fbpx

quinta, 02 de dezembro de 2021

Em Coari população tenta depredar casa de Adail Pinheiro Filho

Populares se revoltaram com o ex-prefeito de Coari, Adail Filho, após a juíza da eleição suplementar, Mônica do Carmo, ter proibido a entrega dos cartões do Auxílio Estadual.

20 de novembro de 2021

Compartilhe

Beneficiários aguardavam a entrega dos cartões em uma escola municipal (Foto: Gerson Severo Dantas)

A juíza-presidente da eleição suplementar de Coari, Mônica Cristina Raposo da Câmara Chaves do Carmo, proibiu, na manhã deste sábado (20), a distribuição dos cartões do programa Auxilio Estadual, do governo Wilson Lima.

A decisão, cumprida por homens do  Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), vinculado ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM), revoltou os quase cinco mil beneficiários do programa, que receberiam também uma cesta básica.

Uma parte destes beneficiários foi para a frente da casa do ex-prefeito Adail Filho (PP) e tentaram agredi-lo. A Polícia Militar evitou a confusão e dispersou os revoltados. Veja mais no vídeo abaixo.

Ao RealTime1, Mônica Raposo informou – por meio de um assessor – que o processo está sob segredo de justiça até que o Gaeco recolha todos os cartões e ranchos.

A juíza não confirma, mas os homens do Gaeco informaram aos beneficiários do Auxílio Estadual que a entrega dos cartões e a distribuição de cestas básicas foram consideradas compra de voto.

O Governo entrou com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) argumentando que o programa está realizando a mesma ação em todos os municípios do Estado e não poderia deixar de socorrer os vulneráveis de Coari.

Veja mais sobre as manifestações no vídeo do repórter Gerson Severo Dantas, enviado do RealTime1 a Coari:

Texto: Gerson Severo Dantas, enviado especial do RealTime1 a Coari

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

BID aprova empréstimo de 80 milhões de dólares para o Prosamin+

Processo segue para o Senado para a aprovação da Operação de Crédito Internacional pela União, antes da assinatura do contrato

2 de dezembro de 2021

Plínio quer saber de onde partiu ordem de queimar flutuantes no rio Madeira

Plínio Valério acredita que o governo brasileiro, em termos de mineração, vem sendo levado a cumprir leis "paridas" na Europa por "forças estranhas".

2 de dezembro de 2021

Senado aprova André Mendonça para ocupar vaga de ministro no STF

O próximo passo para a entrada de Mendonça no STF é a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU), em um decreto assinado pelo chefe do Executivo.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Justiça do Senado aprova André Mendonça para o STF

Após 4 meses de espera, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a indicação de André Mendonça ao STF. Placar foi de 18 votos a favor e 9 contra.

1 de dezembro de 2021

Câmara adia votação de projetos para homenagear secretário de David

O secretário de feiras Renato Júnior recebeu a medalha de ouro Guilherme Moreira na área de comércio. Sessão solene inviabilizou votação de pauta com 14 projetos de lei.

1 de dezembro de 2021

PDT flerta com Carol Braz de olho no Governo do Amazonas em 2022

Carol Braz confirmou ao RealTime1 que terá reunião nesta quinta-feira (2) com o presidente do PDT Nacional, Carlos Luppi, sobre o convite para se filiar ao partido.

1 de dezembro de 2021

Clientes devem ser notificados antes de vistoria em medidores de água ou luz

Projeto de lei foi de autoria dos deputados Sinésio Campos, Carlinhos Bessa e Dermilson Chagas, que são membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Amazonas Energia.

1 de dezembro de 2021

Wilson anuncia entrega da AM-070 duplicada para o dia 20 de dezembro

Governador fez o anúncio enquanto fiscalizava a pavimentação dos últimos 300 metros da estrada; próxima etapa é a instalação de 11 quilômetros de sinalização da rodovia.

1 de dezembro de 2021