fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Humberto Michiles será o ‘executivo’ do União Brasil, revela Amom

O jovem vereador disse que a costura sinaliza que Amazonino Mendes comandará o partido, mas a operação ficará a cargo do ex-deputado federal Humberto Michiles.

8 de outubro de 2021

Compartilhe

O último cargo público ocupado por Michiles foi o de secretário municipal da Educação na gestão de Arthur Neto. Ele substituiu Pauderney Avelino (Foto: Reprodução)

O vereador Amon Mandel revelou, nesta quinta-feira (7), que o comando do União Brasil, partido formado a partir da fusão de PSL e DEM, ficará com o ex-governador Amazonino Mendes, mas exercido pelo ex-deputado federal Humberto Michiles.

“Este arranjo foi decidido, mas falta ainda ser oficializado”, contou Amon.

O vereador, eleito pelo Podemos no mesmo grupo de Amazonino Mendes, será o presidente Estadual da seção de Juventude do União Brasil e anunciou que se dedicará neste posto a projetos que fomentem a leitura e a participação dos jovens amazonenses na vida política do Amazonas.

O acerto final sobre o comando do União Brasil no Estado ainda está sendo costurado para acomodar lideranças como o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, oriundo do DEM; o deputado federal Delegado Pablo Oliva, do PSL; e o próprio Amon, ex-Podemos.

“Estes assuntos, como também a escolha do diretório municipal, só serão definidos após o registro oficial expedido pelo Tribunal Superior Eleitoral”, disse o vereador.

O RealTime1 procurou Humberto Michiles, político experiente, já tendo cumprido mandatos de deputado federal, estadual e participado como secretário de gestões estaduais e municipais, mas até o momento não obteve resposta.

Na posição de comando no União Brasil, Michiles também passou a ser cotado para compor a futura chapa com Amazonino, já anunciado candidato ao Governo do Estado na eleição do próximo ano.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Reta final da CPI tem definição de indiciados, votação e encaminhamento de Relatório

Como não possui poder de punição, último ato da CPI será o encaminhamento do Relatório Final aprovado aos órgãos responsáveis por apresentarem denúncias.

23 de outubro de 2021

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021

Wilson Lima e David Almeida assinam convênios de mais de meio bilhão

O governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida assinarão, amanhã, uma série de convênios que representarão um presente para a cidade que fará 352 anos neste domingo.

23 de outubro de 2021

STF realiza audiência para discutir a criação do juiz de garantias

Juiz de garantias vai atuar fiscalizando a legalidade dos atos praticados pelo juiz da instrução criminal, o que gerou uma dúvida sobre a constitucionalidade desta novidade.

23 de outubro de 2021

Congresso abre prazo para apresentação de emendas a LOA da União

Lei Orçamentária Anual (LOA) do Governo Federal reservou R$ 16,2 bilhões para os parlamentares apresentarem emendas com execução obrigatória no próximo ano.

23 de outubro de 2021

Improbidade administrativa um problema recorrente das prefeituras

Para analista político, irregularidades na prestação de contas pode ser fruto da falta de pessoal, dificuldades dos servidores e até mesmo má fé com a causa pública.

23 de outubro de 2021

“Baixo orçamento é oriundo de Arthur Neto”, culpa Antônio Stroski

Titular da secretaria de meio ambiente disse que política de "encolhimento" de antecessor foi responsável pelo atual orçamento de R$ 17,1 milhões em 2022.

23 de outubro de 2021

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021