fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Sobre saída do MDB, Fausto Jr. diz que ‘o futuro a Deus pertence’

O parlamentar disse que está feliz no MDB, mas que tem conversado com algumas lideranças políticas, inclusive com o deputado Abdalla Fraxe, presidente do Podemos.

5 de janeiro de 2022

Compartilhe

Deputado Fausto Júnior reafirmou ser pré-candidato à Câmara Federal (Foto: Hudson Fonseca/Aleam)

O deputado estadual Fausto Júnior (MDB) disse ao RealTime1, nesta quarta-feira (5), que aguardará até março para definir os rumos de sua pré-candidatura à Câmara Federal. Para ele, muitos fatos acontecem em ano eleitoral e, em 2022, não será diferente.

“Agora, com as federações partidárias, é preciso avaliar primeiramente o cenário político nacional. Estou feliz no MDB. É um partido grande e com uma representatividade nacional, e que tem acrescentado com minha vida política, sobretudo no interior do Estado. Tenho uma ótima relação com o meio político no Amazonas, mas até março não se pode descartar nada”, enfatizou o deputado.

O parlamentar destaca que hoje os partidos estão se mobilizando em relação às composições das federações e que, até março, há uma incerteza muito grande de como fica o cenário político.

“Isso não é uma questão minha, é uma questão do cenário político como um todo. Eu acredito que a minha situação é a mesma de todos os pré-candidatos a deputado federal”, avaliou Fausto, referindo-se ao prazo dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o período de migrações partidárias.

Fausto Júnior diz que tem uma ótima relação com o deputado Abdala Fraxe, que hoje ocupa a presidência do Podemos no Amazonas. Mas, segundo Fausto, a relação é similar a que tem com outros políticos amazonenses.

“Me dou bem com todos, o fato de ter uma boa relação com o Abdala não pode definir se vou ou não para o Podemos. O futuro a Deus pertence”, pontuou o parlamentar, reafirmando ao RealTime1 que é pré-candidato a deputado federal.

Fausto Jr. foi eleito pela primeira vez deputado estadual em 2018, pelo Partido Verde (PV) com 19.446 votos.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Ciro diz que falhas do PT são responsáveis pela vitória de Bolsonaro

Na sua avaliação, os presidentes do PT não diferem de Bolsonaro em suas agendas econômicas, criticadas por não estabelecer políticas de tributação de grandes fortunas.

22 de janeiro de 2022

Enchente 2022: Governo do Estado institui Grupo de Ações Coordenadas

As 27 instituições integrantes do Grupo de Ações Coordenadas utilizarão seus recursos e infraestrutura já existentes para atuação integrada aos demais membros.

22 de janeiro de 2022

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias atacam publicamente os irmãos Weintraub

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias trocaram farpas nas redes sociais com os irmãos Weintraub, agora ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro e que estão de volta ao País.

22 de janeiro de 2022