fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Hissa Abrahão e Tony Medeiros são os novos alvos do Avante

Ex-deputado federal, Hissa deixou o PDT após mais de dez anos e deverá buscar voltar à Câmara Federal. Já Tony Medeiros tentará a reeleição em um partido aliado do governo.

10 de janeiro de 2022

Compartilhe

Hissa Abrahão deixou o PDT no fim de 2021 e procura um partido para tentar voltar à Câmara Federal nas eleições de outubro (Foto: Reprodução)

O ex-deputado federal Hissa Abrahão (sem partido) e os deputados estaduais Tony Medeiros (DEM) e Saullo Vianna (PTB) são os próximos alvos do prefeito David Almeida para reforçar o partido dele, o Avante, com vistas à eleição deste ano.

O convite para Saullo Vianna foi feito no ano passado e a filiação dele já está encaminhada para acontecer na chamada janela de transferência, em abril, quando parlamentares podem trocar de partido sem correr o risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

No entanto, Saullo desconversa sobre a mudança, mas diz que “o convite de David é uma honra e será levado em consideração quando for planejar sua candidatura a deputado federal”.

Tony Medeiros é um velho conhecido de David Almeida, com quem dividia bancada na Assembleia Legislativa entre 2015 e 2019 e está com dificuldades de seguir para o União Brasil, partido que surgirá da fusão do DEM com o PSL.

Tony é governista e não quer seguir apoiando a candidatura do ex-governador Amazonino Mendes, o nome do União Brasil para enfrentar Wilson Lima (PSC). O ingresso no Avante facilitaria a vida do ex-amo do boi Garantido.

Já Hissa Abrahão é uma aquisição de oportunidade, pois ele acaba de deixar o PDT e precisará de um partido para viabilizar sua candidatura a deputado federal. Hissa saiu do PDT após uma briga interna com o deputado estadual Adjuto Afonso, que conseguiu o apoio do presidente Nacional da sigla, Carlos Lupi, para nomear um novo presidente para o diretório estadual.

Se confirmado o ingresso de Saullo e Hissa, o partido de David Almeida passa a ter cinco candidatos fortes a deputado federal, posto que ele já garantiu apoio para o ex-prefeito de Manaus Alfredo Nascimento (PL), o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino (DEM), e o líder dele na Câmara Municipal, o vereador Marcelo Serafim, que pode inclusive trocar o PSB pelo Avante, uma especulação que corre forte nos bastidores da política em Manaus.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Amazonas investe R$ 61 milhões em pesquisas e quer popularizar Ciência

O anúncio do investimento foi feito pelo Wilson Lima na tarde desta quinta (27). Na ocasião, Márcia Perales destacou que o Governo tem honrado compromissos com a Ciência.

27 de janeiro de 2022

‘Livre da Covid e de volta ao trabalho’, anuncia David Almeida

O prefeito de Manaus havia anunciado que estava infectado pelo coronavírus no dia 22 de janeiro. Hoje, pelas redes sociais, disse estar curado, dando destaque à vacinação.

27 de janeiro de 2022

Wilson Lima investe R$ 453 milhões em asfaltamento de ramais no AM

Na manhã desta quinta-feira (27), governador do Amazonas reinaugurou o ramal da Cachoeira do Castanho; atual gestão já recuperou 100 quilômetros de ramais.

27 de janeiro de 2022

XP/Ipespe coloca Lula 20 pontos percentuais à frente de Bolsonaro

Lula registrou 44% das intenções de votos. Na terceira posição, aparecem empatados na pesquisa com 8% o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

27 de janeiro de 2022

Ida de Moro ao União Brasil facilita vida de filiados do Podemos no AM

Presidenciável estuda se filiar ao União Brasil e assim facilitar a vida dos filiados do Podemos no Amazonas, que poderão apoiar livremente Bolsonaro e ter mais recursos.

27 de janeiro de 2022

Câmara de Manaus vai desembolsar mais de meio milhão para limpar carpetes

Os trabalhos legislativos em 2022 ainda nem começaram, mas os contratos expressivos da CMM em 2021, assinados por David Reis, seguem aparecendo no Diário Oficial da Casa.

27 de janeiro de 2022

Pela segunda vez, vereadores tentam derrubar aumento de 83% do Cotão

Na última tentativa, a desembargadora Joana Meirelles negou pedido de liminar dos vereadores Rodrigo Guedes e Amom Mandel para suspender a votação que aprovou o aumento.

27 de janeiro de 2022

Arthur e Plínio evitam choque, mas corda entre os dois vai esticar

Questionados sobre para qual cargo vão concorrer em 2022, Arthur Neto e Plínio Valério não disseram aonde vão fincar seus esforços pois aguardam as definições partidárias.

27 de janeiro de 2022