fbpx

quinta, 02 de dezembro de 2021

Contas de energia do município podem reduzir em 60% com usina de biogás

Usina instalada no aterro sanitário irá gerar energia para a concessionária e, com isso, a Prefeitura de Manaus terá créditos para abater nas contas de suas instalações.

6 de novembro de 2021

Compartilhe

O aterro sanitário de Manaus foi inaugurado nos anos 80 e o acúmulo de lixo tornou o local o mais alto de toda a capital amazonense (Foto: Reprodução)

O secretário Municipal de Limpeza Pública, Sabá Reis, revelou ao RealTime1, nesta sexta-feira (5), que a Prefeitura de Manaus está investindo R$ 40 milhões na construção de uma usina de energia elétrica, produzida a partir do biogás gerado no aterro sanitário da cidade, localizado no km 5 da rodovia AM-010, a Manaus-Itacoatiara.

Atualmente, este recurso é desperdiçado e se decompõe diretamente na atmosfera.

De acordo com Sabá Reis, o sonho de várias administrações deverá entrar em funcionamento até março do próximo ano. Com a concretização da usina, a energia gerada vai entrar no Sistema Integrado Nacional (SIN) e, com isso, a prefeitura terá créditos para abater nas contas de energia de todas as suas instalações.

“Estamos acertando os últimos detalhes. Estou negociando direto com a concessionária e a energia entrará na rede, permitindo o abatimento de até 60% das contas de energia da prefeitura”, disse o titular da Semulsp.

Potencial

Conforme o professor do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sérgio Gonçalves Rodrigues, o aproveitamento da matéria orgânica decomposta em aterros sanitários é uma tecnologia dominada há muitos anos em diversos países e Manaus está atrasada neste processo.

“É tecnologia limpa e aproveita o potencial que o aterro tem por anos que vai muito além de sua vida útil”, avaliou o professor.

Rodrigues lembra que uma parte significativa do lixo depositado no aterro é formado por matéria orgânica, oriunda da poda das árvores feitas nos corredores viários ou por pessoas que as têm em casa e entregam as toras podadas para a prefeitura recolher.

“Esse material é rico, está decomposto e pronto para gerar o biogás”, explicou.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

BID aprova empréstimo de 80 milhões de dólares para o Prosamin+

Processo segue para o Senado para a aprovação da Operação de Crédito Internacional pela União, antes da assinatura do contrato

2 de dezembro de 2021

Plínio quer saber de onde partiu ordem de queimar flutuantes no rio Madeira

Plínio Valério acredita que o governo brasileiro, em termos de mineração, vem sendo levado a cumprir leis "paridas" na Europa por "forças estranhas".

2 de dezembro de 2021

Senado aprova André Mendonça para ocupar vaga de ministro no STF

O próximo passo para a entrada de Mendonça no STF é a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU), em um decreto assinado pelo chefe do Executivo.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Justiça do Senado aprova André Mendonça para o STF

Após 4 meses de espera, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a indicação de André Mendonça ao STF. Placar foi de 18 votos a favor e 9 contra.

1 de dezembro de 2021

Câmara adia votação de projetos para homenagear secretário de David

O secretário de feiras Renato Júnior recebeu a medalha de ouro Guilherme Moreira na área de comércio. Sessão solene inviabilizou votação de pauta com 14 projetos de lei.

1 de dezembro de 2021

PDT flerta com Carol Braz de olho no Governo do Amazonas em 2022

Carol Braz confirmou ao RealTime1 que terá reunião nesta quinta-feira (2) com o presidente do PDT Nacional, Carlos Luppi, sobre o convite para se filiar ao partido.

1 de dezembro de 2021

Clientes devem ser notificados antes de vistoria em medidores de água ou luz

Projeto de lei foi de autoria dos deputados Sinésio Campos, Carlinhos Bessa e Dermilson Chagas, que são membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Amazonas Energia.

1 de dezembro de 2021

Wilson anuncia entrega da AM-070 duplicada para o dia 20 de dezembro

Governador fez o anúncio enquanto fiscalizava a pavimentação dos últimos 300 metros da estrada; próxima etapa é a instalação de 11 quilômetros de sinalização da rodovia.

1 de dezembro de 2021