fbpx

quinta, 09 de dezembro de 2021

Detran-AM diz que se antecipou à operação da Polícia Federal

Conforme nota do Detran-AM, em dezembro do ano passado, o órgão demitiu 26 pessoas que integravam um esquema que fraudou mais de R$ 30 milhões em impostos estaduais e federal

17 de novembro de 2021

Compartilhe

Viaturas da Polícia Federal e Receita Federal ainda permanecem nas concessionárias Braga Veículos e Pedragon, que comercializam veículos da marca Chevrolet. (Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) informou por meio de nota, na manhã desta quarta-feira (17), que ainda em dezembro de 2020, fez uma operação com a Polícia Civil que pôs fim ao esquema que fraudou mais de R$ 30 milhões em impostos estaduais e federais na comercialização de picapes para outros Estados por concessionárias de veículos sediadas em Manaus. O Detran-AM, portanto, afirma que se antecipou às investigações da Polícia Federal (PF) e da Receita Federal deflagraradas na manhã desta quarta-feira (17).

Na manhã desta quarta-feira, a PF e a Receita deflagraram a operação Francamente que tem como alvo concessionárias de veículos do Amazonas que usam incentivos da Zona Franca de Manaus (ZFM) para vender picapes mais baratas para compradores de outras regiões do País. Entre os alvos estão a Braga Veículos, uma das mais tradicionais revendas de automóveis da cidade, Pedragon, Gárcia Veículos e a São José Locadora,.

Viaturas da Polícia Federal e Receita Federal ainda permanecem nas concessionárias Braga Veículos e Pedragon, que comercializam veículos da marca Chevrolet.

Segundo o Detran, na época da operação local, 26 pessoas foram presas, entre elas despachantes veiculares, servidores do órgão, estagiários e ex-servidores.

“O órgão estadual de trânsito do Amazonas seguirá colaborando com as autoridades para que todos os envolvidos nesse crime sejam devidamente responsabilizados”, afirmou a nota.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Congresso promulga PEC dos precatórios e viabiliza Auxílio Brasil de R$ 400

A promulgação da PEC vai abrir um fôlego orçamentário de R$ 106,1 bilhões para o governo Bolsonaro gastar até R$ 50 bilhões com o pagamento de R$ 400.

8 de dezembro de 2021

Alfredo Nascimento diz não ter espaço para esquerdistas no PL

Nascimento, que é vice presidente do PL, contrariou acordo de Waldemar Costa Neto com Marcelo Ramos e disse que o cargo de vice-presidente é do partido e não do parlamentar.

8 de dezembro de 2021

Câmara aprova convite a general Heleno para explicar garimpo na Amazônia

O convite ao general Heleno vem depois que jornal revelou que ele liberou garimpo em terras indígenas ainda intocadas no interior na região de São Gabriel da Cachoeira.

8 de dezembro de 2021

Pesquisa coloca Lula na primeira colocação no primeiro turno

De acordo com a pesquisa da Genial/Quaest, o ex-presidente Lula tem 46% das intenções de votos, bem próximo de ganhar a eleição já no primeiro turno.

8 de dezembro de 2021

MDB lança Simone Tebet para concorrer à Presidência da República

Senadora pelo Mato Grosso, Simone Tebet fez um discurso criticando o governo de Jair Bolsonaro e enfatizando a necessidade de atenção aos mais vulneráveis do País.

8 de dezembro de 2021

Anulação da licença do Linhão Manaus-Boa Vista é pedida à Justiça

Falta de acordo para o pagamento de compensações aos Waimiris-Atroaris é apontado pelo Ministério Público Federal como grave violação das regras ambientais.

8 de dezembro de 2021

Telefonia na região Norte é tema de audiência na Câmara Federal

Autor do pedido de audiência, o deputado Pablo Oliva diz que precariedade do serviço de telefonia na região deixa as populações em situação de vulnerabilidade social.

8 de dezembro de 2021

Bolsonaro edita MP que cria benefício extraordinário para os pobres

Medida Provisória formaliza o pagamento do Auxílio Brasil já neste mês de dezembro e abre a possibilidade de prorrogação do programa até dezembro do próximo ano.

8 de dezembro de 2021