9h, no Largo de São Sebastião, no Centro de Manaus.

A manifestação foi articulada com o Movimento Brasil Livre (MBL-AM), o Vem pra Rua e outras entidades para a realização dos atos que acontecerão em ao menos 16 capitais do país. Conforme Efraim Félix, coordenador do Núcleo Amazonas do Livres, o movimento permanece em contato com todas as lideranças políticas para que participem do ato, independente de partido ou ideologia.

“Destacamos que a defesa da democracia é maior que qualquer divergência de pensamento. Por isso, conclamamos todos para ir às ruas nas manifestações pela saída do presidente”, afirmou Félix.

Segundo o coordenador, o núcleo Amazonas articula localmente, mas esse ato faz parte dos atos nacionais convocados em julho, após a apresentação do super pedido de impeachment à Câmara dos Deputados. “O momento exige união. É hora de deixarmos todas as diferenças de lado e defender nossa democracia. Todos são bem-vindos em defesa da democracia e do direito de discordar em paz”, disse.

Partidos de esquerda no Amazonas negam participação

Alguns setores de esquerda se negam a participar alegando os mesmos que ajudaram a eleger Bolsonaro e sempre se posicionam contra os movimentos sociais e sindicais, agora pedem a participação por ser uma manifestação contra presidente.

Em nota, o PSOL afirmou que “o partido não é organizador, não convoca e nem participará da manifestação do dia 12 de setembro. O partido faz parte da campanha nacional pelo Fora Bolsonaro, que em breve definirá seu calendário.

O PSOL está em debate com os partidos de oposição sobre a possibilidade de uma manifestação de ampla convocação pela saída de Bolsonaro da presidência.”

Adesões de última hora

O coordenador do Movimento Brasil Livre no Amazonas, Jhony Souza, informou ao RealTime1 que os diretórios estaduais do PDT, Novo, Rede e do PCdoB, bem como os grupos suprapartidários Confederação do Rio Negro e Movimento Brasil Livre (MBL) anunciaram adesão às manifestações de 12 de setembro em Manaus na tarde desta sexta-feira.

“Em defesa da democracia brasileira, é momento de deixarmos todas as divergências de lado, suspendendo as eventuais discussões em torno da eleição de 2022, em nome da unificação dos esforços das forças democráticas pelo #ForaBolsonaro”.

Também na tarde desta sexta-feira (10) MBL informou que entrou na organização do dia 12 junto do Livres, Novo e UJL.

Texto: Aldizangela Brito

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Lei que regulamenta o transporte hidroviário de passageiros e cargas no AM é sancionada

Após publicação da lei sancionada pelo governador Wilson Lima, a Arsepam tem 120 dias para apresentar regras de funcionamento do novo modal.

18 de setembro de 2021

Wilson Lima dá início à nova frente de obras da modernização da AM-010

Governador cumpre agenda em Rio Preto da Eva, onde vai entregar obras e anunciar novos investimentos em infraestrutura, como a pavimentação do ramal do Sulivan Portela.

18 de setembro de 2021

David Almeida nomeia Ivson Coêlho novo procurador-geral do município

Entre as atribuições da função estão: exercer as funções estratégicas de planejamento, orientação, coordenação, controle e revisão no âmbito de sua atuação.

18 de setembro de 2021

Governo altera decreto e permite ampliar serviços de acesso à internet

Norma foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta-feira. O texto altera um decreto de 2018, que trata sobre políticas de telecomunicações.

18 de setembro de 2021

Revés na justiça faz David Reis recuar e suspender licitação das pick ups

Suspensão do processo licitatório vem um dia após a Casa parlamentar sofrer um revés judicial, quando recebeu ordem de suspender o certame para a construção do prédio anexo.

18 de setembro de 2021

Empresa vai receber R$ 6 milhões para asfaltar ruas em Novo Aripuanã

Coincidentemente, o valor é quase o mesmo que será gasto pela Prefeitura de Iranduba com serviços de recapeamento de vias. Porém, em Iranduba, o serviço será em área menor.

18 de setembro de 2021

Reforma administrativa: deputados querem incluir o Judiciário

A reforma caminha para o terceiro parecer do relator Arthur Maia (DEM-BA). Deputados do Amazonas querem que benefícios do Judiciário também sejam cortados.

18 de setembro de 2021

Diretor-presidente interino da FVS-RCP pede exoneração do cargo

Para o cargo de diretor-presidente interino do órgão, foi nomeada a enfermeira Tatyana Amorim, que já atuava como diretora técnica da FVS-RCP ao lado de Cristiano Fernandes.

17 de setembro de 2021