fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Forças de segurança começam a chegar em Coari para garantir eleição

Município de Coari terá eleição suplementar no próximo domingo em clima de altíssima tensão entre os candidatos principais, que trocam ofensas e agressões diariamente.

2 de dezembro de 2021

Compartilhe

Representantes das forças de segurança e a juíza Monica Chaves do Carmo durante a inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle que atuará durante a eleição suplementar. (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) envia, nesta quinta-feira (2), mais um grupo de policiais militares e civis para garantir a normalidade nestes três dias que antecedem a realização da eleição suplementar em Coari, no próximo domingo (5), que escolherá o futuro prefeito do município.

O clima de guerra na cidade segue em alta, com o registro de muitas brigas e ameaças nas ruas da cidade, tomada pela propaganda dos quatro candidatos que disputam a eleição: Keitton Pinheiro (Progressistas), Robson Tiradentes Júnior (PSC), Zé Henrique (PL) e Mil Mitouso (Republicanos).

Nesta quarta-feira (1º/12), a juíza-presidente do pleito, Mônica Cristina Raposo da Câmara Chaves do Carmo, participou ao lado do secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Mansur,  da inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que ficará responsável pela mobilização de 140 policiais militares deslocados de Manaus para garantir a realização da eleição na sede do município, principalmente nas comunidades rurais, onde o registro de conflitos é muito maior.

Mansur informou que o efeitivo, que terá reforço de policiais civis, permanecerá em Coari até a apuração da eleição.

“A medida irá garantir a segurança da população e até mesmo dos candidatos à prefeitura coariense. Lá, os ânimos seguem acirrados, com muita rivalidade e até acusações e denúncias entre os grupos políticos adversários envolvidos nesta disputa”, explicou o secretário.

Mônica Chaves do Carmo já havia lembrado que há um histórico de “ânimos exaltados e episódios violentos no município” e, por isso, o reforço no policiamento será bem vindo nestes dias.

Uma decisão que está sendo estudada pelas forças de segurança e pela juíza é usar o ginásio da Escola Estadual Alexandre Montoril como espaço para deter quem for pego cometendo crime eleitoral na véspera e no dia da eleição.

O ginásio, atualmente, está requisitado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) para a distribuição dos cartões do Auxílio Estadual Permanente para famílias em estado de vulnerabilidade social do município.

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações das assessorias

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

PT entra com ação no STF por ampliação de prazo para federações

O PT entende que o prazo previsto na Lei para a formação das federações é muito curto e pede que seja estendido pelo STF pelo menos até maio deste ano, ou até agosto.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaristas apelam para reajuste de professores para cativar votos

Reajuste de 33,24% concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ignorou técnico do Ministério do Educação e não considerou a pressão nas contas dos governadores e prefeitos.

28 de janeiro de 2022

Pré-candidato a deputado federal, Saullo Vianna caminha com Wilson e David

À TV RealTime1, o deputado revelou os planos dele para disputar uma vaga na Câmara Federal, bastidores da política local e quem está na frente na corrida presidencial no AM.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaro avalia com AGU se vai ou não prestar depoimento à PF

O ministro Bruno Bianco analisa os precedentes que podem ser aplicados a Bolsonaro para tentar minimizar o desgaste que poderia sofrer ao prestar depoimento.

28 de janeiro de 2022

Justiça do Distrito Federal arquiva caso do tríplex contra Lula

O MPF afirma que os crimes imputados ao ex-presidente Lula prescreveram. O petista tem 76 anos e, mesmo se condenado, a pena estaria prescrita até que pudesse ser cumprida.

28 de janeiro de 2022

MPAM investiga licitação de fornecimento de gás ao Hospital de Coari

Para o MPAM, valor da compra do gás de cozinha (GLP), de R$ 71 mil ultrapassa o limite máximo de dispensa de licitação que, no ano de 2019, era de R$ 17,6 mil.

28 de janeiro de 2022

Trabalho em regime híbrido é prorrogado até o dia 7 de fevereiro no TCE

A decisão também prorroga, automaticamente, até o dia 7 de fevereiro o regime de home office para todos os servidores acima dos 60 anos de idade e imunossuprimidos.

28 de janeiro de 2022

David Reis libera mais de R$ 2,5 milhões em cinco licitações da CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador David Reis, tem surpreendido com licitações bastante específicas, sem se preocupar com as críticas da opinião pública.

28 de janeiro de 2022