fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Henrique Oliveira garante que mesmo sem Pros sairá candidato em 2022

Uma nota enviada pelo secretário geral do partido causou estranheza nos bastidores da política, visto que há três semanas o ex-vice-governador anunciou que é pré-candidato.

16 de setembro de 2021

Compartilhe

Henrique disse que sua pré-candidatura é irrevogável (Foto: Reprodução)

Três semanas após o ex-vice-governador e ex-deputado federal Henrique Oliveira (Pros) anunciar que é pré-candidato ao Senado, o secretário-geral do partido, Ângelo Reis, emitiu uma nota afirmando que a sigla ainda estuda a possibilidade de lançar candidato ao Senado para as eleições 2022, mas que ainda não há nome definido.

Nas entrelinhas, o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) anunciou que não reconhece ainda a pré-candidatura de Henrique, que, por sua vez, afirmou ao RealTime1, nesta quinta-feira (16), que a intenção de disputar a vaga de Omar Aziz (PSD) em 2022 é irrevogável.

“Sou pré-candidato e já fui procurado por outros partidos e prefiro ficar onde sempre estive. No Pros, que me acolheu. A minha pré-candidatura é irrevogável. Não abro mão dela e vou buscar o meu espaço”, reforçou o ex-vice-governador.

No entanto, Henrique se mostrou compreensivo caso o projeto do Pros para o pleito vindouro não incluir seu nome.

“Eu me sentirei honrado em ser o candidato ao Senado pelo Pros, mas se houver qualquer objeção ao meu nome, tem outros partidos que estão em busca do meu nome até pela densidade que tem se mostrado nas pesquisas”, comentou o pré-candidato.

“O ‘Cabeção’ não está morto. O ‘Cabeção’ voltou e voltou com força total. As pesquisas mostram que o cenário para o Senado está muito equilibrado”, completou Henrique, fazendo alusão ao apelido que ganhou no cenário político e que aderiu nas campanhas.

Henrique também ponderou que o posicionamento do partido depende muito das regras ainda indefinidas das eleições do ano que vem, no que diz respeito, por exemplo, a coligações.

O RealTime1 entrou em contato com o presidente do Pros, Mike Ezequias para que ele esclarecesse a situação que envolve a candidatura ao Senado. Mike afirmou que tudo que tem saído sobre o partido são “especulações” e disse que ainda não teve uma conversa com Henrique para tratar sobre o assunto em voga.

“A gente ainda não definiu quem serão os candidatos e as nominatas. Se o partido vai ter candidato próprio ou não, ou se a gente vai compor alguma coligação. Nos próximos dias vamos explicar todas as diretrizes do partido, as decisões tomadas e possíveis candidaturas”, disse Mike.

O presidente do Pros revelou ainda que o partido vem com uma chapa com vários nomes concorrendo às vagas para a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e que há chances reais de elegerem dois deputados estaduais. Para a Câmara Federal, Mike disse que a “chapa vem forte, com a expectativa de eleger um parlamentar”. Segundo ele, estas composições já estão alinhadas com a Executiva Nacional do partido.

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Após manobra para Auxílio de R$ 400, secretários de Guedes pedem demissão

A decisão ocorre no mesmo dia em que o governo definiu um acordo para rever a regra do teto de gastos em busca de garantir o Auxílio Brasil de R$ 400.

21 de outubro de 2021

Presidente do Senado quer mediar reunião entre estados e Petrobras

Os governadores reclamam que a matéria, que agora precisa passar pela análise do Senado, implica na perda de R$ 24,1 bilhões em arrecadação apenas para os estados.

21 de outubro de 2021

Militares perdem ação no TJAM e vão ter de pagar mais pela previdência

ADIN apresentada pela Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros questionava lei que estabelece novas alíquotas de contribuição deles para a previdência.

21 de outubro de 2021

Confira: relatório da CPI não ficou só nas sugestões de indiciamentos

Além do indiciamento de 66 pessoas e duas empresas, relatório de Renan Calheiros propõe 15 projetos de lei, um projeto de lei complementar e uma PEC.

21 de outubro de 2021

Senado avalia projeto que destina 10% das vagas no Sine às mulheres violentadas

Pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que, em 2020, uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

21 de outubro de 2021

Semmas seguirá com baixo orçamento pelos próximos quatro anos

Plano Plurianual em análise na Câmara prevê que pasta do Meio Ambiente receberá em média, de 2022 a 2025, somente R$ 17,1 milhões, o menor orçamento dentre as secretárias.

21 de outubro de 2021

Último lugar em transparência do MPC, Aleam quer ‘ensinar’ Câmaras

Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai promover Fórum Estadual das Casas Legislativas do interior mesmo estando em último lugar em ranking de transparência do MPC.

21 de outubro de 2021

5 de dezembro: coarienses definirão quem vai controlar 2º maior orçamento do AM

Eleição suplementar em Coari vai escolher quem comandará o segundo maior orçamento do estado. Adail Filho aposta no nome do primo para sua sucessão.

21 de outubro de 2021