fbpx

quarta, 01 de dezembro de 2021

Del Giglio desmente diretor da Amazonas Energia na CPI da Assembleia

Secretário de Estado da Fazenda, Alex Del Giglio disse aos deputados que Rady Oliveira informou valores equivocados sobre a dívida do Estado com a concessionária de energia.

19 de novembro de 2021

Compartilhe

De acordo com Alex Del Giglio, o governo pagou em três anos mais de R$ 200 milhões em contas de energia para a concessionária local (Foto: Reprodução)

O secretário de Estado da Fazenda, Alex Del Giglio, desmentiu, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito da Amazonas Energia da Assembleia Legislativa, o Diretor Técnico do Interior da concessionária, Rady Oliveira, que acusou o Estado de estar devendo R$ 509 milhões em contas de energia.

“Historicamente, o Estado tinha uma inadimplência alta com a Amazonas Energia. Mas, posso trazer os dados que demonstram que o Estado nunca pagou tanta conta de energia como agora. O nosso débito de R$ 200 milhões já foi pago nesses três anos. Ainda existem despesas anteriores com energia elétrica, num montante de R$ 200 milhões, sem contar juros e multa”, declarou Del Giglio aos deputados.

O secretário se comprometeu a enviar as informações sobre as dívidas da empresa com o Estado, mas negou o montante declarado por Rady Oliveira. “Em relação às contas de energia do Estado, o que provavelmente esse funcionário se referiu deve ser a respeito dos créditos contábeis acumulados graças à forma com recolhíamos ICMS anteriormente. Então, ela tem esses créditos contábeis, que eles devem imaginar que vão conseguir compensar ou transacionar. Mas ainda assim, se fizéssemos isso, imagino que o Estado ainda sai credor da companhia”, afirmou Del Giglio.

A mudança no ICMS, que o secretário citou, diz respeito à forma de recolhimento do imposto na cadeia produtiva de energia elétrica, que desde 2019, por força de um Decreto, tem sido recolhido diretamente das empresas geradoras de energia elétrica, o que aumentou de cerca de R$ 350 milhões para R$ 700 milhões a arrecadação anual. “Isso não ajuda somente o Estado na alocação de recursos às áreas prioritárias, mas também aos municípios e demais poderes que recebem repasses desses recursos”, explicou Del Giglio.

O presidente da CPI, Sinésio Campos (PT), disse que a Comissão aguardará os dados consolidados da Secretaria da Fazenda para formar juízo sobre este problema.

A próxima reunião da CPI da Amazonas Energia  acontecerá, na terça-feira (23), às 14h, com o depoimento do convidado René Levy Aguiar, diretor-presidente da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás).

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações da Ascom/CPI

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova PEC dos Precatórios

A PEC do senador Fernando Bezerra, que já passou pela Câmara dos Deputados, libera espaço fiscal em 2022 para o pagamento do programa social Auxílio Brasil.

1 de dezembro de 2021

Prazo para apresentação de emendas impositivas à LOA encerra hoje

O Governo estima o orçamento para o próximo ano fiscal em pouco mais de R$ 24 bilhões. Os deputados podem dispor de 1,2% da receita corrente líquida para emendas individuais.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Educação ignora pedidos do Sinteam e frustra educadores

Sindicato que representa a categoria dos profissionais da Educação diz que a comissão não deu retorno de ofícios protocolados ao longo do ano; reajuste é uma das pautas.

1 de dezembro de 2021

STF mantém foro de Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas

A investigação que atinge o senador foi desidratada por decisões do STJ, que anulou a maior parte das provas colhidas em primeiro grau por considerar o juízo incompetente.

1 de dezembro de 2021

Deputados debatem prática de empinar moto como atividade desportiva

Deputada diz que o 'grau de moto' têm sido muitas vezes reprimido por agentes da polícia e por isso quer transformar a 'acrobacia' em esporte.

1 de dezembro de 2021

Destacando presença de deputados, Bolsonaro oficializa entrada no PL

Durante o evento, o presidente Jair Bolsonaro destacou que a cerimônia foi uma simples filiação ao partido e que não estava “lançando ninguém a cargo nenhum”.

30 de novembro de 2021

Plínio e Marcelo defendem emendas do relator e transparência na aplicação

Senador Plínio Valério e o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, defenderam o instrumento que possibilita liberação de recursos para o Estado e os municípios.

30 de novembro de 2021

Ministério Público do Amazonas vai investigar garimpagem no rio Madeira

MP-AM instalou inquérito civil público na última sexta-feira (26) para investigar "possíveis irregularidades" das balsas de garimpo que se amontoaram no Rio Madeira.

30 de novembro de 2021