fbpx

quarta, 22 de setembro de 2021

Golpe: parlamentares do Amazonas descartam a possibilidade no dia 7

Com a proximidade das manifestações marcadas para 7 de Setembro, o clima de tensão no país aumentou, mas a bancada amazonense descarta uma eventual quebra institucional.

4 de setembro de 2021

Compartilhe

Jair Bolsonaro fala em ''manifestações pacíficas'' no 7 de Setembro, mas acirra o discurso contra oposição no Congresso e ministros do STF (Foto: Reprodução)

O Brasil viverá na próxima semana um clima inédito de instabilidade política e institucional com a polarização fomentada entre grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Há até quem fale em golpe. E este acirramento já tem dia e hora para acontecer: 7 de Setembro, dia da Independência do Brasil.

As manifestações convocadas para a próxima terça-feira (7) nunca foram tão esperadas, seja pela expectativa de apoiadores de Bolsonaro ou pelo medo de que o clima possa ficar ainda mais tenso no País. Nas redes sociais, bolsonaristas chamam a população para demonstrar apoio ao governo federal e reivindicar, dentre outras coisas, o voto impresso, sepultado na Câmara Federal, e o fechamento do Congresso e do STF.

Nesta quinta-feira (2), o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante sua live nas redes sociais, descartou essa possibilidade. “‘O pessoal me acusou de querer dar golpe. Tem idiota pensando que eu vou dar golpe, eu sou presidente vou dar golpe em mim mesmo?”, disse o presidente.

Bolsonaro declarou ainda que as manifestações serão expressivas e inéditas. ‘’Vai ser uma manifestação nunca antes vista no Brasil e todos nós temos que entender o que o povo está querendo”, prometeu.

O presidente ainda comentou sobre o efeito que elas podem provocar em certas pessoas, uma possível alusão aos ministros do STF. “Agora eu espero que uma ou duas pessoas mudem seu comportamento depois desse movimento. Esse grande retrato não só em Brasília quanto na Paulista (avenida de São Paulo), se essa foto não sensibilizar essa pessoa… pelo amor de Deus’’, ameaçou Bolsonaro.

Procurados pelo Portal RealTime1 , parlamentares amazonenses comentaram o que pensam sobre o tema e um possível autogolpe dado para deixar Bolsonaro com poderes imperiais. O senador Omar Aziz (PSD), que está nos holofotes da mídia nacional por conta da condução dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia, declarou que “não tem nem clima pra isso” e espera por manifestações pacíficas no 7 de setembro. “Além do mais não vai trazer benefício pra ninguém, apenas para uma pessoa, o próprio presidente”, resumiu.

O deputado bolsonarista Delegado Pablo (PSL) também descarta um eventual golpe. Pablo declarou ao RealTime1 que o dia será de manifestações pacíficas da população. ”Quem vai as ruas é o povo. Exercer o seu livre direito de se manifestar democraticamente. É o dia da independência do Brasil. Historicamente, os brasileiros externam seu patriotismo, amor à nação e seus sentimentos pelo país, nessa data. Vai acontecer apenas isso. É no que acredito”, resumiu.

O deputado federal Bosco Saraiva (Solidariedade) declarou que ”golpe é coisa do passado!” e completou: ”Esse foi um tempo que passou. O mundo atual, devidamente globalizado, não aceita medidas de força dessa natureza, até porque a Guerra Fria já fez água e o muro de Berlim caiu em 1989”, analisou.

Questionado sobre uma possível invasão do Congresso e Supremo Tribunal Federal, o parlamentar considerou que é um exagero pensar nessas coisas. ”Há muito exagero em maior parte das notícias envolvendo esse evento de 7 de setembro”, ponderou Bosco.

Impeachment em caso de violência

Vice-presidente da Câmara Federal, o deputado Marcelo Ramos (PL) afirmou que não haverá golpe e se houver qualquer ato de violência contra os poderes o presidente será responsabilizado e se tornará muito difícil não abrir um processo de impeachment contra ele. Na mesa do presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP/AL), estão 107 pedidos do gênero.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Diretor da Prevent fala na CPI sobre mortes após tratamento precoce

Pedro Benedito Batista Júnior é acusado de pressionar médicos contratados pela empresa para prescrever os remédios do chamado kit Covid para o tratamento precoce.

22 de setembro de 2021

Anvisa recomenda que Bolsonaro e comitiva cumpram quarentena

Presidente esteve em várias oportunidades com o Ministro da Saúde, que testou positivo para Covid-19 e ficou em Nova York cumprindo quarentena.

22 de setembro de 2021

Sem consenso, votação da Reforma Administrativa emperra na Câmara

Líderes partidários se reuniram nesta terça-feira com o deputado Arthur Maia (DEM-BA) e com o presidente da Câmara, Arthur Lira para discutir pontos sensíveis da reforma.

22 de setembro de 2021

Medalha do Mérito Cultural da Aleam receberá nome de Zezinho Corrêa

O cantor José Maria Nunes Corrêa, de nome artista Zezinho Corrêa, morreu de Covid-19 em fevereiro deste ano. A homenagem é proposta pelo deputado Saullo Vianna.

21 de setembro de 2021

PL propõe que ônibus tenham assentos sinalizados para passageiros autistas

O que o vereador autor da proposta pode não ter levado em conta é que a pessoa autista é considera PcD e todos os assentos dos ônibus em Manaus são preferências desde 2016.

21 de setembro de 2021

Vereador quer multa de até R$ 1,1 mil por veículos barulhentos em Manaus

Em caso de reincidência no período de ate doze meses a contar da atuação anterior, o condutor ou dono do veículo causador da poluição sonora terá a multa dobrada.

21 de setembro de 2021

Wagner Rosário se torna investigado após criar confusão na CPI

Controlador-Geral da União prestou depoimento, nesta terça-feira, sobre a atuação do órgão de controle, mas perdeu a compostura ao ofender a senadora Simone Tebet.

21 de setembro de 2021

Precatórios: acordo preserva pagamento de profissionais da educação

Texto precisa ser votado e aprovado na Câmara para seguir para o Senado. De acordo com a proposta, o pagamento dos precatórios será feito em curto prazo.

21 de setembro de 2021