fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Governo já trabalha com a volta dos grandes eventos, revela Apolo

Secretário de Estado da Cultura, Marcos Apolo diz que queda no número de casos e avanço da vacinação permitem o início do planejamento da volta dos grandes eventos.

9 de outubro de 2021

Compartilhe

O Festival Folclórico de Parintins não é realizado há dois anos, período da pandemia impediu a aglomeração de público (Foto: Reprodução)

O Governo do Estado já trabalha com a possibilidade da realização de grandes eventos, como: o Auto de Natal no Largo de São Sebastião, em dezembro; o Carnaval de Manaus, em fevereiro; e o Festival Folclórico de Parintins, em junho do próximo ano. A revelação é do Secretário de Estado da Cultura, Marcos Apolo, em entrevista para a editoria de política do RealTime1, nesta sexta-feira (8).

De acordo com Apolo, o governo monitora o número de casos de Covid-19 e a evolução do programa de vacinação no Estado e avalia que se eles se mantiverem no ritmo atual será possível realizar os grandes eventos culturais de grande porte no próximo anos. “Hoje mesmo (8) vamos ter uma reunião do comitê de crise para estabelecer novas diretrizes para o enfrentamento da pandemia, mas a tendência é que teremos sim o Carnaval de Manaus e o festival de Parintins”, afirmou o secretário.

Sobre medidas sanitárias, Marcos Apolo ponderou que “máscaras” são agora naturalmente uma obrigação para o cidadão usar, mas que distribuição de álcool em gel durante o evento e a exigência de que o público esteja vacinado serão atitudes que a secretária vai estabelecer para que os eventos possam ser realizados com segurança sanitária. “Com estas medidas, eu acredito que poderemos pensar em público full (cheio), como dizemos no meio artístico, para estes eventos”, explicou.

Também de acordo com o secretário, o calendário de eventos da SEC já está preparado para o ano que vem e com as dotações orçamentárias para financiá-lo sendo discutidas dentro do governo. Além dos maiores eventos, carnaval de Manaus e boi bumbá, Apolo destacou a realização de festas municipais tradicionais, como o Festival do Peixe Boi (Novo Airão) e Festribal (São Gabriel da Cachoeira), que contam com o apoio da SEC. “Agora reitero, o governo monitora todos os indicadores da Covid, evolução da vacinação. Se algo fora da curva acontecer, tudo isso pode ser repensado”, advertiu.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Governo pede correção na autorização de empréstimo de R$ 452 milhões

Governo alegou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) solicitou garantias mais sólidas para a celebração do contrato entre as partes.

22 de outubro de 2021

Contratos realizados pela ManausCult são questionados por vereador

A dispensa de licitação envolve três empresas. Órgãos de controle e fiscalização foram acionados para investigar contratos da gestão de Alonso Oliveira na ManausCult.

22 de outubro de 2021

Marcelo Ramos é eleito o melhor deputado federal de 2021

Pelo terceiro ano consecutivo, o deputado federal pelo Amazonas e vice-presidente da Câmara dos Deputados esteve entre os premiados da seletiva do Prêmio Congresso em Foco.

22 de outubro de 2021

Após manobra para Auxílio de R$ 400, secretários de Guedes pedem demissão

A decisão ocorre no mesmo dia em que o governo definiu um acordo para rever a regra do teto de gastos em busca de garantir o Auxílio Brasil de R$ 400.

21 de outubro de 2021

Presidente do Senado quer mediar reunião entre estados e Petrobras

Os governadores reclamam que a matéria, que agora precisa passar pela análise do Senado, implica na perda de R$ 24,1 bilhões em arrecadação apenas para os estados.

21 de outubro de 2021

Militares perdem ação no TJAM e vão ter de pagar mais pela previdência

ADIN apresentada pela Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros questionava lei que estabelece novas alíquotas de contribuição deles para a previdência.

21 de outubro de 2021

Confira: relatório da CPI não ficou só nas sugestões de indiciamentos

Além do indiciamento de 66 pessoas e duas empresas, relatório de Renan Calheiros propõe 15 projetos de lei, um projeto de lei complementar e uma PEC.

21 de outubro de 2021

Senado avalia projeto que destina 10% das vagas no Sine às mulheres violentadas

Pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que, em 2020, uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

21 de outubro de 2021