fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Ex-diretor contrariou portaria da Saúde ao negociar compra de vacinas

Desde janeiro de 2021 que as negociações para compra de vacinas para Covid-19 era missão exclusiva da Secretaria-Executiva, mas em fevereiro Roberto negociou com a Davati.

7 de julho de 2021

Compartilhe

Élcio Franco puxou para si a missão de negociar a compra de vacinas para Covid-19, mas Roberto Dias descumpriu essa determinação (Foto: Agência Senado)

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, contrariou uma portaria da Secretaria-Executiva da pasta ao dar início as negociações para a compra de 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca, negócio que seria intermediado pela Davati Medical Suplly, por meio do representantes comercial Luiz Paulo Dominguetti.

A revelação aconteceu após o senador governista Marcos Rogério (DEM/RO) ter apresentado uma portaria assinada pelo ex-secretário-geral do ministério, coronel Élcio Franco, que trazia para si a missão exclusiva de negociar a compra de vacinas para a Covid-19.

O relator Renan Calheiros (MDB/AL) afirmou que ao se encontrar com Dominguetti, agendar reuniões com ele no Ministério e levá-lo a Élcio Franco, Roberto Ferreira Dias estava participando das negociações e, assim, contrariando a portaria.

“O senhor inclusive foi exonerado do cargo exatamente por isso. Porque estava negociando compra de vacinas contrariando a portaria”, concluiu Renan.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Senado aprova mudanças na regra eleitoral e na posse presidencial; entenda!

Volta das coligações, defendida pelos deputados, foi barrada no Senado Federal durante votação nesta quarta-feira (22); parte das mudanças vale a partir de 2022.

22 de setembro de 2021

Omar Aziz critica Câmara por abrir processo contra Luís Miranda

Deputado que, ao lado do irmão Luís Ricardo, revelou o caso Covaxin terá de responder a processo de cassação na Comissão de Ética da Câmara Federal.

22 de setembro de 2021

Ministério usou dados da Prevent sem autorização, diz executivo

Em ao menos dois casos, Pedro Benedito Batista Júnior negou que dados usados pelo Ministério da Saúde tenham sido autorizados pela empresa Prevent Senior.

22 de setembro de 2021

Depois de se esquivar sobre o ‘puxadinho’ da CMM, Carpê cobra holofotes

Depois de ter visto a repercussão negativa sobre o 'puxadinho', o vereador resolveu se posicionar e passou a criticar a postura dos demais colegas que aprovam a obra.

22 de setembro de 2021

Amazonas Energia cobra duas bandeiras tarifárias em conta, diz Sinésio

Presidente da Aleam e deputados pregam acatar decisão da Justiça de suspender a CPI e depois criar uma nova ; mas Sinésio Campos é contrário à saída.

22 de setembro de 2021

Executivo da Prevent Senior passa a ser investigado pela CPI da Covid

Os senadores apresentaram provas, encaminhadas à comissão com denúncias de médicos e pacientes, comprovando a prescrição do chamado tratamento precoce na Prevent.

22 de setembro de 2021

Prevent falsificava dados sobre mortes de pacientes por Covid-19

O senador Humberto Costa (PT/PE), que e médico, foi quem revelou documentos mostrando que a Prevent adotava este procedimento para mascarar os dados de mortes por Covid.

22 de setembro de 2021

Bolsonaro cancela agenda após Anvisa recomendar quarentena

Agência determinou que o presidente e os integrantes da comitiva que tiveram contato com o ministro Marcelo Queiroga, que está com Covid, fiquem em isolamento.

22 de setembro de 2021