fbpx

quinta, 02 de dezembro de 2021

Ministro do Meio Ambiente associa floresta à pobreza em fala oficial na COP

Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite sinalizou que o governo brasileiro entende a floresta como um problema para o país e cobrou mais recursos dos países ricos.

11 de novembro de 2021

Compartilhe

Joaquim Leite foi duramente criticado por associar a floresta com os níveis de pobreza registrado no País (Foto: Reprodução)

“Onde existe muita floresta também existe muita pobreza”. Com essa frase o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, abriu o pronunciamento oficial do Governo Brasileiro na principal plenária da Conferência das Partes das Nações Unidas para a Convenção do Clima (COP-26), na noite desta quarta-feira (10), em Glasgow, na Escócia.

A frase foi interpretada por parlamentares brasileiros e ambientalistas como um sinal de que o governo vê a floresta como um problema e que desmatá-la seria uma forma de tirar as pessoas da pobreza. “Essa frase revela que a mentalidade do governo é da década de 70. Desmatar, para eles, é sinônimo de desenvolver”, analisou o deputado Alessandro Molon (PSB/RJ), que está em Glasgow.

Pouco antes da fala do ministro, numa audiência aberta, na apresentação do mais recente Relatório de Avaliação das Políticas Climática e de Prevenção e Controle do Desmatamento, elaborado pela Comissão de Meio Ambiente (CMA), os senadores Fabiano Contarato (Rede-ES) e Eliziane Gama (Cidadania-MA) alertaram para a omissão e o desmonte, pelo governo federal, dos mecanismos de proteção ambiental.

O texto também indica que o desmatamento ocorre em todos os biomas do Brasil e é praticado pelos grandes proprietários de terra. O relatório de 2021, sob a relatoria da senadora Eliziane Gama, atualiza a edição do documento organizado por Contarato em 2020 e, segundo ela, é apresentado ao mundo para mostrar a “real cara do Brasil” num contraponto ao discurso oficial do governo Bolsonaro.

A senadora afirmou que o documento identifica os retrocessos na execução da política de preservação ambiental e de mitigação das mudanças climáticas. Entre eles, aponta a substituição de técnicos por militares, motivada por motivos ideológicos e com graves consequências para a preservação do meio ambiente.

Desmatamento

Para Fabiano Contarato, o relatório reúne fatos incontestáveis sobre o desmonte ambiental praticado pelo governo, que teria acabado “de fato” com o Ministério do Meio Ambiente, através do sucateamento dos órgãos de educação e fiscalização competentes.

“O Brasil não cumpriu o Acordo de Paris, com meta de redução de 80% no desmatamento. Não só não reduziu, como aumentou em 145%”, avaliou.

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações do portal Metrópoles e agência Senado

Leia mais:

Leia mais sobre Política

BID aprova empréstimo de 80 milhões de dólares para o Prosamin+

Processo segue para o Senado para a aprovação da Operação de Crédito Internacional pela União, antes da assinatura do contrato

2 de dezembro de 2021

Plínio quer saber de onde partiu ordem de queimar flutuantes no rio Madeira

Plínio Valério acredita que o governo brasileiro, em termos de mineração, vem sendo levado a cumprir leis "paridas" na Europa por "forças estranhas".

2 de dezembro de 2021

Senado aprova André Mendonça para ocupar vaga de ministro no STF

O próximo passo para a entrada de Mendonça no STF é a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU), em um decreto assinado pelo chefe do Executivo.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Justiça do Senado aprova André Mendonça para o STF

Após 4 meses de espera, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a indicação de André Mendonça ao STF. Placar foi de 18 votos a favor e 9 contra.

1 de dezembro de 2021

Câmara adia votação de projetos para homenagear secretário de David

O secretário de feiras Renato Júnior recebeu a medalha de ouro Guilherme Moreira na área de comércio. Sessão solene inviabilizou votação de pauta com 14 projetos de lei.

1 de dezembro de 2021

PDT flerta com Carol Braz de olho no Governo do Amazonas em 2022

Carol Braz confirmou ao RealTime1 que terá reunião nesta quinta-feira (2) com o presidente do PDT Nacional, Carlos Luppi, sobre o convite para se filiar ao partido.

1 de dezembro de 2021

Clientes devem ser notificados antes de vistoria em medidores de água ou luz

Projeto de lei foi de autoria dos deputados Sinésio Campos, Carlinhos Bessa e Dermilson Chagas, que são membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Amazonas Energia.

1 de dezembro de 2021

Wilson anuncia entrega da AM-070 duplicada para o dia 20 de dezembro

Governador fez o anúncio enquanto fiscalizava a pavimentação dos últimos 300 metros da estrada; próxima etapa é a instalação de 11 quilômetros de sinalização da rodovia.

1 de dezembro de 2021