fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Covid: Marcelo Ramos confronta Bolsonaro sobre vacinação em crianças

Marcelo afirmou que perdeu uma filha aos três meses de vida. Ele disse que apenas alguém insensível e que não tenha amor ao próximo pode minimizar uma perda como essa.

11 de janeiro de 2022

Compartilhe

Bolsonaro tem frequentemente minimizado os impactos da Covid-19 em crianças (Foto: Reprodução)

A declaração do presidente Jair Bolsonaro (PL) de que crianças não estão sujeitas a contrair a Covid-19 e que os óbitos nessa faixa etária são quase zero repercutiu na mídia nacional e, é claro, no meio político. O vice-presidente da Câmara Federal, Marcelo Ramos (sem partido) classificou a fala do presidente como “insensível”.

Marcelo postou em seu Twitter que já perdeu uma filha aos três meses de vida para uma meningite bacteriana. O parlamentar enfatizou que a morte de uma criança já é considerada uma tragédia, independente da causa.

Opositor declarado de Bolsonaro, Marcelo afirmou que “apenas alguém insensível, que não tenha amor ao próximo e compromisso com a vida poderia minimizar a morte de 311 crianças”, referindo-se à fala de Bolsonaro para uma rádio gaúcha nesta segunda-feira (10), quando o presidente banalizou a estatística de mortes de crianças de 5 a 11 anos de idade em decorrência da Covid-19 entre março de 2020 e dezembro do ano passado. 

”As crianças não estão sujeitas, né? Ela pode contrair o vírus, sim. Praticamente não sentem. E ir a óbito é quase zero”. Bolsonaro disse ainda que não vai vacinar a própria filha, Laura, de onze anos.

A previsão é que a vacinação em crianças de 5 a 11 anos inicie ainda este mês.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Patrimônio de Arthur Neto cresceu 1496% entre 2016 e 2022

Arthur Neto pediu o registro de candidatura ao Senado na sexta-feira e declarou possuir R$ 2,5 milhões em bens. Nas eleições de 2016, o tucano declarou R$160,7 mil.

14 de agosto de 2022

Moraes assume TSE após carreira centralizadora e ligada à política

Moraes é personagem central no noticiário nacional dos últimos anos devido aos inquéritos sob sua responsabilidade que investigam o presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

14 de agosto de 2022

Bolsonaro e Lula travam disputa sobre valor do Auxílio Brasil

Após acusação do petista de que o auxílio tem duração até o fim do ano e de que pretende, se eleito, mantê-lo em 2023, Bolsonaro disse que o benefício será mantido em 2023.

14 de agosto de 2022

Presidenciáveis dão largada na campanha com foco no Sudeste

Região Sudeste concentra 42,6% dos eleitores do país. A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita, Lula se mantém na dianteira, enquanto Bolsonaro cresce.

14 de agosto de 2022

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022

Com medo de rejeição, aliados escondem Bolsonaro nas redes sociais

Aliados oficiais do PL não mencionaram o mandatário nenhuma vez no atual semestre. Dos 27 palanques que Bolsonaro já garantiu, 10 não fazem menção a ele nas redes sociais.

13 de agosto de 2022