fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Financiada pelo Governo, CovacManaus2 avalia 3ª dose da AstraZeneca

Profissionais das áreas de educação e segurança pública são alvo da pesquisa de estudo da eficácia da dose de reforço com o imunizante AstraZeneca contra a Covid-19.

29 de setembro de 2021

Compartilhe

(Foto: Divulgação)

A CovacManaus2 vai iniciar um estudo que avaliará a resposta imune à aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 com o imunizante da AstraZeneca.

A pesquisa é financiada pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

Quem receberá a dose de reforço?

Receberão a terceira dose trabalhadores da educação e segurança pública de Manaus que completaram o esquema vacinal pelo estudo CovacManaus, realizado em março deste ano.

Idosos com mais de 70 anos que completaram seu esquema vacinal, recebendo a segunda dose, há pelo menos seis meses também estão recebendo a terceira dose de reforço, mas não participarão da pesquisa.

Médicos infectologistas conduzem a CovacManaus2

A pesquisa é conduzida pela médica infectologista da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Maria Paula Mourão, e pelo médico infectologista da FMT-HVD e especialista em saúde pública do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), Marcus Lacerda.

Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus apoiam a pesquisa

O estudo conta com o apoio da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

1ª fase da CovacManaus

Na primeira fase da CovacManaus, durante seis meses, pesquisadores avaliaram a reação de 5 mil moradores com comorbidades que foram vacinados com a Coronavac, do Instituto Butantan. Conforme apontou a pesquisa, 0,1% precisaram ser hospitalizados devido à Covid-19.

Os voluntários que participaram da pesquisa tinham idades entre 18 e 49 anos e trabalhavam nas áreas de educação e segurança pública.

Foram aplicadas 10 mil doses da Coronavac doadas pelo Butantan. Desse total, 5.087 pessoas receberam a primeira dose e 5.071 a segunda dose.

99,8% dos vacinados apresentaram anticorpos detectáveis após a 2ª dose

Dados preliminares dos seis meses da pesquisa CovacManaus, realizada pela Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA), apontam que, entre os vacinados, 91% apresentaram anticorpos detectáveis após a 1ª dose e 99,8% após a 2ª dose.

Os números foram divulgados no dia 13 de setembro de 2021, pelo Governo do Amazonas.

Texto: Isac Sharlon e assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Reta final da CPI tem definição de indiciados, votação e encaminhamento de Relatório

Como não possui poder de punição, último ato da CPI será o encaminhamento do Relatório Final aprovado aos órgãos responsáveis por apresentarem denúncias.

23 de outubro de 2021

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021

Wilson Lima e David Almeida assinam convênios de mais de meio bilhão

O governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida assinarão, amanhã, uma série de convênios que representarão um presente para a cidade que fará 352 anos neste domingo.

23 de outubro de 2021

STF realiza audiência para discutir a criação do juiz de garantias

Juiz de garantias vai atuar fiscalizando a legalidade dos atos praticados pelo juiz da instrução criminal, o que gerou uma dúvida sobre a constitucionalidade desta novidade.

23 de outubro de 2021

Congresso abre prazo para apresentação de emendas a LOA da União

Lei Orçamentária Anual (LOA) do Governo Federal reservou R$ 16,2 bilhões para os parlamentares apresentarem emendas com execução obrigatória no próximo ano.

23 de outubro de 2021

Improbidade administrativa um problema recorrente das prefeituras

Para analista político, irregularidades na prestação de contas pode ser fruto da falta de pessoal, dificuldades dos servidores e até mesmo má fé com a causa pública.

23 de outubro de 2021

“Baixo orçamento é oriundo de Arthur Neto”, culpa Antônio Stroski

Titular da secretaria de meio ambiente disse que política de "encolhimento" de antecessor foi responsável pelo atual orçamento de R$ 17,1 milhões em 2022.

23 de outubro de 2021

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021