fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Deputados do PP e PL receberão maior fatia das emendas de bancada na Aleam

Álvaro Campelo, Berlamino Lins, Drª Mayara, Joana Darc, Cabo Maciel vão ter R$ 28,4 milhões para destinar para obras e investimentos em redutos eleitorais.

2 de janeiro de 2022

Compartilhe

Os 24 deputados da Aleam estão divididos em sete blocos partidários, sendo o maior deles responsável por emendar a LOA em quase R$ 30 milhões. (Foto: Reprodução)

Para o ano eleitoral de 2022, cinco deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovaram R$ 28,4 milhões na Lei Orçamentária Anual (LOA) em emendas de bancadas para irrigar seus redutores eleitorais. É a maior fatia divida entre todo os sete blocos partidários.

A divisão dos recursos é feita proporcionalmente de acordo com número de deputados que integram as sete bancadas (blocos partidários).

A criação das emendas de bancada copiadas do Congresso Nacional, aprovadas durante a discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), em junho, rendeu ao orçamento impositivo dos deputados estaduais mais R$ 136,6 milhões, ampliando a participação dos parlamentares no orçamento do Estado.

O bloco partidário PP/PL composto por Álvaro Campelo, Berlamino Lins, Drª Mayara, Joana Darc, Cabo Maciel é a única bancada a receber quase R$ 30 milhões. Três blocos vão dispor de R$ 17,079 milhões.

O bloco PTB/PSC dos deputados governistas Doutor Gomes e Saullo Vianna ficou R$ 11,3 milhões, a menor fatia entre as bancadas.

Veja o ranking:

  • PP, PL: Álvaro Campelo, Berlamino Lins, Drª Mayara, Joana Darc, Cabo Maciel – R$ 28,4 milhões
  • Patriota/PSDB/Republicanos: João Luiz, Felipe Souza, Therezinha Ruiz – R$ 17,079 milhões
  • PSL/MDB/DC: Ângelus Figueira, Fausto Junior, Delegado Péricles; Progressistas – R$ 17,079 milhões
  • Podemos: Wilker Barreto, Dermilson Chagas e Abdala Fraxe – R$ 17,079 milhões
  • PV, PSD: Roberto Cidade, Carlinhos Bessa e Tony Medeiros – R$ 17,079 milhões
  • PSB/PT/PDT: Serafim Corrêa, Adjuto Afonso e Sinésio Campos – R$ 17,079 milhões
  • PTB/PSC: Saullo Vianna e Dutor Gomes – R$ 11,3 milhões

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Ministério prorroga por 30 dias custeio de leitos de UTI para Covid-19

O Ministério informou que a prorrogação das UTIs é uma demanda do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde

23 de janeiro de 2022

Projeto amplia participação popular no enfrentamento a queimadas

Texto altera o Código Florestal para que a gestão da Política Nacional de Manejo e Controle de Queimadas, Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais seja participativa.

23 de janeiro de 2022

Wilson Lima destaca apoio do Governo Federal para enfrentar pandemia

No Sambódromo em Manaus, Wilson Lima participou, ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, da mobilização de ações contra a Covid-19 realizada pelo Ministério da Saúde.

23 de janeiro de 2022

Governo publica regulamento para transporte hidroviário intermunicipal

Regulamento referente à Lei Estadual 5.604, de setembro de 2021, foi elaborado pela Agência Reguladora com base em contribuições de parlamentares da Assembleia Legislativa.

23 de janeiro de 2022

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022