fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Lei Paulo Gustavo vai repassar R$ 85,6 milhões aos municípios do Amazonas

Do repasse previsto ao Amazonas, R$ 51,5 milhões é destinado diretamente à capital e outros R$ 35,3 milhões aos municípios do interior do Estado.

17 de março de 2022

Compartilhe

Apesar de não conseguir reverter a legislação no Senado, o secretário especial de Cultura, Mário Frias, afirmou que vai recomendar ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que vete a Lei (Foto: Divulgação)

Com a aprovação da Lei Paulo Gustavo, projetos culturais desenvolvidos no Amazonas terão apoio de R$ 86,8 milhões. Os recursos deverão ser destinados à classe artística atingida diretamente pelos efeitos da pandemia da Covid-19.

Do repasse de R$ 86,8 milhões previsto para o Amazonas,17,4 milhões é destinado diretamente à capital e outros R$ 35,3 milhões aos municípios do interior do Estado. A lei foi aprovada nesta terça-feira pelo Senado.

Parintins vai receber R$ 943,8 mil, Itacoatiara R$ 846,8 mil, Manacapuru R$ 817,5 mil e Coari R$ 720,9 mil.

Lei Paulo Gustavo passa no Senado com unanimidade e vai à sanção

Incentivo à cultura: apenas 4 deputados do AM são favoráveis à Lei Paulo Gustavo

De acordo com o projeto, os entes que receberem os recursos deverão se comprometer a fortalecer os sistemas de cultura existentes ou implantá-los nas localidades em que eles não existam, instituindo conselhos, planos e fundos.

Conforme o texto, dos R$ 3,8 bilhões que serão repassados: R$ 2,79 bilhões serão destinados para ações no setor audiovisual; R$ 1,06 bilhão deverá ser destinado para ações emergenciais no setor cultural por meio de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor ou outras formas de seleção pública simplificadas.

A proposta foi batizada de “Lei Paulo Gustavo”, em homenagem ao ator e humorista que morreu em maio do ano passado, vítima da Covid-19. Paulo Gustavo era um dos artistas mais populares do país e faleceu aos 42 anos no Rio de Janeiro.

Apesar de não conseguir reverter a legislação no Senado, o secretário especial de Cultura, Mário Frias, afirmou que vai recomendar ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que vete a Lei Paulo Gustavo, que libera R$ 3,86 bilhões do Fundo Nacional de Cultura (FNC) para fomento de projetos culturais.

Da Redação

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022

Câmara pode votar sobre venda direta de etanol aos postos de combustíveis

A Medida Provisória 1100/22 faz ajustes na tributação da comercialização de etanol para viabilizar a venda direta do combustível dos produtores ao varejo.

26 de maio de 2022

PL aciona Lula e o PT no TSE por campanha eleitoral antecipada

O PL questiona atos pró-Lula em eventos da CUT e do PSol onde teria havido infração eleitoral, já que a pré-campanha veda pedido explicito de votos e ataque a adversários.

26 de maio de 2022

Plínio questiona programa de demissões do Banco da Amazônia

De acordo com o senador, a situação desses profissionais tende a se agravar ainda mais diante da crise social e econômica que o País atravessa, provocada pela pandemia.

26 de maio de 2022