fbpx

terça, 02 de maro de 2021

Conselho Federal de Medicina quer aplicativo TrateCov fora do ar

O conselho identificou diversas inconsistências na plataforma do aplicativo que já está fora do ar em razão da repercussão negativa da ferramenta que receita "kit Covid".

22 de janeiro de 2021

Compartilhe

O aplicativo do Ministério da Saúde está indisponível no momento. Foto: Divulgação/MS

O Conselho Federal de Medicina (CFM) informou ter pedido ao Ministério da Saúde (MS) a retirada imediata do ar do aplicativo “TrateCov” e identificado diversas inconsistências na plataforma. O Conselho Regional de Medicina do Amazonas disse apenas que segue as diretrizes do CFM.

A ferramenta do MS, lançada em Manaus para agilizar o atendimento e o diagnóstico rápido da Covid-19, sugere “tratamento precoce” e recomenda o uso de cloroquina, ivermectina e outros remédios, sem eficácia comprovada, após paciente relatar sintomas da doença viral.

O aplicativo está indisponível no momento, em razão da repercussão negativa da ferramenta que receita o “kit-Covid”.

De acordo com o conselho federal, a plataforma “induz à automedicação e à interferência na autonomia dos médicos, assegura a validação de drogas que não contam com esse reconhecimento internacional e não preserva adequadamente o sigilo das informações”.

O aplicativo também não deixa clara a finalidade do uso dos dados preenchidos pelos médicos e permite que seja alimentado por profissionais não médicos, conforme a nota.

O MS diz que a Prefeitura de Manaus habilitou 342 médicos no TrateCov que sugere opções terapêuticas disponíveis na literatura científica atualizada, sugerindo a prescrição de medicamentos.

Da redação

Leia mais sobre Política

Vereador lança plataforma gratuita de educação política para a população

Inicialmente serão abordados assuntos como a Constituição Federal, a divisão dos poderes, a competência legal dos vereadores e como funcionam as eleições no Brasil.

1 de março de 2021

Defensoria Pública quer “delessários” de volta às atividades policiais

Wilson Lima (PSC) encaminhou à ALE-AM um novo Projeto de Lei para recolocar os delegados no cargo de comissários de polícia. O projeto não foi analisado por falta de quórum.

1 de março de 2021

Compra direta de vacinas terá tramitação rápida e fácil na Câmara Municipal de Manaus

Vereadores ouvidos pelo RealTime1 já se mostraram favoráveis a participação de Manaus no consórcio da Frente Nacional de Prefeitos para compra dos imunizantes.

1 de março de 2021

Ministério da Saúde tem um sério problema com registro de datas

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

1 de março de 2021

Senado debate lei que incentiva empresas a vacinar os trabalhadores

Projeto de lei garante as empresas incentivos fiscais para aquelas que por vontade própria adotem medidas para vacinar os trabalhadores delas

1 de março de 2021

Reunião com governadores pautará a PEC emergencial e socorro à saúde

A conversa do presidente da Câmara Federal, Artur Lira (PP-AL) com os chefes do executivo estadual vai de encontro as falas de Jair Bolsonaro (sem partido) nos últimos dias.

1 de março de 2021

Horário restrito deve causar aglomeração de praticantes nas academias de Manaus

A avaliação é de vereadores de Manaus que não concordam com o horário estabelecido pelo Governo. Eles defendem que o horário seja ampliado.

1 de março de 2021

Ministério Público dá posse aos novos membros do Conselho Superior

Novos conselheiros serão responsáveis pelas ações administrativas do Ministério Público do Estado do Amazonas e também pela discussão de diretivas internas

1 de março de 2021