fbpx

terça, 07 de dezembro de 2021

Ministério Público Federal no Amazonas recebe relatório final da CPI da Covid

A entrega do relatório da CPI provocou a instalação de um procedimento para iniciar investigações. O relatório de Renan Calheiros indiciou duas autoridades do Amazonas.

10 de novembro de 2021

Compartilhe

O governador Wilson Lima (PSC) e o ex-secretário Marcellus Campelo foram incluídos na lista de indiciados depois de pressão do senador Eduardo Braga (Foto: Divulgação)

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas recebeu, nesta quarta-feira (10), o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 do Senado e deve nos próximos dias analisar as sugestões de indiciamento feita pelos senadores.

Segundo a procuradoria no Amazonas, o MPF iniciou um procedimento a partir da entrega do relatório final e “já distribuiu a um dos gabinetes do órgão para análise do documento e eventuais providências cabíveis”.

A CPI da Covid do Senado encerrou seus trabalhos no último dia 26, depois da aprovação do relatório final que propôs o indiciamento de 89 autoridades, entre elas, duas do Amazonas, o governador, Wilson Lima (PSC), por epidemia com resultado morte e prevaricação e o ex-secretário de saúde, Marcellus Campelo, indiciado por prevaricação.

O general Eduardo Pazuello, ex-ministro da saúde e a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, médica Mayra Pinheiro também foram indiciados pela falta de oxigênio no Amazonas.

O próximo órgão a receber o relatório será o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM). A intenção do grupo majoritário que comandou a CPI é entregar o documento presencialmente.

O relatório reservou 32 páginas para “A crise do Estado do Amazonas e a falta de coordenação do Governo Federal”. O relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB/AL), enumerou os antecedentes da crise, destrinchou a falta de oxigênio em janeiro deste ano, analisou a transferência de pacientes para outros estados e criticou a aplicação do tratamento precoce na capital amazonense.

Renan Calheiros também dedicou parte do relatório que trata da crise no Amazonas ao que ele chamou de “déficit de coordenação por parte do governo federal”.

O RealTime1 questionou a assessoria de imprensa do MPF a respeito sobre quais sugestões de indiciamento vão culminar em investigações, mas ainda não houve retorno.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Omar critica liberação de garimpo em áreas indígenas no Amazonas

Decisão de liberar projetos de mineração em São Gabriel da Cachoeira foi tomada pelo chefe do GSI, Augusto Heleno, e alvo de críticas do senador Omar Aziz.

6 de dezembro de 2021

Cadastro Nacional vai reunir informações de pessoas condenadas por pedofilia

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça. Entre os crimes estão estupro de vulnerável; corrupção de menores; exploração sexual de criança ou adolescentes.

6 de dezembro de 2021

Após tramitação relâmpago, vereadores aprovam Secretaria de Segurança

A criação de 68 cargos para o funcionamento da Segurança Pública gerou críticas dos vereadores Amom Mandel e Rodrigo Guedes. Governistas defenderam a criação dos cargos.

6 de dezembro de 2021

Vitória de Keitton em Coari aumenta poder de fogo dos Pinheiros em 2022

Eleição de Keitton Pinheiro ajuda a 'turbinar' as candidaturas de Adail Pinheiro Filho para deputado federal e de Mayara Pinheiro para permanência da sua vaga na Assembleia.

6 de dezembro de 2021

Absorventes e fundão eleitoral: Congresso analisa vetos de Bolsonaro

Congresso Nacional analisa, nesta terça-feira (7), os vetos do presidente ao fundão eleitoral de R$ 5 bilhões e a distribuição de absorventes para estudantes de baixa renda.

6 de dezembro de 2021

Em novo pacote de projetos de lei, Governo garante pagamento de datas-bases

A reestruturação da Lei 3.510 era esperada há décadas. Com ela, é possível a atualização salarial de vencimento e gratificações. A correção era esperada por 1987 servidores.

6 de dezembro de 2021

Bolsonaro quer Governo Federal decidindo sobre passaporte da vacina

Uma MP assinada por Bolsonaro teria o poder de alterar imediatamente essa lei, interferindo na autonomia de Estados e municípios, mas poderia ser rejeitada pelo Congresso.

6 de dezembro de 2021

General Heleno autoriza avanço de garimpo em áreas preservadas da Amazônia

Ministro Augusto Heleno do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) permitiu sete projetos de pesquisa de ouro em região na fronteira, ato inédito nos últimos dez anos.

6 de dezembro de 2021